segunda-feira, janeiro 29, 2007

Congressão e férias

Aproveitando a passagem aqui por um Cyber café de Floripa, aproveito para deixar um oi também.

O Congresso Nacional de Jovens Luteranos em Joinville, SC, foi excelente. O Conselho Geral, responsável pela organização, mandou muito bem e vai ser difícil achar um dos 1035 jovens que não tenha gostado.
Assim que der, posto umas fotos por aqui.

Um dos pontos altos foi o documentário dos 80 anos da Jelb (Juventude Evangélica Luterana do Brasil), trabalho de conclusão da super competente presidente, Aline Koller, aliás, agora ex, já que o Thiago de Brasília assumiu pelos próximos dois anos. Um vídeo pra emocionar e pra guardar na estante.

E, para mim, um dos pontos altos foi cantar com a galera, no sábado à noite, "Começo sem fim", a música tema do Encontro. Inesquecível!

E, agora, pintou Floripa, até o fim da semana. Um lugar realmente estonteante.

A gente se vê!

quinta-feira, janeiro 18, 2007

Dívida


A matéria do Terra diz que Renne Senna, o ganhador de 51 milhões de reais em 2005, e que foi assassinado há alguns dias, fez um empréstimo para comprar uma fazenda.

Dá pra acreditar? Sei, ele só conseguia sacar em pequenas partes o dinheiro investido, como alega o advogado. Ou é síndrome de brasileiro que adora ter um conta para pagar.

Notícias como estas me fazem aumentar a aposta naquele velho chavão. Muitos ainda preferem dizer que dinheiro manda buscar felicidade e que "quem diz que dinheiro não traz felicidade, é porque é pobre/não sabe o endereço da loja/tem muito/...".

Mas a vida se encarrega de mostrar que o dinheiro nem sempre nos livra das dívidas materiais. E nunca nos livra daquelas que não deixam o coração dormir tranquilo.

terça-feira, janeiro 16, 2007

Definição

Um ateu é aquele que crê que Deus não existe.

Recall

Você compra um carro e ele apresenta defeito. A fábrica, então, faz um recall.

O que você faz? Senta e lamenta o resto da vida a má sorte, o erro do funcionário, a &¨%¨# da fábrica, ou vai lá, troca, e fica feliz com seu carro com tudo certo?

Algumas coisas na vida são mais importantes que carros. Ela têm a ver com a essência. Só que há peças com defeitos, o que é inato a cada ser humano - você conhece alguém que não tenha? E por isso, não faltam supresas e dificuldades para dirigirmos e acertar.

Pois é, mas e agora, o negócio é sentar e chorar a má sorte? Reclamar da vida? Tentar achar quem é o culpado de fazer com que você seja este pobre e azarado ser humano?

Não creio. Um carro custa dinheiro, tá certo, mas é um carro. Dá até pra viver sem. Se por ele a gente seria capaz até de mover um processo para tê-lo inteiro, porque às vezes aceitamos uma vida pela metade? Um casamento mal acabado? Um relacionamento familiar esperando o recall? Um vício destruindo nossá máquina da vida?

A culpa não é do Fabricante. Errar é humano, não Divino, mas mesmo assim Ele fez o recall. Em Cristo, ele quer consertar cada modelo defeituoso, todo aquele que não se julga são, mas suficiente humilde para reconhecer a necessidade deste reparo. E é mais do que um simples retoque, é uma geral. Pra viver a vida certo, tunado, pronto para seguir caminho. Afinal, de nada vale estar na estrada certa se ficarmos sentados ou parados nela.

Este recall é diário e não custa nada. Então aproveite, antes que o mais importante em sua vida - mais importante mesmo, essencial - estrague, se perca, vire ferro-velho. Com tanta oportunidade à mão não é preciso se arriscar a ficar empenhado no meio da estrada.

sexta-feira, janeiro 12, 2007

Estímulo

Não seria preciso procurar muito para fazer um post com gancho em mau estímulo. O ser humano parece sempre conseguir se superar em cavar mais fundo.
O estímulo à fofoca e à bisbilhotice de um BBB; estímulo à irresponsabilidade de um ataque terrorista; estímulo ao medo com assaltos e arrastões.

Mas compartilho um estímulo à superação, com este vídeo incrivel destas irmãs inglesas, cuja referência vi no Querido Leitor. Exemplo de como o mesmo ser humano que toca não só os pés como o nariz lá no fundo, também é capaz de voar muito alto quando prioriza o que há de bom.


E estímulo a pensarmos sempre muito, muito bem, antes de reclamarmos da vida.


segunda-feira, janeiro 08, 2007

Aplaudir

Humildade é algo fácil de querer ter e difícil de realmente praticar. Esquecemos com muita freqüência que a vida é constantemente um jogo de equipe. O artilheiro que faz o gol da vitória e bate no peito, nem sempre lembra que o goleiro impediu o empate, a zaga afastou a bola e o meio de campo fez o passe, além do colega de ataque ter feito o corta-luz.

Um menino chegou em casa e disse para mãe que tinha recebido uma função na peça de teatro da escola.
-É mesmo? Legal, filho! E o que você vai fazer?
-Vou sentar na platéia e aplaudir para incentivar os atores.

Você costuma aplaudir e incentivar aqueles que o cercam? Então sua cabeça está começando a ficar do tamanho certo em que o chapéu da humildade pode caber. Deus, o Maior de todos, já se humilhou até parar numa cruz. Tudo para que nós também tenhamos condições de aceitar os aplausos quando merecemos, e de aplaudir quando os outros merecem.

Isso é humildade. Não tentar ser nem mais, nem menos, mas simplesmente, do tamanho que realmente somos.

quinta-feira, janeiro 04, 2007

Agora vai


Desta vez é quente, já está no ar no You tube o clipe começo sem fim, da Banda da Capela, Hino Oficial do Congressão de Jovens Luteranos.

Confira lá. E comente o que achou aqui.

Sobre o clipe

Você sabe, a esperança é a última que morre. Ainda não desistimos de subir o clipe "Começo sem fim", hino Oficial do Congresso de Jovens Luteranos.

Assim que der a gente divulga o link.

Verdade

Às vezes ouvir a verdade dói. E duas situações específicas me ocorrem agora em que não é bom ouvir "a real".
1. Quando erramos e nos damos conta disso.
2. Quando alguém nos mostra um defeito ou algo que não fizemos bem.

Se alguém olhar esta mensagem de hoje, por exemplo e me disser: “bah, Lucas, tal coisa não ficou legal”, é sempre uma paulada no ego, no orgulho, no amor próprio.

Mas qual a diferença entre alguém que nem conhecemos ou que não gosta de nós ou um amigo nos dizer a verdade?
Toda. Porque no primeiro caso, pode nem ser verdade. No segundo, é alguém que está falando a verdade com amor. Porque tem consideração e carinho pela gente, e quer ver o nosso melhor.

Por isso que quando você se depara com alguma verdade de Deus em sua vida, mesmo que em primeiro momento não goste, no segundo momento, pense melhor. Ele é alguém que sempre quer nosso bem. Então, se ele disser “seja honesto”, “seja gentil, tenha consideração”, ‘use seu corpo de maneira sadia”, “faça ao outro só o que quer que ele te faça”, e tantos outros lembretes, por mais que possa incomodar às vezes, não deixe de ouvir.

É sempre uma palavra de alguém que tem tanto carinho por nós que já nos deu a paz com ele por meio de Jesus. Ele fala a verdade com amor. Para nos ajudar a sermos humildes no ouvir, atentos no porcurar acertar. E verdadeiros no falar.

Até para não gostar desta mensagem. Sem problemas.

terça-feira, janeiro 02, 2007

Começo sem fim

Já está no ar o clipe da música tema do Congresso Nacional de Jovens luteranos.
Demorou, mas subiu!...

"Começo sem fim', de Paulinho B rum e Lucas Albrecht, gravado pela Banda da Capela. É uma produção e execução da Pastoral da Ulbra, com trabalho voluntário da banda e do operador de câmera Diógenes de Moraes.

Confira lá! E volte pra deixar sua opinião aqui!

Update: hum...não deu certo, o vídeo não subiu. Vamos ver se pra amanhã a gente consegue dar um jeito.