dura quanto?

Você já conhece o chavão, “tudo o que e bom dura pouco”. Mas dá pra confiar mesmo nele? Vejamos:

*Vida – Viver é bom, não é? E olha que dura um bom tempo.
*Sol, ar, natureza – fonte de energia, calor, vida. São muito bons. Duram dias, semanas, anos - apesar da insistência de muitos em quererem destruí-los. *Conhecimento – algo muito bom, que ninguém nos tirar e que dura por toda a vida.
*Fé – presente mais do que muito bom, dado por Deus. E que dura muito tempo, a não ser que a deixemos de lado.
Tem mais algum exemplo aí? Tenho certeza que sim.

E pense ainda nisso:
_Chocolate é bom. Mas tente comer várias barras seguidas.
_Lasanha e pizza, boas igualmente. Mas e se comermos muito?
_Esporte é bom. Mas se durar muito tempo seguido?...

Pensando nisso, é possível concluir pelo menos que:
* Tudo o que é bom dura o tempo suficiente para continuar sendo assim.
* Existem, sim, coisas muito boas e que duram muito tempo, mas nem sempre abrimos os olhos para enxergá-las e as valorizar.
*Algumas das coisas que dizermos ser bom e durar pouco, na verdade tem conseqüências bem ruins. Abra o olho com elas.

Por fim, só há uma coisa que é muito boa, não tem limite de quantidade e dura muito: o amor de Deus. Com este presente insubstituível, você vai experimentar o que é algo bom que dura para sempre.
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça