domingo, dezembro 31, 2006

Recordar o que virá



E se daqui a 10 anos você for lembrar do ano de 2007. O que vai recordar?
-Mais um ano de conquistas,
-Mais um ano de sucesso,
­-Um ano de fracasso,
-Um ano de derrotas?

Pode ser que sim, mas é bom lembrar. A vida tem detalhes que permeiam os dias e são eles que conduzem em uma destas duas vidas, fracasso ou sucesso. Fim ou recomeço

Como você vai lembrar de 2007?
*O ano em que correu mais atrás de zeros na conta bancária ou de zerar contas emocionais pendentes?
*Os 365 dias em que desistiu de lutar por seu sonho ou em que acreditou que mais alguns tijolos eram necessários?
*O ano em que pisou em muita gente para poder subir ou em que subiu muito por ajudar muita gente a crescer?
*A época em que cultuou somente sua individualidade ou em que valorizou muito as diferenças?
*O ano em que preferiu caminhar sozinho ou em que se atirou ainda mais em fé para os braços de Deus?

Lá em 2017 vai apenas lamentar que está 10 anos mais velho ou vai contar este como um dos anos que o fizeram ficar mais experiente? Será um ano que ficou na memória ou um período que caiu no esquecimento?

Tanta coisa pela frente. Tanta coisa a fazer.

Só não esqueça do principal. Começar o ano com Deus, além de fundamental, é tudo de bom. É poder olhar para trás daqui a um ano e ver a mão dele em cada hora do novo dia. De ver o seu olhar em cada momento de decisão. Ver que a fé nele faz diferença nas horas decisivas da existência. E que um ano novo cheio de paz e prosperidade passa pela escolha entre criar o próprio deus ou entregar-se nas mãos do Deus que nos criou.

Daqui a 10 anos,e ste início de ano será memória. Mas hoje, você ainda está diante dele. Faa com que valha a pena. Faça com que seja melhor. deixe que Deus se faça presente no novo ano. Pois, se daqui a 10 anos tudo for diferente, Deus vai continuar o mesmo. Na fé, te abraçando, cuidando e guardando. E querendo sempre lhe dar um feliz ano novo.

sexta-feira, dezembro 29, 2006

Respire fundo

Quando estão aprendendo a nadar, as crianças precisam perder vários medos. O último, e talvez maior deles, é o do fundo da piscina. Uma coisa é nadar na superfície. Outra é ir até lá embaixo. Que tipo de monstros e bichos lá existem? O medo acaba impedindo de ir até lá e descobrir.

Por isso, alguns pais inventam brincadeiras. Como a do “treinador de baleias”, por exemplo. O filho sobre nas costas do pai, segura em seu pescoço e ambos mergulham até o fundo. Sobem novamente. E assim, diversas vezes, até que a criança aprende a dominar seu medo. Ela já não teme mais.
Por que? Porque seu pai está com ela.

(adaptado de Max Lucado, “Traveling light”, p.85).

Quantos lugares desconhecidos o novo ano terá? Quanto medo nos reserva? Quantas dúvidas?
Não sabemos de tudo. Mas uma certeza temos: não precisamos temer. Porque nosso Pai, pela fé em seu Filho, está sempre conosco.


Diante do desconhecido, respire fundo e mergulhe com Ele. À volta à tona é sempre certa, para respirar vida, felicidade, paz.

Feliz 2007!


quinta-feira, dezembro 28, 2006

Ainda vivo

O ano está quase acabando, mas o blog não, apesar de parecer...

Desculpem a longa ausência, mas essa semana foi uma daquelas em que até pra respirar era preciso marcar hora.

É, tempo e agenda são assim, quando a gente não se impôe, eles tomam conta.


PS: Terça-feira, 02.01.2007, é dia de lançamento aqui no Toque.
O clipe "começo sem fim", música oficial do Congresso nacional de jovens luteranos, vai estar disponível no You tube.
Na Tv, o Toque estréia a música dia primeiro.

Entao, não vá ser o último. Confira!

sexta-feira, dezembro 22, 2006

Especial de Natal

Amanhã, 23.12, na Ulbra TV, a cantata cênica "O Filho Pródigo", na íntegra. A história do amor ilimitado de um Pai por seu filho, na tela da Ulbra TV.

É o especial de fim de ano para o telespectador que quer ver diferente.

Começa às 20h20min. Não perca!



quarta-feira, dezembro 20, 2006

Festa da fé


Se a nossa maior necessidade fosse educação, Deus teria mandado um pedagogo;
se fosse tecnologia, teria mandado um cientista;
se fosse dinheiro, um economista.
Mas como nossa maior necessidade era perdão, amor e vida, Deus nos mandou o Salvador - Jesus.

A Mãe - ficou grávida sendo virgem.
O Pai - abraçou o compromisso.
O Rei - nasce em um estábulo.
A notícia - é anunciada por um anjo.
O sinal - uma estrela no céu.
Os divulgadores - simples pastores de ovelhas.
E esta história - ganhou o mundo.

Meio incrível, não? De fato. É por isso que o Natal é a noite da !

Neste Natal, tudo bem que o papai Noel entre pela chaminé ou pela porta. Mas deixe o dono da casa ser o menino Jesus.

terça-feira, dezembro 19, 2006

No topo


Merece admiração o feito do Internacional no Mundial de Clubes da Fifa, digno do hino rio-grandense, "sirvam nossas façanhas de modelo a toda Terra". Uma vitória espetacular sobre o melhor time do mundo, depois de ter derrotado no torneio continental o então campeão mundial, São Paulo. Os colorados tiveram que acreditar até o fim para poderem, então, contra a maioria dos prognósticos, festejar a conquista. Chegar no topo do mundo futebolístico.

Dá pra fazer uma boa ligação com o que celebramos nesta época. A vinda ao mundo daquele que o salvou. O surgimento da esperança para um mundo sofrido, cansado de esperar, precisando muito de vitória. O menino de Belém torna-se o homem Jesus. E assim como ninguém esperava que dos pés de Adriano Gabiru saisse o gol do título, ninguém esperava que daquele carpinteiro, humilhado, e desfigurado no alto de um cruz, viesse o lance decisivo: "está consumado".

Infelizmente, nem todo mundo sai às ruas com bandeira, alegria no coração, quilômetros de meio-fio pintado e abre alas para Ele passar, como os colorados fazem hoje, em Porto Alegre. Em cima do carro natalino desfila com maior destaque o senhor de vermelho e branco, barba e saco de presentes às costas. Ou meros desejos de boas festas e paz.

Tudo bem, não importa. Assim como o título do Inter ninguém mais pode tirar, será campeão do mundo sempre - como o Grêmio, como o São Paulo, como outros -, o título que o garoto da manjedoura conquistou não tem mais volta. Quem acredita até o fim, leva o título. Não importa a camiseta, com o ingresso da fé Nele, a comemoração será eterna.

Tudo por causa daquela façanha do aniversariante do Natal, que é modelo e caminho certo direto ao topo.


Fonte da imagem

sexta-feira, dezembro 15, 2006

Descoberta e revelação

Foto: ACS/Ulbra

A descoberta do provável fóssil de dinossauro mais antigo do mundo mexeu com o mundo da paleontologia. Mas o Ulbra PVT016 promete ir além. Mudar a história. Pesquisadores do campus de Cachoeira do Sul são destaques mundiais pelo achado e, se tudo for confirmado, alguns livros com data de nascimento mais antiga devem ir para o lixo.

Esta é a crença científica corrente, até novas descobertas serem feitas. Então, mais história será mudada, e nada mais será como antes.

O relato bíblico da criação e também posteriormente não conhecem um período tão longo de existência da Terra, que, só aqui, chega a 200 milhões de anos. Mas há quem pense diferente e, neste caso, todas as inferências realizadas em torno do texto sagrado partem da premissa de que ele não é um livro de ciências, de que não é exaustivo em seus detalhes ou que deve ser interpretado de maneira figurada.

Entretanto para o teólogo, familiarizado com o texto em si, histórica e gramaticalmente, sabe que isso não é possível. O exegeta sabe das possibilidades que tem diante de si, mas tambem dos limites ao lidar com um exemplar que jamais vai para a lixeira.

Por isso, continua a antiga e saudável relação de respeito entre descoberta e revelação. Onde se encontram, se abraçam. Onde divergem, se observam. E sempre falando daquilo em que acreditam.

quinta-feira, dezembro 14, 2006

fundamentalmente

"Um novo templo high-tech ao fundamentalismo cristão deve abrir no meio dos Estados Unidos em maio, com o objetivo de dar a maior resposta à teoria evolucionista de Charles Darwin..."

Este é começo de uma matéria da BBC Brasil reproduzida pelo portal Terra sobre o Museu da Criação. Trata-se de um local nos EUA onde o início do mundo será explicado e retratado conforme o livro bíblico de Gênesis.

Meu comentário pessoal sobre ela é que chega a ser nojento como o colega jornalista Mathew Wells utiliza o termo 'fundamentalista' logo de início, para rotular rapidamente o projeto como algo de gente fanática, passional e com conhecimento limitado - não é neste tipo de contexto que este termo é usado hoje?

É sim. E mostra que temos aqui, fundamentalmente, exposto o preconceito de um profissional da imprensa. Falou em Bíblia, é fundamentalista, é subjetivo, compromete a verdade.

Tudo bem que alguém não aceite, como vai mostrar o empreendimento, que a Terra foi criada em 6 dias e que sua idade é inferior a 10.000 anos. Tudo bem. Mas respeitar não custa nada. Até porque a opinião científica sobre o surgimento do Universo também merece isso, respeito, mas tem a mesma fundamentação que a Bìblia pode ter - acreditar na teoria.
Por pelo menos dois motivos:
_Ninguém consegue repetir o início para provar a hipótes, ou seja, permanece com tal.
_E segundo, porque é característica fundamental da ciência afirmar que a verdade nunca está fechada. A própria existência de Deus, que muitos dizem ser negada pela ciência, na verdade ficaria melhor dito desta forma: "ainda não foi provada". Em ciência, o que hoje é certo, amanhã pode já ter mudado. Quem não admite isto está longe do fundamento científico verdadeiro.

Diferente da Bíblia, que é fundamentalmente a mesma que sempre foi. E não tenha dúvida de que vai continuar. Quando se trata de fundamento, o melhor é consultar logo Quem lançou o primeiro e deu origem a tudo.

quarta-feira, dezembro 13, 2006

quanto tempo?

Fim de ano é 'correria', pressa', 'falta de tempo'. A gente se queixa de que não consegue arrumar tempo pra tudo o que temos pela frente. Adoraríamos ter o poder de auto-concessão de minutos ou horas a mais.

Então, faça de conta que agora você vai pedir e seu desejo será imediatamente atendido. Diga aí: de quanto tempo você precisa? Sério, calcule. Quantas horas, dias ou semanas a mais você quer para fazer tudo o que planeja, pensa ou imagina?


Pensou?

Certo. Agora, vou vou arriscar um palpite. Na verdade, você preencheria todo este tempo extra de novo com mais um monte de coisas e reclamaria da falta de tempo. Não ia adiantar, Seria provavelmente só mais tempo de preocupação e ansiedade. E isso porque muitas dessas coisas que colocamos na frente dos olhos na verdade deveriam estar lá atrás, nas costas. Ocupam tempo e não levam a nada. São as pedras pequenas ocupando o tempo, como diria Covey, e roubando o espaço das 'pedras grandes', importantes, principais.

A maior delas, Deus. Tempo pra Ele sempre são minutos ou horas bem investidas. Já que Ele é o dono do tempo, e dá diariamente exemplo de prioriade - o ser humano, o mais importante, em primeiro lugar - vai ter muito a lhe mostrar. O Natal, que já está pertinho, ensina isso. Deus tirou tempo para estar perto da gente. E para tirar do caminho tudo o que nos impede de viver a vida a favor do relógio, e não contra a parede.

Perto dele o dia ainda continua tendo 24 horas. Mas a vida passa a ter muito mais tempo de jogo.

terça-feira, dezembro 12, 2006

vitória


Amanhã é a estréia do Internacional no Mundial de Clubes no Japão, contra time egípcio do Al Ahly. Mesmo sabendo que um jogo pode ser surpreendente, para mim (mesmo sendo gremista) a vitória do colorado é certa. Dá pra respeitar os adversários, mas n ão dá pra duvidar que os gaúchos têm melhor time.

Mais ou menos como na luta entre o Bem, Deus, e o mal. Ela até acontece, mas já sabemos quem é o mais forte. E quem vence no final.


Fonte da imagem de Abel Braga, técnico do Sport Club Internacional

Update: Acertei minha previsão, mas connvenhamos, um chute um tanto fácil este. Inter 2 a 1.
Agora é esperar pela decisão. Provavelmente contra o atual 'rei" do futebol, Ronaldinho Gaúcho, gremista.

Ou seja, tem Gre-nal neste domingo no Japão.

sábado, dezembro 09, 2006

crime

Pedagoga é morta ao olhar apartamento no RS , destaca a capa do portal Terra.

"A pedagoga aposentada Irene Krey, 56 anos, foi morta ontem ao visitar apartamentos para a compra no bairro Petrópolis, em Porto Alegre (RS). Foi assaltada e morta pelo vigia de um dos prédios, segundo o jornal Zero Hora."

O Pastor Grasel, nosso capelão geral, foi pastor dela por muitos anos, na comunidade luterana do bairro petrópolis, onde ela era membro. O Quique, nosso assessor de comunicação, também participa lá e é amigo da família.

Um fato lamentável.
Deus tenha a Irene. E a cadeia tenha o(s) autor(es) do crime.

sexta-feira, dezembro 08, 2006

aos pés

Estátua mostra Papa sentado no "Trono" do banheiro.

A matéria diz que outras personalidades não escaparam da zombaria e que os visitantes estão gostando.

Brincar com o cristianismo pelo jeito não tem problema nenhum. Mas engraçado que nenhum destes bonecos retrata Maomé ou algum religioso muçulmano.

Pelo jeito, faltou coragem aos artistas. É que, daí sim, poderia sair coisa grande.

olhos abertos

Juang estava louco de irritação, constatando como era infeliz. Seu carro havia estragado, sua gripe piorou. Não bastasse isso, o trabalho só acumulava. E o futebol do fim-de semana, por causa disso, já estava comprometido.
Resolveu então ligar para o primo, Yang, pra ter alguém com quem desabafar.
-E aí primo, como vão as coisas? Alguma novidade sobre a Chang?
-Você nem vai acreditar no que aconteceu com ela! – a voz era de emoção intensa.
-O que? Conta!
-Cantei hoje no hospital, como sempre faço. E sabe o que aconteceu? Ela abriu os olhos e falou meu nome! Não é incrível?

Este dialogo é fictício. Mas poderia ter acontecido para o chinês Yang, da província de Jiangsu, no leste da China, esta semana, conforme esta matéria de o Globo on-line . A mulher dele, Chang, está há 10 anos em coma. Quando os dois eram jovens, uma das coisas que ela mais gostava de fazer era cantar. Desde a doença, com a esperança de despertar a mulher, o marido então aprendeu a tocar teclado e passou a compor e cantar canções para a esposa.
Ontem, logo após ouvir um destes temas, segundo os médicos, ela abriu os olhos e disse “claramente” o nome do marido.

Ela não saiu andando. Não ganhou na mega sena. Não foi promovida. Ela não viajou para o Caribe. Chang simplesmente abriu os olhos de um estado de coma.

Costumamos achar que ser feliz é sentir e não ser de um jeito. Por isso que reclamamos até de unha quebrada; não estamos mais bem... Era um sentimento, não um princípio de vida.

Mas, engano nosso. Felicidade não é um estado de espírito, é uma maneira de viver. Não é senti-la instantânea, baseada em pilulas, bebidas ou prazeres físicos, mas é um ser constante de quem está ligado a Deus. Até em meio à dor. Até em coma. Alguém duvida que uma mãe, quase gritando de dor prestes a dar à luz, está cheia de alegria?

Dor e dificuldade às vezes. Alegria, sempre. Só a voz de Deus para nos abrir os olhos para esta certeza. Para nos fazer ser alegres, somente o som do seu amor.

quinta-feira, dezembro 07, 2006

resgate

O menino de Belém conseguiu. Quando veio ao mundo, conquistou a salvação para a família humana, por meio da fé.

O jornalista de Oregon, James Kim, editor sênior da revista Cnet, infelizmente não. Foi ao mundo para tentar salvar sua família, mas ficou pelo caminho. Um longo caminho, por sinal. A polícia local encontrou seu corpo hoje. A família Kim ficou presa na neve quando se perdeu do caminho, durante a viagem. A esposa e a filha, após 9 dias, foram resgatadas. O pai encontrou seu fim após um esforço sobre-humano.
O fato, segundo a notícia do Terra, comoveu o mundo digital.

James Kim deu a sua vida tentando salvar as pessoas que amava. Um gesto nobre.
Jesus, com sua vida, salvou as pessoas que ama e lhes ofereceu ânimo, conforto e esperança.


Tudo de que mais lembramos agora, no Natal. Tudo de que a família Kim agora mais precisa.

Fonte

Telhado

Quantas vezes por dia você pára pra pensar no telhado que cobre a sua cabeça? Hoje, por exemplo, tinha lembrado de que o que está bem aí acima, protegendo seus pensamentos, garante tranquilidade para suas ações? Talvez por semanas sequer nos demos conta de sua existência - a não ser que não tenhamos.

Já reparou que é assim a presença de Deus? Nem sempre nos damos conta de sua importância, mas Ele está lá. Sempre. Evitando que fiquemos desamparados, desprotegidos, sujeitos ao tempo, ao vento, a tudo. Cuidando para que o sono seja tranquilo e o dia seja seguro. E torcendo para que, ao final dele, deitado, olhando pra o teto, você ao menos diga um 'oi', 'obrigado', 'perdão', ou 'até amanhã'.


Quem nos coloca debaixo deste teto é a fé no Filho. Nos dá proteção, conforto e segurança diários. Impede que moremos numa "casa muito engraçada" que não tenha teto nem nada. A casa do Pai, construída pela graça, tem teto sobre a cabeça, amor sobre a vida e fé sobre o coração.

Game

Fonte da notícia e imagem


O jogo left behind: eternal forces está sendo criticado por alguns muçulmanos. Baseado na série de livros Left behind, que já vendeu 63 milhões de cópias nos EUA, o game mostra a luta de forças cristãs contra os exércitos do Anti-cristo. Grupos ligados ao Islã opinaram que o título retrata o islamismo como o mal e insulta a sua fé.

Eu achei exagero. É só um game, não é sobre o texto bíblico e é a visão de um autor, não do cristianismo.

Mas ultimamente com o brio dos seguidores de Maomé parecendo granada sem pino, vai saber pra que lado os estilhaços vão voar.

terça-feira, dezembro 05, 2006

Conselho

Já há algum tempo eu tinha alguma coisa contra o ditado “se conselho fosse bom ninguém dava, vendia”. Agora eu tenho certeza. Ele não é verdadeiro.

Se conselho não fosse bom, a gente não pedia, não buscava. Não conversaríamos com pessoas de nossa confiança. Não pagaríamos consultas nem procuraríamos instituições de auxílio. Talvez nem assistiríamos à previsão do tempo.

Bom, alguém poderia dizer que, em geral, pessoas e lugares não dão conselhos, apenas nos ajudam em decisões que são pessoais. Verdade. Mas também engano. Quando você vai falar com um amigo e ele diz ”pode falar que eu te ouço”, taí, um conselho. Quando você ouve “é você quem deve decidir”, opa, outro conselho. Quando absorve o relato de vida de alguém que passou pelo que você está passando, torna-se um conselho para a sua.

E você não reclama. Nem eu. Claro, nós adoramos conselhos. Auxílio. Uma luz, uma indicativa. A experiência de quem pode nos transmitir algo de bom. Relatos que podem nos ajudar. Não os do tipo “eu, se fosse você, ...”, porque ninguém nunca vai ser. Mas os recados e apoio de pessoas que querem nosso bem, gente que pode mesmo nos ajudar, estes não rejeitamos. Abraçamos com todo o nosso ser.

Por isso que a Bíblia também os tem. “Entregue seu caminho ao Senhor, confie nele, e o mais Ele fará”. Jesus aconselhou: ” Venha a mim, vocês que estão cansados de carregar suas pesadas cargas. Eu lhes darei descanso”. Conselho é bom e tem que dê de graça, sim.

Quer um? Aproveite. Se conselho não fosse bom, perderia a clientela. E os melhores são os sem preço. Os que não vendemos de jeito nenhum.

segunda-feira, dezembro 04, 2006

sem preço

"Amigo não se compra", diz o chavão, "se conquista". Mas alguns estão querendo colocá-lo à prova. Amigos estão sendo vendidos para quem quer aumentar sua popularidade em sites de relacionamento pessoal.

Houve uma época encontrar um amigo era ter um tesouro. Para os idealizadores do fakeyourspace, é só o equivalente a R$ 4,3 mensais.

E pensar que muitos não preferem - de graça - a companhia de um Amigo que não tem preço...

No entanto, ele está sempre por perto. Oferecendo a amizade que não se compra nem se conquista. É presente.

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Animais

Assista a este vídeo. Não deixe de olhar.

Achei-o espetacularmente bem bolado.




Se precisar, leia nos comentários a tradução da frase final.

edição de notícias

Hoje foi o dia em que o Papa orou voltado para Meca. Ele já havia dito que o Deus dos cristãos e dos muçulmanos é o mesmo.
Hoje faz um ano que a Dje e eu entramos em nossa casa. Dentro das necessidades básicas do ser humano uma delas tentar ter um teto sem aluguel sobre sua cabeça.
Esta sexta-feira foi o dia mundial do combate à Aids.
Dia de se preparar para o vestibular da Ulbra, amanhã, em todo o pais.
Época de se dar conta que "dezembro já está aí'. Levante a mão quem ainda não pensou ou disse o chavão, "já fim do ano de novo?", ou uma de suas variáveis.

Não sei que 'hoje foi dia de que' aconteceu em sua vida. Incomodação no trabalho, telefone que não parou de tocar. Gente incomando você ouvocê incomodando gente. O gerente do outro lado da linha, imbecis do outro lado da rua. Ansiedade atrapalhando o pensamento. Não sei.

Mas olha, não precisa estar na primeira página para ser importante. Não precisa viar 'viral' pra ser legal. Não precisa ganhar prêmio pra ter valido a pena. Basta que você se dê conta que cada notícia do seu dia compõe o jornal da sua existência. Que cada imagem captada ilustra o quanto é bom estar vivo. Cada opinião emitida pode tranformar, se não o mundo, o mundo de alguém. E cada comentário ouvido pode ajudar a refazer muito do que estava dando errado.

É a sua vida. É o presente de Deus para hoje. Para sempre. Para você não se importar tanto com o número de leitores, apenas continuar cativando pelo menos os que lhe são fiéis. Esses, eu garanto, se interessam por cada manchete. Lêem cada notícia. Não trocam você por nada.

E já estão esperando a edição de amanhã.

Voltado para quem?

Fonte da imagem: Terra.

As notícias de hoje mostram que o Papa Bento XVI rezou voltado para Meca. Ela já havia afirmado que o Deus dos cristãos e dos muçulmanos é o mesmo.

Hum..

Respeito e tolerância está correto. Mas abrir mão da própria confessionalidade em prol de outra...é medo?

E um muçulmano, teria um gesto semelhante?

A fé cristã tem pontos cardinais, fundamentais. Tão importante quanto respeitar é ter consciência da linha divisória. Antes que, sem distinguir para que lado reza, o papa ainda acabe perdendo os pontos cardeais.

quinta-feira, novembro 30, 2006

Seu Carlos

O seu Carlos esteve hoje aqui, novamente. Conheci este senhor de 60 anos de idade em 2004.

Seu Carlos já teve dinheiro, hoje quase não tem o que comer. Já morou em uma casa, ultimamente quase só viveu em albergues. Já caminhou direito, hoje se apoia em muletas, sequelas de um atropelamento há 9 anos. Na boca tem não uma janela, mas um portal nos dentes da frente. Está com dificuldades de visão; luta pra ter comida pelo menos hoje.

Talvez você o imaginou como um trapo de gente. Engano. O brilho nos olhos e o sorriso misturado com esperança surpreendem.

Ele veio sozinho até aqui; vai pra onde precisa. Está lutando por sua pensão do INSS. Quer fazer lentes novas para poder voltar a trabalhar em cartografia, que é sua formação. Está morando num quarto bem ajeitado. Já foi ajudado por muitas pessoas. Está frequentando a igreja, vive com fé. "Estou resolvendo meus problemas, um a um", comentou, confiante. Confesso, o Seu Carlos me impactou. Encorajou. Reforçou a certeza de que coitadinho e vítima até eu possos ser, se quser. Pra ser lutador e vencedor, não tem idade, condição ou muleta que feche o caminho.

Mesmo que você não se chame Carlos, você tem o mesmo Deus dele. Você tem as mesmas condições, ou talvez ainda maiores, de viver com fé e força na vida. Disponíveis em Deus. Assim como apoio, alegria, ânimo e descanso.

O Seu Carlos foi embora com o mesmo sorriso que chegou. Caminhando devagar, apoioado, mas sempre caminhando. Me deixou também o tema para o texto de hoje. Mais. Deixou um sinal de que a ação de Deus não é só invisível. Dá também para olhar, apertar a mão, abraçar. Agradecer.

muletas

Esta matéria do portal Terra mostra os amuletos que diversos famosos utilizam para atrair a sorte ou espantar o azar. 'Muletas da fé', seria um nome mais apropriado.

Sorte de quem tem fé em Deus. Não precisa das muletas, dispensa amuletos, olha apenas para um
símbolo , a cruz, e sabe que 'sorte' é melhor definida como Deustino e Deuscidência.

quarta-feira, novembro 29, 2006

jotas

Morreu na segunda o ator Jece Valadão. No passado, personificou o típico cafajeste, para quem "conquistar uma mulher por dia" era o jeito de ser homem de verdade. No fim de sua vida, convertido ao cristianismo, ajeitou a frase. Ser macho mesmo é "conquistar a mesma mulher todos os dias". Seu juízo de valor era "sexo, amor e dinheiro" , e dizia não sentir vazio interior, estava muito bem. Mas Deus o tocou, de maneira que nem ele esperava.

Para o Jece versão cafajeste, mulher era para ser usada - em benefício próprio.
Houve um momento na história, entretanto em que Deus usou uma mulher - em benefício de muitos. Foi Maria, descendente de Jessé. Através dela, veio ao mundo Jesus, o Salvador dos cafajestes e malandros que existem ao montes - inclusive dentro de nós. Pode não estar na telona, mas também temos cenas e atuações dignas de reprovação, e que precisam Daquele que nos mostra o amor é na verdade.

O filme pessoal de Jece teve final feliz. Morreu com o vazio interior (que ele na verdade tinha, com falso conteúdo) preenchido pelo filho de José. Valeu pra ele, vale pra nós: ainda que nossas cafajestices, mínimas ou máximas, se acumulem, existe perdão e recomeço. O tripé "fé, amor e esperança" é um roteiro seguro para qualquer história acabar do jeito certo. Bem.

terça-feira, novembro 28, 2006

Imortalidade

"Você também pode alcançar a imortalidade"
Esta é a afirmativa do andróide na peça publicitária "Imortal", da Johnny Walker, uma super-produção. Impressionante.

Confira no Portal da Propaganda . O Rafa Dias, da banda da Capela, mandou o link,

Após dizer que gostaria mesmo é de poder ser humano, para ter sentimentos, dúvidas, angústias, amar...., complementa sua frase central com: "Faça algo notável". O slogan da marca é "keep walking" (continue caminhando/progredindo), e, nesta campanha, o objetivo é tocar num dos maiores desejos do ser humano: deixar um legado.

A resposta de Deus a essa pergunta é parecida, porém melhor: "Creia Naquele que fez algo notável". Fé Nele traz imortalidade no seu sentido literal e completo.

Keep believing.


No You tube(em espanhol)


segunda-feira, novembro 27, 2006

Quanto vale a vida?

É diferente.
Pergunte para quem quer desistir de viver ou para quem não desiste de tentar viver.
Para quem perdeu um grande amor ou para o que viu o reconheceu tarde demais.
Pergunte para quem quer terminar com ela ou para quem está em doença terminal.
Para quem dirige irresponsavelmente e para quem se recupera de um acidente.

É assim que funciona, uns não valorizando quando têm demais, alguns querendo de volta quando ela já é de menos. Mas todos que vêm à luz, ganham igual - vida.

Quanto vale a vida?

A Revista Isto é traz uma calculadora onde você insere sua idade, o quanto ganha, e fica sabendo quanto valeria se morresse hoje em circunstâncias em que caibam indenizações.

É interessante. Mas, como diz o texto, traz apenas 'conforto material e uma sensação de que minimamente a justiça foi feita'. E só.


Quanto vale a vida?
Para o Dono dela é diferente.

Ele não mede em salários, lugares frequentados ou número de diamantes em um anel. Não conta número de carros ou zeros bancários antes da vírgula. Só um critério é aceitável para Deus - a própria vida. Onde ela existe, tem valor. Não importa se é imóvel numa cama de hospital ou vencendo a prova dos 100 metros. Não faz diferença se é de alguém embaixo da ponte ou alguém desfilando por cima dela. Para Ele, os padrões humanos de definir quem tem "qualidade de vida" para continuar vivendo não valem. O padrão prioritário é "santidade" de vida. Havendo vida, está valendo.

Vale o quanto Deus pagou por ela. A vida de Jesus. Parecido com seguro: a morte Dele assegura a todos os seres humanos o benefício da vida. E não apenas terrena. Eterna.

Quem esá ligado a Ele, está ligado à fonte, e conhece o valor que a vida tem. Não a troca por tão pouco. Não a interrompe por quase nada. Deixa simplesmente nas mãos do Criador para que, já definido o seu valor, decida soberano o quanto vai durar.

sexta-feira, novembro 24, 2006

Ana e Mia, Marconez

Estes são os dois temas que mais trouxeram visitantes ao blog nos últimos dias.

Como informação, não ajudam tanto quanto uma Folha on-line. Mas se a busca for por reflexão, estão aí:


  • Ana e mia, 16.11

  • Boa noite, de 21.11
  • muito obrigado

    Por que apreciamos tanto a gratidão como virtude?
    Tenho duas sugestões:

    1. Basta pensarmos na ausência dela.
    -Você ajuda alguém e a pessoa nem se lembra de um “obrigado”.
    -Pessoas que nunca dizem obrigado por 99 coisas, e reclamam da 1 errada ou não tão boa
    -Conheço a história de uma pessoa que em anos de casado quase nunca sentou na mesa e elogiou o almoço da esposa. No entanto, sempre que havia algo errado, não hesitava em reclamar.

    2. Quando alguém diz OBRIGADO, está exercendo algo extremamente essencial para a saúde da alma: HUMILDADE. Agradecer é reconhecer-se dependente, interligado. É manifestar vínculo. É apreciar o que outro tem de habilidoso, agradável, talentoso. Agradecer é IR NA DIREÇÃO DO OUTRO, Um bem que está ficando escasso em nossa sociedade dos fones de ouvido com ipod, celular individaul e Tv em cada quarto. Quando alguém agradece sinceramente está dizendo: “Hei, eu me importo com você”.


    Deus que nos deu e dá tudo o que somos e temos, poderia pedir muita coisa em troca. Mas quer apenas duas palavras: MUITO OBRIGADO. Não porque o ego Dele precise. Mas o nosso ego, sim. Para que o orgulho e egoísmo não tomem conta do coração. Para que a fé faça a gratidão agir como o óleo da humildade, mantendo tudo bem lubrificado e funcionando por muito tempo.

    Duas palavras que não custam muito e fazem a vida fluir diferente. MUITO OBRIGADO. Utilize!

    Ah, muito obrigado por ler até o final.

    quinta-feira, novembro 23, 2006

    Fazer o bem

    Gostei bastante do texto "O poder da vítima", da Rosana Hermann, e enviei para alguns amigos. Um deles, o Rafael Dias, da banda da Capela, comentou de volta. Uma das frase foi: "Como ser bom, como fazer o bem sem a intenção de receber algo em troca, como elogios ou até mesmo uma paz interior??? Dessa maneira, fazer o bem é também uma forma de egoísmo."

    Ele entrou num assunto onde às vezes há uma certa confusão. Sentir-se bem por fazer o bem é errado? Lembro que, em um episódio do seriado 'Friends', a personagem Phoebe tenta provar que é possível ajudar o outro sem sentir-se bem. Falhou. Não dá pra fazer o bem sem acharmos bom.

    Mas quem disse que isso é errado? Jesus disse "ame ao próximo como a si mesmo", não mais, nem menos. O problema está em fazer o bem pensando em si - egoísmo. Fazer o bem pensando no outro, sem medo de sentir-se bem por isso - este é o altruísmo. Algum problema?... Só Deus consegue fazer o bem sem sentir nada em troca. O que Jesus fez pela humanidade é o único fazer o Bem com apenas um sentido vetorial. Só que Ele é perfeito, e isso é outra história.

    O mais importante é manter a humildade o quanto possível. Um bom termômetro para isso é pensar ao agir: "Farei isto mesmo que não me elogiem, só pelo fato de que quero fazer algo bom?"

    Ah, e é importante lembrar que, segundo a Bìblia, não é fazendo algo de bom que eu construo minha paz ou minha ligação com Deus. Pela fé, já sou dele, com plena paz e alegria. O que as boas atitudes fazem, a partir daí, é mostrar essa fé e paz ao outro, agregando mais momentos felizes à felicidade que já tenho no coração.

    O que mostra que felicidade não é um estado de espírito, mas um jeito de viver - com a fé em Deus no centro. O que sentimos ao fazer o bem é um "estar feliz". E isso é bom. Agregar vários "estar feliz" ao "ser feliz" com Ele pára com a busca pela felicidade para a vida. Pois ela já vai estar lá.

    Coitadinho


    Você conhece um? Imprima este
    excelente texto da Rosana Hermann, "o poder da vítima"
    e cole em um lugar estratégico. Pode não funcionar, mas pelo menos ele vai saber que você sabe.


    Trecho:

    "O coitadinho comove.
    Alguns espertos que descobriram isso vivem de ser coitadinhos profissionais. Queixam-se o dia todo do mundo, das injustiças, so salário baixo, enfim, de absolutamente tudo. A exceção aos momentos de exposição de exemplos de vitimizações são os momentos de auto-elogio. Todo mundo ri e aplaude o coitadinho quando ele se auto elogia. SaAbe por quê? Porque o coitadinho não parece ser uma ameaça a ninguém. É só um pobre coitado."

    Chute

    A gente sabe que prever o futuro é impossível, pelo simples fato de não ter acontecido ainda. Pessoas tomam decisões e estas alteram o futuro. Não há como estar "escrito nas estrelas". Está certo o chavão, "o futuro a Deus pertence".

    Por isso, achei curioso este vídeo de 1986 do humorista André Damasceno. Ao imitar o comentarista gaúcho Paulo Sant'anna, antecipa que o Internacional seria campeão do mundo em 2006. Previsão não é. Então, será que ele vai acertar o chute?





    PS: A apresentadora é Maria do Carmo Bueno, que agora está conosco na Ulbra TV.

    quarta-feira, novembro 22, 2006

    Forma

    Fonte da imagem


    Daqui a pouco é hora de ir pra academia. E, se eu simplesmente não parar tudo para ir, não vou mesmo. Óbvio, não? Mas real. E mais óbvio ainda: ninguém vai fazer isso por mim.

    Fazer exercícios desta forma, além de fazer bem para a forma, tem me ajudado na essência também. Uma das coisas boas é exercer a disciplina. Outra, a persistência. Quando começamos a pedalar, andar ou puxar ferros, o embalo é grande. 'É agora que eu fico com a cintura da Barbie'. Mas alguns dias ou semanas se vão e, com eles, toda a explosão. Preguiça, compromissos, desânimo, falta de tempo, não importa o nome da desculpa, ela aparece.

    Essa é a hora de forçar mais um pouco. De dar um passo além. Ainda ontem me aconteceu. Estava em 12 minutos de corrida e pensei em parar. "mas eu quero chegar aos 20", pensei. Nos quinze quase desisti. Por fim, a esteira foi parceira e juntos vencemos as pernas e a desmotivação.

    Se o corpo pode, tenho certeza que a alma, a fé, também. Talvez você esteja pensando que seu relacionamento amoroso/familiar não tem mais jeito. Que sua promoção ou aumento não vai sair. Que não vai mais conseguir contornar aquele determinado problema. Que não vai saber mais viver sem a pessoa que partiu.

    Mas corra mais um pouco. Vença o ranço. Resista. Só mais uns minutos, e depois mais uns. Se acontece no exercício, é certo que pode acontecer no interior. E, depois que passa a primeira vontade de desistir surge um novo ânimo para continuar muito mais.

    Daqui a pouco você termina de ler este texto e vai pra academia 'vida'. Correr um pouco na 'rotina' , ou pedalar na 'dificuldade'. Mas vá mesmo! De corpo e alma. Continue. O resultado final compensa todo o esforço. Deixar a alma em forma trabalha a essência. Que trabalha a forma. Que reforma toda a sua vida.

    terça-feira, novembro 21, 2006

    Boa noite

    A partir de uma certa idade, muitas crianças têm úma mudança em sua vida. Deixam de dormir com os pais, ou responsávels, (às vezes com a luz ligada), para dormirem sozinhas e no escuro. E eles, na maior cara de pau, depois de apagar a luz e antes de fechar a porta, dizem "boa noite, meu filho!"

    Mas que coragem! Como é que eles podiam achar que nossa noite tinha como ser boa? Sozinhos e no escuro?...

    Porque na verdade sabíamos que não estávamos sós. Ali, pertinho, havia alguém que, mesmo dormindo, estava por perto. Mesmo longe, estava o lado. O escuro era seguro, porque o cuidado era claro e certo.

    Momentos de escuro, na vida, são inevitáveis. Mas ficarmos sem companhia, não.

    O que pode acontecer quando ficamos sós? Para Marcos Maronez jr, o professor de piano encontrado morto com uma adolescente de 13 anos em um quarto de motel de Porto Alegre, aconteceu o pior. O tipo de idéias registradas em seu perfil no orkut
    me deixa a impressão de que ele estava assim. No escuro. Precisando dos acordes certos. Acordar.
    Adorava jazz. Esta semana, perdeu um z. Aqui jaz.

    Saiba que você tem sempre um Pai por perto. Cuidadoso, amoroso, que zela para que a sua seja uma "boa noite". E que encoraja a lidar com o escuro de maneira confiante. Nas horas de pouca luz, em que a solidão quer nos fazer companhia, trazendo com ela a desesperança e o vazio, é bom saber que a Luz do mundo está ao alcance do coração. Com a vantagem de que não precisamos correr até o outro quarto. Deus não sai do nosso lado. Não dorme nunca.

    O dia com Ele por perto, mesmo com momentos de escuridão, é bem mais claro. E a noite, mesmo escura e solitária, é bem boa. E serena.

    segunda-feira, novembro 20, 2006

    Dia

    O governador do Rio, Sérgio Cabral, não quis deixar o Dia da Consciência Negra passar em branco, e usou palavras fortes: "Há uma verdade no mundo, todo racista é um grande f.d.p." .

    É certo que lutar contra o racismo é importante, mas é duvidoso se xingar torna o caminho melhor. A luta é necessária. Mas a arma?..

    sexta-feira, novembro 17, 2006

    Tempo real

    Segundo a Folha on-line, os filmes de "diários faciais" viraram uma mania nos sites de vídeo, como o YouTube. A técnica fotográfica é velha. Chama-se "Time-lapse", na qual se captura cada quadro (frame) do objeto em foco por um determinado período. O filme é montado com a seqüência de imagens, dando a impressão de passagem do tempo em velocidade rápida, sem intervalos.

    Abaixo, o de JK, que exibe fotos diárias do moço durante 8 anos.




    Isto no mundo virtual. Porque, na vida real, todo mundo quer é que a sua passe bem mais devagar. Quase parando, se possível.

    O tempo virtual até pode estar na ponta dos dedos. Mas o tempo real continua nas mãos de Deus.

    PS: Agora, ainda não inventaram um jeito deu fazer o contrário? Esse sim, com a procura, derrubaria qualquer servidor.


    Clipe

    E se você fosse fazer um clipe de sua vida nos últimos tempos? Quais as partes que passariam em câmera lenta? O que não passaria de imagens rápidas? Como seria sua locação perfeita? E qual seria a música tema?

    Quando você vê um clipe de 3, 4 ou 5 minutos, já se deu conta de que são várias horas, dias de trabalho, para cada um deles? Preste atenção no próximo a que assistir. Locações, cenários, figurinos. Semanas de trabalho resumidas em pouco mais de 200 segundos.

    Sua vida é assim, mesmo sem vídeo. A maioria das coisas importantes não se resolve em 3 minutos. Nem fast food. Não é neste tempo que se conversa sobre relacionamentos, visita alguém que precisa, se empresta o ouvido para quem quer desabafar. Não dá para fazer o outro ligar logo, pensar no futuro, redirecionar a vida. Não ser remedia problema sério com um clique. Não dá para acabar com a culpa em tempo de pipoca de microondas, nem fazer download de ansiedade em 'tempo estimado: x minutos'.

    Sim, é difícil, o mundo é muito rápido. Mas deixe a pressa para onde ela é bem-vinda. O que leva tempo, precisa mesmo dele.

    Esta é uma idéia que Deus, o dono do tempo, sempre vai querer lhe dar: quando se trata do essencial - pessoal, família, amigos, futuro (aumente este aposto você mesmo) - tempo é essencial. Pensar as cenas antes de executá-las. Dá mais trabalho, mas dá mais certo. A cena sai melhor. E as oportunidades de refazer aumentam.

    Tudo para que sua vida tenha aqueles belos momentos de clipe musical, mas também horas de longa metragem, com o final que não vai ser apenas um sonho . Com a direção Dele, sua música tem sucesso garantido. Vai tocar por muito tempo.


    Fonte da imagem.

    Religião


    Comentário preconceituoso:

    "Com ou sem religião, você teria pessoas boas fazendo coisas boas e pessoas más fazendo coisas más. Mas para pessoas boas fazerem coisas más, é necessária a religião" - Steven Weinberg.


    Weinberg não consegue distinguir corretamente pessoas boas de pessoas más.

    É, ele está bem mal mesmo.

    Fonte da imagem

    quinta-feira, novembro 16, 2006

    Ana e mia

    "Mamma mia" é um chavão que costuma aparecer perto de uma farta mesa de massas italianas.

    Do lado oposto, estão "Ana e Mia"

    'Ana' indica uma pessoa anoréxica. Alguém que se recusa a manter um peso corporal na faixa normal mínima e que tem muito medo de ganhar peso.

    'Mia', alguém que sofre de Bulimia. Come muito num curto espaço de tempo, como se estivesse com muita fome. Então, perde o controle sobre si mesmo e depois tenta forçadamente vomitar e/ou evacuar o que comeu, pra não ganhar peso.

    Foi o que descobri a partir das notícias da morte de Ana Carolina Reston Macan (ou só Carolina Reston, como ela assina no seu perfil no orkut ) por anorexia.

    Em ambos os casos, são transtornos alimentares que precisam de tratamento adequado, apesar de vários blogs e comunidades do orkut fazem apologia a elas. Algumas Anas e Mias tentam ficar longe do "mamma mia"

    É importante lembrar que também sua fé precisa de comida. Sólida e farta.

    Ainda bem que Deus não é econômico, e sempre tem um jeito de nos oferecer algo para matar nossa fome e sede de orientação e equilíbrio pra vida. Vemos muitos alertas contra o mamma mia espiritual - pessoas que se empanturram de sua visão religiosa e tentam impô-la. Mas o oposto também merece cuidado. Ser uma Ana ou Mia nesta área pode dar à fé o destino que Caroline deu a seu corpo.

    Alimentar a fé nos traz a beleza que realmente vale - a interior. E ela sempre acaba afetando e mudando a exterior. Por isso que Deus nunca deixa de nos alimentar e deixar satisfeitos.

    Como na história de uma outra Ana. Aquela que aparece no livro biblico de Samuel(capítulos 1 a 2). Foi persistente em seu pedido a Deus. Foi atendida. E então declarou esta verdade: "Os que tinham fome, agora estão satisfeitos". Alimentar-se em Deus só faz bem e nos deixa cada dia mais bonitos.

    Mais sobre anorexia, bulimia e transtornos alimentares(e fonte da imagem) .

    E aqui também.

    Micareta



    A Dje e eu, mais o Clever e a Fabi, fomos no show da Ivete Sangalo, ontem, 15.11, aqui no estacionamento da Ulbra.

    Gostei. Foi um bom programa pro feriado.

    Mais algumas constatações;

    _Ela é boa mesmo. Cantar e pular por 2 horas a fio não é pra qualquer um.
    _Ficar em pé das 5 às 8 e meia cansa um monte.
    _'Ficar', para muitos hoje, é como visitar um blog. Fica uns minutos, deixa um comentário e depois já vai pra outro. Logo ali do lado.
    _Quem bebe muito perde a noção do ridículo.
    _Vendo este e outros tipos de coisas, noto que, ao contrário do que pensava quando era jovem, eu também vou ficando velho.

    terça-feira, novembro 14, 2006

    Hell House

    Mostrar para as pessoas, especialmente os jovens, os horrores do inferno. Além de ser uma alternativa de entretenimento para o dia das Bruxas. As "casas do inferno" foram recursos de evangelização utilizado por algumas igrejas nos EUA neste ano, perto da festa do Halloween.
    Abaixo, um comercial da Hell House. A legenda diz
    "Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu Filho Unigênito, para que todo o que Nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

    Mas, se isso não o convencer...

    assuste-os com o inferno."


    O que você acha?

    segunda-feira, novembro 13, 2006

    Ansiedade


    Imagine um prego aquecido a 1000° C.
    Agora, imagine sua mão tentando segurá-lo por alguns segundos.
    Hum... o estrago seria grande.

    Mas o que acontece se o jogamos dentro de uma piscina? Um barulhinho, meio segundo, e está frio novamente. Mesmo com a temperatura igual, a troca de calor é totalmente diferente no centro da mão e no meio da água.

    A ansiedade às vezes nos espeta ou perfura o ânimo. Às vezes queima o peito, o coração - a vida. E é difícil pensar em alternativas quando não se está bem. Mas é importante lembrar que somente com nossas mãos, não há chance de diminui-la. O resultado final não compensa todo o esforço.

    Esfriá-la na piscina da fé em Deus dá bem mais certo. Não que esfrie tão rápido quanto o prego, mas vai ter mais dificulades em permanecer queimando com uma massa tão grande de força e amor. Os pregos que queimaram as mãos de Jesus no alto da cruz foram para nos assegurar que o mesmo calor que nos aquece em noites frias é o que alivia a temperatura de um dia infernal. Não é mágica, é fé. Não é fórmula, é força. Não é auto-ajuda, é ajuda quem vem do Alto.

    Como fixar um prego, tentar resolver a ansiedade com as próprias mãos não ajuda. Antes de se queimar, lance a ansiedade para dentro de Deus. Nada como um bom mergulho para esfriar as mãos. A cabeça. A vida.

    Fonte da imagem

    Motor


    O Queen Mary II é o maior navio de cruzeiro do mundo. Deve estar até no Guinness. Neste momento, entretanto, isto não vale muito, pois a propulsão não está funcionando. Com o motor, uma pequena parte do todo, sem atividade, todo o resto vai ficar ao menos cinco dias fora ação.

    Não importa o quão grande você é ou queira ser. Se ação é o que você deseja e precisa, mantenha seu motor sempre bem cuidado por Deus. Já que Ele conhece cada ponto do nosso interior, é a Pessoa certa pra manter fé, força e capacidade funcionando adequadamente.

    Quando mais longe você quer ir, mais bem cuidado precisa estar.

    domingo, novembro 12, 2006

    Consumo

    "Vivemos em uma época em que coisas desnecessárias são a nossa única necessidade".

    Oscar Wilde.

    sexta-feira, novembro 10, 2006

    Frase

    "O cachorro é o melhor amigo do homem porque abana o rabo e não a língua".

    Massa

    O aluno foi até o professor e desabafou:

    -Professor, minha vida anda tão acelerada que me sinto incapaz de lidar com meus problemas. Tento agir contra eles mas parece que são sempre mais fortes.

    O professor silenciou por alguns instantes e então, pegou uma caneta, uma folha e escreveu:

    Q = m.v

    -Você conhece esta fórmula?
    - Sim, o sr. já nos ensinou. A 'quantidade de movimento' é igual à 'massa' vezes a 'velocidade'.
    -E o que diz a terceira lei de Newton?
    -"A toda força aplicada corresponde uma outra força igual e contrária."
    - Então o resultado também é o mesmo, certo? Por exemplo, se uma bicicleta for ao encontro de um caminhão na mesma velocidade dele?
    - Não, é claro que o caminhão leva a melhor!
    - Mas a velocidade é igual. O que faz a diferença, então?
    -O 'm' da fórmula, professor. A massa do caminhão é maior, por isso ele tem mais quantidade de movimento e leva a melhor.
    -Assim funciona também a vida. Na velocidade com que você encara o mundo, ele também enfrenta você. O que vai fazer diferença, então, é o conteúdo. Se os problemas têm massa, tenha mais. Quando você enche sua vida com as coisas certas, aumenta as chances de obter os resultados que procura.


    Você age, o mundo reage. E em alta velocidade, na maior parte dos casos. O melhor, então, é fortalecer a massa. Viver com a quantidade de fé, vida e movimento que Jesus dá é o conteúdo certo de que precisamos para olhar os problemas bem no olho .

    Aí, eles que saiam da frente, se não quiserem levar a pior.

    Fonte da imagem

    quinta-feira, novembro 09, 2006

    Colateral

    "Todo e qualquer medicamento produz um efeito colateral. Caso contrário, não é medicamento. É água de melissa."

    Esta novidade (para mim mim, pelo menos) veio de um bate-papo bem legal com o professor da Ulbra e médico Ronaldo Bastos, esta semana.

    Pense bem. Qualquer coisa que você tomar, vai causar efeitos colaterais. Pode ser sono. Irritação. Sinais corporais. Ou até algo mais sério. Não importa, o fígado vai processá-lo e vai emitir um segundo efeito para o nosso corpo.

    A ação de Deus em nossa vida é exatamente assim. Sempre com efeitos colaterais.

    Em alguns casos, somente os opostos; medo, irritação, desânimo, desesperança. Reclamação, ingratidão. O que, na verdade, não chega a ser efeito do que Ele receita, mas da auto-medicação humana - quase sem efeito. Água de melissa.

    É um caso de falta da bula certa, fé. Aí percebe-se que estes colaterais são mais que desejáveis. Da fé vem a paz de ter o Pai. Vem a esperança, que impede de jogar a toalha. Vem o amor, que tudo cobre, ampara, ajuda, dá suporte. Vem o olhar diferente para a criação, para o outro, para dentro de si. Vem até mesmo o livrar-se de outros medicamentos que deveriam combater nossos males, mas parecem mais combater nossa vontade de viver.


    Colaterais assim são sempre bem-vindos. Tomar um remédio e ter efeitos diferentes - e todos bons - quem não quer? Pois todos podem. Receita sem custo e sem preço. Medicamento também.

    terça-feira, novembro 07, 2006

    Lembrar II

    "Bem, o certo é que lembrar pode fazer mal e fazer bem. Pode ser uma boa idéia para a felicidade, ou uma ótima idéia para a auto-destruição."

    Olha, na minha opinião, a primeira é melhor. Ainda mais que podemos olhar para a Palavra de Deus e lembrar, conferindo a História, como Ele já fez muita coisa boa. Até mesmo para os que duvidam da existência dele. "O sol nasce para justos e injustos", diz a Bíblia. A outra opção é olhar somente para as nossas palavras ou a dos outros e nos machucar a cada má lembrança, a cada erro sem perdão, a cada culpa não resolvida, a cada ferida que não deixamos cicatrizar.

    Lembrar é parte da felicidade, sim. Mas quando funciona como um retrovisor. Podemos ficar de olho no passado, mas não com os olhos voltados para ele. Utilizando bem as lembranças, vamos recordar nossa origem, pelo que já passamos e, principalmente, como Deus foi decisivo neste trajeto. Porque nos guiou, acalmou, carregou, secou as lágrimas. Ele apaga a parte do passado que só atrapalha e dá sempre novas chances de um presente melhor.

    Manter os olhos na estrada e utilizar o retrovisor como auxílio. Lembrar deste jeito nos dá certeza de podermos continuar dirigindo com confiança. Consultando regularmente este espelho, seguir em frente é mais seguro. Deus não nos abandonou lá atrás. Porque o faria agora?

    segunda-feira, novembro 06, 2006

    Controlador


    Mais quinze controladores de vôo chegaram a Brasília, para ajudar a evitar o colapso do sistema aéreo brasileiro.

    Com algumas centenas de aviões no céu, a categoria reclama de falta de pessoal e excesso de trabalho.


    Com alguns bilhões de vidas pelo mundo, dá pra ter idéia da grandeza do trabalho, cuidado e controle de nosso Pai do Céu, que não permite nem que um pássaro caia sem seu conhecimento. Quanto mais vidas humanas, resgatadas em pleno vôo para pousarem com segurança bem perto de Seu amor.

    Fonte da imagem

    Lembrar

    Fonte da imagem

    É possível passar ao menos um dia sem lembrar de algo? Não creio. Este verbo tem presença garantida em nossa rotina. Só que existem jeitos bons e ruins pra isto.

    Quando você pensa no passado, lembra mais de coisas boas ou ruins?

    _Há quem tenha sua vida centrada nos outros. Não conseguem deixar de pensar em quem lhes causou dor e de depender das glórias e elogios do passado, verdadeiros ou não.
    _Há os que têm sua vida centrada no passado. 'Naquele tempo sim, tudo era bom', esquecendo que naquele tempo, outras pessoas mais velhas diziam que 'no seu tempo sim que era bom'. Sem falar que dificilmente abririam mão das facilidades e modernidades do hoje para voltar a viver no ontem
    .
    _Há os que usam o passado como o espelho retrovisor. Mantêm os olhos nele para ter sempre a noção do todo, mas sabem que é pra frente que a vida segue.

    Você se enquadra em uma destas categorias? Ou em alguma outra, que lhe surgiu agora?

    Bem, o certo é que lembrar pode fazer mal e fazer bem. Pode ser uma boa idéia para a felicidade, ou uma ótima idéia para a auto-destruição.

    (continua amanhã).

    sexta-feira, novembro 03, 2006

    Verbete

    Fonte da imagem


    A Maratona de Canto está no Livro dos Recordes de 2007. Conferi ontem, está na página 84, no título 'Maratonas'. Em 3 e 4 de julho de 2004, na Capela da Ulbra, batemos o recorde mundial de Canto contínuo com múltiplos cantores, estabelecendo a marca de 36 horas.

    O único erro que ainda consta, mas já corrigido no certificado que temos, é "Comunidade Evangélica Luterana da Paz" e não "São Paulo", como é o correto.(o cadastro que possuia na época com eles ainda constava o nome da comunidade onde trabalhei até 2004).

    Um recorde registrado por 150 pessoas com mais de 500 músicas cristãs.



    quarta-feira, novembro 01, 2006

    Tampa


    Encontrei o Luciano Barth Lopes e o Maurício Amaral hoje de manhã na Ulbra TV. Estavam lá para gravação do "Pop Rock na TV" . O Barth Lopes, recém chegado, contou que estacionou o carro com o motor fumaceando. Abriu o capô e constatou o estrago: óleo de motor por quase todos os lados. Na segunda-feira ele fez a troca,´("coloquei daqueles sintéticos, pra poder rodar uns 20 mil quilômetros"), mas parece que alguém no posto não prestou muita atenção no colocar a tampa do compartimento.

    Tem coisas na vida que são assim também. No lugar certo, tudo ok. Quando se espalham por onde não deviam, só incomodação . Misturar assuntos ou problemas pessoais com profissionais, por exemplo, ou o contrário. Falar algo que é certo, mas na hora errada. Passar adiante informações corretas de forma indevida (=fofoca).

    Não esquecer a tampa dos compartimentos é um bom negócio. Elas mantém as coisas no lugar certo. Tá, a vida não é feita de setores isolados, eles interagem. Mas sempre tem um jeito bom e um jeito ruim pra isso. Óleo circulando pelo motor é diferente de óleo espalhado sobre ele. Já que a gasolina Deus nos dá - fé - pra pisar fundo e viver em velocidade, não custa cuidarmos para que outros não tirem as coisas do lugar, provocando uma fumaceira em nossa vida. Nem nós mesmos.

    Pois voltar pra casa com o carro inteiro é sempre bom. Seguir a vida com interação, mas com o tudo no seu lugar, mais ainda.

    Fonte da imagem

    É verdade

    "Há mais pessoas que desistem do que pessoas que fracassam." (Henry Ford)

    terça-feira, outubro 31, 2006

    Reforma


    No passado, as bruxas costumavam ser até queimadas na fogueira, mas hoje já são mais bem vistas por muitos, inclusive os comerciantes.
    Entretanto, 31 de outubro marca uma data bem mais importante que o Halloween. A Reforma Protestante, que, como diz o nome, não é demolição, ou nova construção, mas reforma, tem como data referência este dia e mês no ano de 1517. Depois dele, nada mais foi o mesmo. Nem mesmo o Dr. Martinho Lutero, grande nome do movimento e uma das pessoas mais influentes de todos os tempos.

    Um momento em que muitos seguiram um ideal simples, mas que mudou o mundo pra sempre: manter o que estava bom e mudar o que não .

    Idéia perfeitamente aplicável à nossa vida ainda hoje. E que pode mudar o nosso mundo, seja o tamanho que ele tiver.


    Fonte da imagem

    Domínio

    “Ninguém quis comprar o inferno na sexta-feira, pelo menos seu endereço na Internet”, segundo esta matéria da Folha on-line. Os detentores do espaço 'hell.com' queriam no mínimo um milhão de dólares pelo dominio. Mas pelo jeito, ninguém estava disposto a queimar esta grana toda.

    Você costuma comprar porcarias? Eu também evito. E parece que no mundo virtual, mesmo com tanta coisa maluca, ainda há um pouco de bom senso.

    Mas o bom também é não comprar o inferno na vida real. E a gente gosta de fazer isso. Incomodar-se por pouco. Reclamar mais e agradecer de menos. Ajudar menos e se servir mais. Focar só no hoje e esquecer que pra tudo tem um amanhã. Deixar a fé de lado e abraçar atitudes que mandam tudo pro inferno, mas que podem acabar nos levando junto. O que acontece, no fim, é que pagamos caro pelo inútil domínio 'dia infernal'.

    Hospedar a vida em 'com Deus’ é bem mais interessante. Vital, até. Não digo que o inferno some, mas dá uns quantos passos pra trás. E sobra bastante tempo e oportunidade para calma, vida, afeto. Sobra mais paciência para compreender e então ser compreendido. Sobra até mesmo mais vontade de administrar a vida de um jeito que não torramos tudo no hoje, e confiamos também Nele para o nosso amanhã.

    Este domínio vale a pena comprar. Ou melhor, apenas receber, acessando via fé. É de graça. Estar com Deus é viver perto do calor certo.

    sexta-feira, outubro 27, 2006

    cheios

    O leão resolveu sair pela selva para confirmar se era mesmo o rei dos animais. Não quis nem ir nos pequenos, começou direto com a pantera.
    -Quem é o rei dos animais?
    -Esqueceu? é você - foi a resposta
    Faceiro, seguiu adiante até o tigre:
    -E aí, que é mesmo o rei dos animais?
    -Hum...até ontem era você. E parece que continua - ouviu.
    O próximo foi o elefante:
    -E aí, grandão, você sabe que é o rei dos animais?
    O elefante o pegou com sua tromba, girou no ar, bateu duas vezes no chão, girou de novo, jogou no chão, levantou-o terceira vez e jogou contra uma arvore.
    Todo quebrado, levantando-se com muita dificuldade, o leão consegiu olhar pra cima e dizer:
    -Hei... só porque você não sabe a resposta não precisa ficar tão furioso.

    Ninguém gosta muito de lidar com orgulgosos. Mas também não gostamos de admitir como somos. É, ser humilde é difícil. E é algo estranho, porque se achamos que somos humildes, já não somos mais. É como a história do menino que ganhou a medalha de "Mais Humilde" de sua turma. Quando ele começou a usar, a perdeu.

    Todos queremos estar cheios de alegria, de sucesso, de reconhecimento. Mas para encher um recipiente, é preciso que ele esteja vazio. A humildade é o melhor caminho para a grandeza. Para ficarmos cheios daquilo que é bom. Não espere ser jogado de um lado para o outro para deixar o orgulho de lado. Esvazie-se diante de Deus e seja preenchido como melhor do melhor.

    quinta-feira, outubro 26, 2006

    no ponto


    Se você prefere a carne daquele jeito em que não está mais vermelha em nenhum ponto, o nome é bem-passada, certo?

    Mas se você a prefere na cor rubra, ou até mesmo sangrando, como chama?

    Pois é, eu fiquei pensando: mal-passada descreve mesmo o jeito de sua carne preferida? Pois se o seu gosto é comê-la assim, não está mal-passada. Está corretamente feita. Ou, na pior das hipóteses, não-passada. Os gaúchos dizem "no ponto". Mas o termo se incorporou ao vocabulário e aí estamos nós, dizendo que está mal algo que, para muitos, está muito bem feito. É assim mesmo que era pra ficar.

    E aí acabamos aplicando a mesma lógica na vida. Você fez um trabalho legal mas "ah, nem foi grandes coisas". Você cozinhou com tanto cuidado ,mas foi "mal e porcamente". Alguém repara num pequeno defeito num mar de acertos e você aceita, Ou ainda considera mal feito o que pra muitos está corretamente ajustado.


    Mal-passado.

    Mas o que para uns é mal-passado (como pra mim, que prefiro bem), para outros, é "no ponto". Olhe de outro ponto de vista e você vai ver que muito do que fazemos e vivemos ajusta-se perfeitamente com a descrição "muito bem-feito". No ponto. Mesmo que outros tantos chamem diferente.

    Mal passado mesmo, por definição, é erro perdoado. Passou e não volta. Pelo menos pra Deus. Ele é a fonte de quem quer fazer de novo, bem feito, mesmo errando muitas vezes, pois tem uma vida no ponto.

    Ponto de fé.

    Fonte da imagem

    quarta-feira, outubro 25, 2006

    em movimento


    O domingo, 22.10, foi de movimento em direção à serra. Com o pastor Thompson e a Pat, e mais um grupo de 7 amigos americanos, subimos para Gramado e Canela com conversa, música, reflexão e oração.

    Depois do almoço, passeio no centro de Gramado e, perto das 4 da tarde, visita ao Orfanato e Asilo de Moreira, RS, Instituto Santíssima Trindade. Antes de ir pra casa, pizza em São Leopoldo.







    dura quanto?

    Você já conhece o chavão, “tudo o que e bom dura pouco”. Mas dá pra confiar mesmo nele? Vejamos:

    *Vida – Viver é bom, não é? E olha que dura um bom tempo.
    *Sol, ar, natureza – fonte de energia, calor, vida. São muito bons. Duram dias, semanas, anos - apesar da insistência de muitos em quererem destruí-los. *Conhecimento – algo muito bom, que ninguém nos tirar e que dura por toda a vida.
    *Fé – presente mais do que muito bom, dado por Deus. E que dura muito tempo, a não ser que a deixemos de lado.
    Tem mais algum exemplo aí? Tenho certeza que sim.

    E pense ainda nisso:
    _Chocolate é bom. Mas tente comer várias barras seguidas.
    _Lasanha e pizza, boas igualmente. Mas e se comermos muito?
    _Esporte é bom. Mas se durar muito tempo seguido?...

    Pensando nisso, é possível concluir pelo menos que:
    * Tudo o que é bom dura o tempo suficiente para continuar sendo assim.
    * Existem, sim, coisas muito boas e que duram muito tempo, mas nem sempre abrimos os olhos para enxergá-las e as valorizar.
    *Algumas das coisas que dizermos ser bom e durar pouco, na verdade tem conseqüências bem ruins. Abra o olho com elas.

    Por fim, só há uma coisa que é muito boa, não tem limite de quantidade e dura muito: o amor de Deus. Com este presente insubstituível, você vai experimentar o que é algo bom que dura para sempre.

    terça-feira, outubro 24, 2006

    Transferência

    Depois de vários meses já bastante doente, ontem minha sogra foi transferida. Da Igreja de cá para a Igreja de lá. A luta dela terminou no início da manhã desta segunda. Agora, para ela, alegria e tranqüilidade que não mais vão acabar.

    Já quem fica, sabe que a luta não para. A Dje, minha esposa, os familiares e amigos. Transferências de cidade, de casa, de dinheiro, de trabalho. Vida movimentada, mesmo convivendo com um certo vazio.

    Entretanto estas, apesar de ocuparem bastante do nosso tempo, no fim, não são as que mais contam. A transferência de carinho, olhar, compreensão. A transferência de um para o outro de fé, de vida, de amparo. São estas as que realmente sustentam alguém que passa pela transferência final de alguém querido. Só não dá pra fazer a de responsabilidade. O papel de continuar recebendo e servindo, numa espiral ascendente de amadurecimento e crescimento até o último suspiro continua sobre nossos ombros, mãos, pés e coração.

    A sua transferência final ainda pode estar longe - espero. Mas a transferência de amor, cuidado e carinho que Deus tem para sua vida estão sempre perto. Bem perto, e de diversas formas. Hoje, agora. Pessoas que ligam, mandam recado, ou se fazem presentes. Abraçam. Choram junto. Riem e animam. Compartilham. Este é o Pai espetacular que temos,
    fonte segura para uma vida cheia de fé, ânimo e sustentação para o caminho.

    Força que Ele te dá sempre. Até o último segundo.

    domingo, outubro 22, 2006

    Líder de louvor e Culto no ônibus

    As 10h da manhã deste domingo partem duas atividades diferentes da pastoral.

    Na Capela, mais uma apresentação do projeto
    Líder de Louvor, com Coro Sacro da Ulbra, Band SONs, naipe de metais e condução vocal do Pastor Paulo. Presença também das equipes diretivas das escolas da Ulbra e da turma do esporte.

    De outro ponto da cidade, parte o ônibus com o
    Pastor Bill Thompson e Pat, sua esposa , com um grupo de pastores americanos que vai visitar o asilo e Orfanato de Moreira, da Ielb, e o pastor Lucas vai conduzir um culto durante a viagem.

    O dia de hoje, portanto, é de muita música e movimento

    sábado, outubro 21, 2006

    Cartesiana

    Não há nada tão equitativamente distribuído no mundo como a inteligência: todos estão convencidos de que têm o suficiente.

    (René Descartes)

    sexta-feira, outubro 20, 2006

    Importante

    Letícia, a secretária aqui da Pastoral, relatou como foi fazer a surpresa para seu marido, o Ramsés, com a vinda da mãe dele ao Brasil. Ela e mais duas pessoas aguardavam no aeroporto e quando a viram aparecer no corredor de saída do avião, praticamente gritaram juntos, emocionados, chamando a atenção de quem estava me volta.

    Já estava combinado com um colega de trabalho do marido para arrumar uma desculpa e levá-lo para lá quando fosse a hora. E, quando aconteceu, novo momento de emoção e alegria.

    O mais interessante, pra mim, do relato dela aconteceu na saída do desembarque. Muitas pessoas correram para ver Jorge Aragão, Nando Reis, uma atriz global, que estavam no mesmo vôo. Já ela, o marido, a família, para ver a sua pessoa mais importante para eles no saguão.
    É. As pessoas mais importantes não são mesmo as que tem mais fama, dinheiro ou prestígio. São as que se importam com você.

    Como Deus. Você vale tanto pra Ele quanto a vida de Seu próprio Filho. E aqui nem é mais surpresa: Ele está sempre esperando, pronto pra abraçar, amar e cuidar. E para ser a pessoa mais importante de sua vida.

    Para as horas que você pensar que ninguém mais está à sua espera, lembre-se: Ele está.
    Sempre.

    Bom fim-de-semana!

    quinta-feira, outubro 19, 2006

    Pare


    O que você faz diante da placa "pare", no trãnsito?

    Pergunta meio estranha, não? Nem tanto. Você conhece alguém que para mesmo diante daquela placa octogonal? Quase todas as pessoas que vejo reduzem, olham para os lados e seguem em frente. 'Pare' mesmo, é raro.

    No trânsito tudo bem, existem as justificativas. Dá pra enxergar de longe se vem alguém. Não tem porque parar totalmente em muitos casos. Vai causar tumulto e engarrafamento. Mas tem horas em sua vida que Deus deixa o aviso bem claro: "Pare". São aqueles momentos em que você sabe que precisa interrompere um vício, uma atitudes, um jeito de tratar o outro. Precisa parar de falar o que não constrói, olhar para o que cega e seguir a quem distrai.

    Neste caso, não parar pode ser mais do que correr o risco de bater. Pode ser o risco de não conseguir mais dirigir - ao menos não na rua certa. Olhe bem para o aviso Dele e pare mesmo. Ele usa pessoas, gestos, palavras. Sinais, lembrando que ir além do que os princípios corretos permitem é praticamente avançar uma via de quatro pistas.

    Quando vir a placa, pare. No trânsito também, se der. Mas na vida, especialmente, mantenha-se na estrada da fé Nele e atento às orientações. Vale a pena gastar um pouco mais o freio e a embreagem agora, para poder acelerar um pouco mais depois.

    Fonte da imagem

    quarta-feira, outubro 18, 2006

    Recados

    A porta da geladeira sempre foi uma grande opção para deixar recados(ainda é?...). Também a lateral do monitor do computador, a mesa do centro da sala, o bidê do quarto. O espelho do banheiro.

    Onde você costuma deixar seus recados?

    O grande e óbvio objetivo destes pequenos bilhetes é que sejam lidos, a comunicação com a outra pessoa seja estabelcida. Que tipo de problemas podem acontecer quando um recado não é lido, ou pelo menos não em tempo?
    "Ligue até às 15h e a gente vai fechar um excelente negócio".
    "Se me ligar ainda hoje, a gente pode tentar de novo".
    "Você precisa tomar o seu remédio. Está em cima do freezer".

    Deus deixou muitos, que podem ser encontrados na Bìblia. E, partir disso, costuma deixar milhares de outros que podem ser vistos na vida diária. Ainda na cama no início do novo dia, na sala de casa, com as pessoas com quem convivemos, na mesa do escritório, na natureza, no trânsito... São várias as maneiras em que Ele tenta estabelecer comunicação conosco. O ruim é quando não percebemos, não lemos, ou não damos atenção. Pode até ser fatal - para a fé.

    Olhe ai, para o seu lado. Para cima. Olhe para o seu dia. Que tal procurar os recados Dele? Ainda dá tempo. E pode ser a diferença que você procura.

    segunda-feira, outubro 16, 2006

    Líder de Louvor


    A terça-feira será de muita música no momento de culto da Capela. A partir das 18h30min, o Pastor Paulo atua como Líder de Louvor à frente do Coro Sacro da Ulbra, banda SONs e grupo de metais. A apresentação é parte da preparação para a gravação do DVD ao vivo "Paulo Brum e convidados - Líder de Louvor", que deve acontecer em novembro, aqui na Ulbra.

    É amanhã, a partir das 18h30min, na Capela do campus de Canoas.


    Veja o slide show com fotos de maio.

    Tenha sal


    Sódio e Cloro são as duas substâncias químicas que formam o sal de cozinha. Você os conhece?

    O Sódio é um elemento químico extremamente ativo, encontrado naturalmente somente de forma combinada; sempre liga-se a outro. O Cloro, por outro lado, é o gás venenoso que, por exemplo, dá ao alvejante seu odor ofensivo. Sozinhos, parecem não ter muita utilidade na vida. Podem até ser prejudiciais.
    Mas quando o sódio e o cloro são combinados, o resultado é o cloreto de sódio – sal de mesa comum - a substância que usamos para temperar a comida, ressaltando seu sabor. Sal de menos deixa a comida insossa. Sal demais, imprestável.

    Você conhece o aleteto de agape? Com esse nome, acho que não, pois eu o inventei agora. Aleteia, em grego, significa verdade. Ágape, amor.

    Verdade e Amor são duas sustâncias fundamentais para uma vida equilibrada. Só que precisam ser combinadas. Quando a vida tem muito amor, mas às custas da verdade, pode ficar insossa, ilusória. Quando a vida tem muita verdade, com pouco amor, pode tornar-se ofensiva, até mesmo venenosa.

    A combinação dos dois gera um bom tempero e proporciona um gosto de vida melhor. Jesus certa vez falou "tenham sal em vocês mesmos" *. Ele pode não ter dado uma fórmula química, mas certamente deu uma ótima combinação para não tolerarmos o que não pode permanecer errado, e praticar a tolerância com o que precisa de mais tempo. Sal no ponto.


    Fácil não é - como salgar comida, também. O que não nos impede de tentar sempre. Porque você sente logo: comida bem temperada e vida com amor e verdade têm bem outro sabor.


    Fonte da imagem

    *Evangelho de Marcos, 9.50.

    sexta-feira, outubro 13, 2006

    No centro


    A Ulbra TV chega ao centro do Estado. A partir do dia 17 de outubro, também os Santa-marienses vão poder ver diferente. E também vão poder levar pro seu dia um Toque de Vida.

    Com a inauguração desta nova retransmissora, a Ulbra TV passa a atingir 4 milhões de pessoas, perto de 35% da população gaúcha.

    Bem vindos!

    Fonte: ACS Ulbra

    Update: O Claudemar Teichmann, de Rondônia, nos informa que ele e muita gente pelo Brasil assiste à Ulbra TV via satélite, através da antena parabólica. Mas que beleza!

    Como fazer igual a eles? Satélite Pas 1r, 45° W.