Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Lei e Graça

Você ouve um discurso cristão e ele soa como uma cartilha completa do como agradar a Deus.
Você ouve outra palavra cristã e ela desenha somente o cenário de tudo o que não se deve fazer, para não desagradar a Deus.
Você ouve mais comunicações cristãs e pensa que está ouvindo somente o decálogo de como ser moderno, socialmente aceito e ligado ao que há de melhor e mais tolerante, apenas se seguir aquelas regras que ali constam.
Ao contrário do que possa parecer, na verdade, pregações como esta, e muitas outras, não são cristãs. Ou melhor, sendo mais preciso, cumprem apenas parte do que prevê a comunicação bíblica.
A parte que elas cumprem, tem o nome de Lei. Isto se refere a todas as cobranças, imperativos, condenações e determinações que a Bíblia apresenta. E não são poucas. Mesmo que se pegue apenas o Novo Testamento (que, no imaginário popular, não tem lei, ao contrário do Antigo), imperativos e leis não faltam. Começando com o resumo da Bíblia inteira, dada pelo próprio Cristo: “Amarás…

Seleção de vozes para O Filho Prógigo

Imagem

Fé e obras

Imagem

Doutrinação na sala de aula

por Marcos Schmidt Em entrevista no Jornal do Almoço da RBS, o professor de Educação da UFRGS, Fernando Becker, respondeu que “as religiões deveriam se preocupar muito mais em fazer evoluir as suas crenças, mas o que a gente vê são adultos professando crenças infantis”. O assunto foi o projeto de lei para ensinar o criacionismo nas aulas escolares de ciência. Também acho que o projeto é um equívoco já que a afirmação “Deus é o Criador” está no âmbito da fé. Por outro lado, isto abre o debate para tanta coisa na escola que deveria ficar na área da ciência, mas virou “religião”.A exemplo da pregação desse professor, de “fazer evoluir as crenças”, e do deboche que “são adultos professando crenças infantis”. Lembro que no meu tempo do ensino fundamental expressei a fé em Gênesis 1 quando o professor explicou a teoria de Darwin. Não esqueço a risada do mestre e o constrangimento que enfrentei diante dos colegas. Algo parecido com a minha filha ao ser qualificada de homofóbica pelo professor…

Palavra e Igreja

Imagem

Aelbra e ULBRA em apoio à liberdade religiosa no Brasil

Imagem
Gestores reúnem-se com líderes religiosos e com o governo federal Tendo como mote o apoio à votação do texto do Projeto de Lei 1219/2015, que cria o Estatuto Jurídico da Liberdade Religiosa no Brasil, o reitor da ULBRA, Marcos Fernando Ziemer, o presidente da Aelbra, Paulo Augusto Seifert, e o capelão geral, pastor Lucas André Albrecht, estiveram presentes em várias audiências, ao longo desta quarta-feira, 17.6, em Brasília. Essas atividades foram realizadas junto à coordenação da Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE), líderes religiosos, representantes de diversas religiões, agências missionárias e organizações educacionais confessionais com os líderes da Câmara dos Deputados Federais e do Senado Federal, além do vice-presidente da República, Michel Temer.

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha, ao receber a comitiva, de imediato, determinou a criação de uma comissão especial para que o trâmite do Projeto de Lei seja feito de uma forma mais célere. O vice-presidente elog…

A Favor

Olhe para a lista abaixo e, para cada descrição, veja se não vêm à mente, rapidamente, nomes que você conhece. -Fulano é do tipo que quase nunca sorri.
-Fulana é tipo de pessoa sempre atrasada. 
-Aquela pessoa é sempre a primeira a colocar defeito.
-Aquele que sempre tem uma resposta pra tudo.
-A pessoa que não aceita criticas. A lista poderia ser grande e, para cada item, lembraríamos de um rosto. Agora, pense o quão limitada e limitadora é esta nossa tendência, de definirmos e reconhecemos pessoas por um único atributo. E, não raramente, um atributo ruim. Não sabemos como a pessoa é em casa, com amigos, em eventos, em outras situações. Não prestamos atenção em suas outras qualidades. Está dado o rótulo e é assim que ela será reconhecida. É ruim, não há dúvida. Mas, simplesmente, não conseguimos evitar. Pelo que você quer ser conhecido? Por ser o que logo se irrita, logo tempo opinião contrária? Logo não concorda? Logo grita? Logo fica magoadinho? Ser aquele do sobrenome encrenqueiro – “…

Unidade

Imagem

Conhecimento e fé

por Fernando Garske
Você já ouviu alguém dizer que “fé é coisa de gente sem instrução”?
Richard Dawkins, por exemplo, disse certa vez que a falta de informação é que leva pessoas a recorrer à religião. Para ele, como para muitos outros, fé e conhecimento são inimigos irreconciliáveis. De fato, religiosidade fanática e supersticiosa não se mistura com o saber. São como água e óleo. Mas o que dizer do zelo que a fé cristã historicamente tem demonstrado pela educação?
Jesus deu aos apóstolos a ordem de fazer discípulos batizando e ensinando. (Mateus 28. 19,20). Os pais eclesiásticos cedo introduziram o sistema de Catequese. Martinho Lutero, ao se defrontar com uma Alemanha de analfabetos, que não podia ler a Bíblia, escreveu: “Aos conselhos de todas as cidades da Alemanha, para que criem e mantenham escolas”. E aos pais desmotivados em enviar seus filhos à escola: “Uma prédica para que se mandem os filhos à escola”. Nos Estados Unidos, preocupado com a educação cristã dos jovens, o pastor …

Oração

Imagem