domingo, dezembro 31, 2006

Recordar o que virá



E se daqui a 10 anos você for lembrar do ano de 2007. O que vai recordar?
-Mais um ano de conquistas,
-Mais um ano de sucesso,
­-Um ano de fracasso,
-Um ano de derrotas?

Pode ser que sim, mas é bom lembrar. A vida tem detalhes que permeiam os dias e são eles que conduzem em uma destas duas vidas, fracasso ou sucesso. Fim ou recomeço

Como você vai lembrar de 2007?
*O ano em que correu mais atrás de zeros na conta bancária ou de zerar contas emocionais pendentes?
*Os 365 dias em que desistiu de lutar por seu sonho ou em que acreditou que mais alguns tijolos eram necessários?
*O ano em que pisou em muita gente para poder subir ou em que subiu muito por ajudar muita gente a crescer?
*A época em que cultuou somente sua individualidade ou em que valorizou muito as diferenças?
*O ano em que preferiu caminhar sozinho ou em que se atirou ainda mais em fé para os braços de Deus?

Lá em 2017 vai apenas lamentar que está 10 anos mais velho ou vai contar este como um dos anos que o fizeram ficar mais experiente? Será um ano que ficou na memória ou um período que caiu no esquecimento?

Tanta coisa pela frente. Tanta coisa a fazer.

Só não esqueça do principal. Começar o ano com Deus, além de fundamental, é tudo de bom. É poder olhar para trás daqui a um ano e ver a mão dele em cada hora do novo dia. De ver o seu olhar em cada momento de decisão. Ver que a fé nele faz diferença nas horas decisivas da existência. E que um ano novo cheio de paz e prosperidade passa pela escolha entre criar o próprio deus ou entregar-se nas mãos do Deus que nos criou.

Daqui a 10 anos,e ste início de ano será memória. Mas hoje, você ainda está diante dele. Faa com que valha a pena. Faça com que seja melhor. deixe que Deus se faça presente no novo ano. Pois, se daqui a 10 anos tudo for diferente, Deus vai continuar o mesmo. Na fé, te abraçando, cuidando e guardando. E querendo sempre lhe dar um feliz ano novo.

sexta-feira, dezembro 29, 2006

Respire fundo

Quando estão aprendendo a nadar, as crianças precisam perder vários medos. O último, e talvez maior deles, é o do fundo da piscina. Uma coisa é nadar na superfície. Outra é ir até lá embaixo. Que tipo de monstros e bichos lá existem? O medo acaba impedindo de ir até lá e descobrir.

Por isso, alguns pais inventam brincadeiras. Como a do “treinador de baleias”, por exemplo. O filho sobre nas costas do pai, segura em seu pescoço e ambos mergulham até o fundo. Sobem novamente. E assim, diversas vezes, até que a criança aprende a dominar seu medo. Ela já não teme mais.
Por que? Porque seu pai está com ela.

(adaptado de Max Lucado, “Traveling light”, p.85).

Quantos lugares desconhecidos o novo ano terá? Quanto medo nos reserva? Quantas dúvidas?
Não sabemos de tudo. Mas uma certeza temos: não precisamos temer. Porque nosso Pai, pela fé em seu Filho, está sempre conosco.


Diante do desconhecido, respire fundo e mergulhe com Ele. À volta à tona é sempre certa, para respirar vida, felicidade, paz.

Feliz 2007!


quinta-feira, dezembro 28, 2006

Ainda vivo

O ano está quase acabando, mas o blog não, apesar de parecer...

Desculpem a longa ausência, mas essa semana foi uma daquelas em que até pra respirar era preciso marcar hora.

É, tempo e agenda são assim, quando a gente não se impôe, eles tomam conta.


PS: Terça-feira, 02.01.2007, é dia de lançamento aqui no Toque.
O clipe "começo sem fim", música oficial do Congresso nacional de jovens luteranos, vai estar disponível no You tube.
Na Tv, o Toque estréia a música dia primeiro.

Entao, não vá ser o último. Confira!

sexta-feira, dezembro 22, 2006

Especial de Natal

Amanhã, 23.12, na Ulbra TV, a cantata cênica "O Filho Pródigo", na íntegra. A história do amor ilimitado de um Pai por seu filho, na tela da Ulbra TV.

É o especial de fim de ano para o telespectador que quer ver diferente.

Começa às 20h20min. Não perca!



quarta-feira, dezembro 20, 2006

Festa da fé


Se a nossa maior necessidade fosse educação, Deus teria mandado um pedagogo;
se fosse tecnologia, teria mandado um cientista;
se fosse dinheiro, um economista.
Mas como nossa maior necessidade era perdão, amor e vida, Deus nos mandou o Salvador - Jesus.

A Mãe - ficou grávida sendo virgem.
O Pai - abraçou o compromisso.
O Rei - nasce em um estábulo.
A notícia - é anunciada por um anjo.
O sinal - uma estrela no céu.
Os divulgadores - simples pastores de ovelhas.
E esta história - ganhou o mundo.

Meio incrível, não? De fato. É por isso que o Natal é a noite da !

Neste Natal, tudo bem que o papai Noel entre pela chaminé ou pela porta. Mas deixe o dono da casa ser o menino Jesus.

terça-feira, dezembro 19, 2006

No topo


Merece admiração o feito do Internacional no Mundial de Clubes da Fifa, digno do hino rio-grandense, "sirvam nossas façanhas de modelo a toda Terra". Uma vitória espetacular sobre o melhor time do mundo, depois de ter derrotado no torneio continental o então campeão mundial, São Paulo. Os colorados tiveram que acreditar até o fim para poderem, então, contra a maioria dos prognósticos, festejar a conquista. Chegar no topo do mundo futebolístico.

Dá pra fazer uma boa ligação com o que celebramos nesta época. A vinda ao mundo daquele que o salvou. O surgimento da esperança para um mundo sofrido, cansado de esperar, precisando muito de vitória. O menino de Belém torna-se o homem Jesus. E assim como ninguém esperava que dos pés de Adriano Gabiru saisse o gol do título, ninguém esperava que daquele carpinteiro, humilhado, e desfigurado no alto de um cruz, viesse o lance decisivo: "está consumado".

Infelizmente, nem todo mundo sai às ruas com bandeira, alegria no coração, quilômetros de meio-fio pintado e abre alas para Ele passar, como os colorados fazem hoje, em Porto Alegre. Em cima do carro natalino desfila com maior destaque o senhor de vermelho e branco, barba e saco de presentes às costas. Ou meros desejos de boas festas e paz.

Tudo bem, não importa. Assim como o título do Inter ninguém mais pode tirar, será campeão do mundo sempre - como o Grêmio, como o São Paulo, como outros -, o título que o garoto da manjedoura conquistou não tem mais volta. Quem acredita até o fim, leva o título. Não importa a camiseta, com o ingresso da fé Nele, a comemoração será eterna.

Tudo por causa daquela façanha do aniversariante do Natal, que é modelo e caminho certo direto ao topo.


Fonte da imagem

sexta-feira, dezembro 15, 2006

Descoberta e revelação

Foto: ACS/Ulbra

A descoberta do provável fóssil de dinossauro mais antigo do mundo mexeu com o mundo da paleontologia. Mas o Ulbra PVT016 promete ir além. Mudar a história. Pesquisadores do campus de Cachoeira do Sul são destaques mundiais pelo achado e, se tudo for confirmado, alguns livros com data de nascimento mais antiga devem ir para o lixo.

Esta é a crença científica corrente, até novas descobertas serem feitas. Então, mais história será mudada, e nada mais será como antes.

O relato bíblico da criação e também posteriormente não conhecem um período tão longo de existência da Terra, que, só aqui, chega a 200 milhões de anos. Mas há quem pense diferente e, neste caso, todas as inferências realizadas em torno do texto sagrado partem da premissa de que ele não é um livro de ciências, de que não é exaustivo em seus detalhes ou que deve ser interpretado de maneira figurada.

Entretanto para o teólogo, familiarizado com o texto em si, histórica e gramaticalmente, sabe que isso não é possível. O exegeta sabe das possibilidades que tem diante de si, mas tambem dos limites ao lidar com um exemplar que jamais vai para a lixeira.

Por isso, continua a antiga e saudável relação de respeito entre descoberta e revelação. Onde se encontram, se abraçam. Onde divergem, se observam. E sempre falando daquilo em que acreditam.

quinta-feira, dezembro 14, 2006

fundamentalmente

"Um novo templo high-tech ao fundamentalismo cristão deve abrir no meio dos Estados Unidos em maio, com o objetivo de dar a maior resposta à teoria evolucionista de Charles Darwin..."

Este é começo de uma matéria da BBC Brasil reproduzida pelo portal Terra sobre o Museu da Criação. Trata-se de um local nos EUA onde o início do mundo será explicado e retratado conforme o livro bíblico de Gênesis.

Meu comentário pessoal sobre ela é que chega a ser nojento como o colega jornalista Mathew Wells utiliza o termo 'fundamentalista' logo de início, para rotular rapidamente o projeto como algo de gente fanática, passional e com conhecimento limitado - não é neste tipo de contexto que este termo é usado hoje?

É sim. E mostra que temos aqui, fundamentalmente, exposto o preconceito de um profissional da imprensa. Falou em Bíblia, é fundamentalista, é subjetivo, compromete a verdade.

Tudo bem que alguém não aceite, como vai mostrar o empreendimento, que a Terra foi criada em 6 dias e que sua idade é inferior a 10.000 anos. Tudo bem. Mas respeitar não custa nada. Até porque a opinião científica sobre o surgimento do Universo também merece isso, respeito, mas tem a mesma fundamentação que a Bìblia pode ter - acreditar na teoria.
Por pelo menos dois motivos:
_Ninguém consegue repetir o início para provar a hipótes, ou seja, permanece com tal.
_E segundo, porque é característica fundamental da ciência afirmar que a verdade nunca está fechada. A própria existência de Deus, que muitos dizem ser negada pela ciência, na verdade ficaria melhor dito desta forma: "ainda não foi provada". Em ciência, o que hoje é certo, amanhã pode já ter mudado. Quem não admite isto está longe do fundamento científico verdadeiro.

Diferente da Bíblia, que é fundamentalmente a mesma que sempre foi. E não tenha dúvida de que vai continuar. Quando se trata de fundamento, o melhor é consultar logo Quem lançou o primeiro e deu origem a tudo.

quarta-feira, dezembro 13, 2006

quanto tempo?

Fim de ano é 'correria', pressa', 'falta de tempo'. A gente se queixa de que não consegue arrumar tempo pra tudo o que temos pela frente. Adoraríamos ter o poder de auto-concessão de minutos ou horas a mais.

Então, faça de conta que agora você vai pedir e seu desejo será imediatamente atendido. Diga aí: de quanto tempo você precisa? Sério, calcule. Quantas horas, dias ou semanas a mais você quer para fazer tudo o que planeja, pensa ou imagina?


Pensou?

Certo. Agora, vou vou arriscar um palpite. Na verdade, você preencheria todo este tempo extra de novo com mais um monte de coisas e reclamaria da falta de tempo. Não ia adiantar, Seria provavelmente só mais tempo de preocupação e ansiedade. E isso porque muitas dessas coisas que colocamos na frente dos olhos na verdade deveriam estar lá atrás, nas costas. Ocupam tempo e não levam a nada. São as pedras pequenas ocupando o tempo, como diria Covey, e roubando o espaço das 'pedras grandes', importantes, principais.

A maior delas, Deus. Tempo pra Ele sempre são minutos ou horas bem investidas. Já que Ele é o dono do tempo, e dá diariamente exemplo de prioriade - o ser humano, o mais importante, em primeiro lugar - vai ter muito a lhe mostrar. O Natal, que já está pertinho, ensina isso. Deus tirou tempo para estar perto da gente. E para tirar do caminho tudo o que nos impede de viver a vida a favor do relógio, e não contra a parede.

Perto dele o dia ainda continua tendo 24 horas. Mas a vida passa a ter muito mais tempo de jogo.

terça-feira, dezembro 12, 2006

vitória


Amanhã é a estréia do Internacional no Mundial de Clubes no Japão, contra time egípcio do Al Ahly. Mesmo sabendo que um jogo pode ser surpreendente, para mim (mesmo sendo gremista) a vitória do colorado é certa. Dá pra respeitar os adversários, mas n ão dá pra duvidar que os gaúchos têm melhor time.

Mais ou menos como na luta entre o Bem, Deus, e o mal. Ela até acontece, mas já sabemos quem é o mais forte. E quem vence no final.


Fonte da imagem de Abel Braga, técnico do Sport Club Internacional

Update: Acertei minha previsão, mas connvenhamos, um chute um tanto fácil este. Inter 2 a 1.
Agora é esperar pela decisão. Provavelmente contra o atual 'rei" do futebol, Ronaldinho Gaúcho, gremista.

Ou seja, tem Gre-nal neste domingo no Japão.

sábado, dezembro 09, 2006

crime

Pedagoga é morta ao olhar apartamento no RS , destaca a capa do portal Terra.

"A pedagoga aposentada Irene Krey, 56 anos, foi morta ontem ao visitar apartamentos para a compra no bairro Petrópolis, em Porto Alegre (RS). Foi assaltada e morta pelo vigia de um dos prédios, segundo o jornal Zero Hora."

O Pastor Grasel, nosso capelão geral, foi pastor dela por muitos anos, na comunidade luterana do bairro petrópolis, onde ela era membro. O Quique, nosso assessor de comunicação, também participa lá e é amigo da família.

Um fato lamentável.
Deus tenha a Irene. E a cadeia tenha o(s) autor(es) do crime.

sexta-feira, dezembro 08, 2006

aos pés

Estátua mostra Papa sentado no "Trono" do banheiro.

A matéria diz que outras personalidades não escaparam da zombaria e que os visitantes estão gostando.

Brincar com o cristianismo pelo jeito não tem problema nenhum. Mas engraçado que nenhum destes bonecos retrata Maomé ou algum religioso muçulmano.

Pelo jeito, faltou coragem aos artistas. É que, daí sim, poderia sair coisa grande.

olhos abertos

Juang estava louco de irritação, constatando como era infeliz. Seu carro havia estragado, sua gripe piorou. Não bastasse isso, o trabalho só acumulava. E o futebol do fim-de semana, por causa disso, já estava comprometido.
Resolveu então ligar para o primo, Yang, pra ter alguém com quem desabafar.
-E aí primo, como vão as coisas? Alguma novidade sobre a Chang?
-Você nem vai acreditar no que aconteceu com ela! – a voz era de emoção intensa.
-O que? Conta!
-Cantei hoje no hospital, como sempre faço. E sabe o que aconteceu? Ela abriu os olhos e falou meu nome! Não é incrível?

Este dialogo é fictício. Mas poderia ter acontecido para o chinês Yang, da província de Jiangsu, no leste da China, esta semana, conforme esta matéria de o Globo on-line . A mulher dele, Chang, está há 10 anos em coma. Quando os dois eram jovens, uma das coisas que ela mais gostava de fazer era cantar. Desde a doença, com a esperança de despertar a mulher, o marido então aprendeu a tocar teclado e passou a compor e cantar canções para a esposa.
Ontem, logo após ouvir um destes temas, segundo os médicos, ela abriu os olhos e disse “claramente” o nome do marido.

Ela não saiu andando. Não ganhou na mega sena. Não foi promovida. Ela não viajou para o Caribe. Chang simplesmente abriu os olhos de um estado de coma.

Costumamos achar que ser feliz é sentir e não ser de um jeito. Por isso que reclamamos até de unha quebrada; não estamos mais bem... Era um sentimento, não um princípio de vida.

Mas, engano nosso. Felicidade não é um estado de espírito, é uma maneira de viver. Não é senti-la instantânea, baseada em pilulas, bebidas ou prazeres físicos, mas é um ser constante de quem está ligado a Deus. Até em meio à dor. Até em coma. Alguém duvida que uma mãe, quase gritando de dor prestes a dar à luz, está cheia de alegria?

Dor e dificuldade às vezes. Alegria, sempre. Só a voz de Deus para nos abrir os olhos para esta certeza. Para nos fazer ser alegres, somente o som do seu amor.

quinta-feira, dezembro 07, 2006

resgate

O menino de Belém conseguiu. Quando veio ao mundo, conquistou a salvação para a família humana, por meio da fé.

O jornalista de Oregon, James Kim, editor sênior da revista Cnet, infelizmente não. Foi ao mundo para tentar salvar sua família, mas ficou pelo caminho. Um longo caminho, por sinal. A polícia local encontrou seu corpo hoje. A família Kim ficou presa na neve quando se perdeu do caminho, durante a viagem. A esposa e a filha, após 9 dias, foram resgatadas. O pai encontrou seu fim após um esforço sobre-humano.
O fato, segundo a notícia do Terra, comoveu o mundo digital.

James Kim deu a sua vida tentando salvar as pessoas que amava. Um gesto nobre.
Jesus, com sua vida, salvou as pessoas que ama e lhes ofereceu ânimo, conforto e esperança.


Tudo de que mais lembramos agora, no Natal. Tudo de que a família Kim agora mais precisa.

Fonte

Telhado

Quantas vezes por dia você pára pra pensar no telhado que cobre a sua cabeça? Hoje, por exemplo, tinha lembrado de que o que está bem aí acima, protegendo seus pensamentos, garante tranquilidade para suas ações? Talvez por semanas sequer nos demos conta de sua existência - a não ser que não tenhamos.

Já reparou que é assim a presença de Deus? Nem sempre nos damos conta de sua importância, mas Ele está lá. Sempre. Evitando que fiquemos desamparados, desprotegidos, sujeitos ao tempo, ao vento, a tudo. Cuidando para que o sono seja tranquilo e o dia seja seguro. E torcendo para que, ao final dele, deitado, olhando pra o teto, você ao menos diga um 'oi', 'obrigado', 'perdão', ou 'até amanhã'.


Quem nos coloca debaixo deste teto é a fé no Filho. Nos dá proteção, conforto e segurança diários. Impede que moremos numa "casa muito engraçada" que não tenha teto nem nada. A casa do Pai, construída pela graça, tem teto sobre a cabeça, amor sobre a vida e fé sobre o coração.

Game

Fonte da notícia e imagem


O jogo left behind: eternal forces está sendo criticado por alguns muçulmanos. Baseado na série de livros Left behind, que já vendeu 63 milhões de cópias nos EUA, o game mostra a luta de forças cristãs contra os exércitos do Anti-cristo. Grupos ligados ao Islã opinaram que o título retrata o islamismo como o mal e insulta a sua fé.

Eu achei exagero. É só um game, não é sobre o texto bíblico e é a visão de um autor, não do cristianismo.

Mas ultimamente com o brio dos seguidores de Maomé parecendo granada sem pino, vai saber pra que lado os estilhaços vão voar.

terça-feira, dezembro 05, 2006

Conselho

Já há algum tempo eu tinha alguma coisa contra o ditado “se conselho fosse bom ninguém dava, vendia”. Agora eu tenho certeza. Ele não é verdadeiro.

Se conselho não fosse bom, a gente não pedia, não buscava. Não conversaríamos com pessoas de nossa confiança. Não pagaríamos consultas nem procuraríamos instituições de auxílio. Talvez nem assistiríamos à previsão do tempo.

Bom, alguém poderia dizer que, em geral, pessoas e lugares não dão conselhos, apenas nos ajudam em decisões que são pessoais. Verdade. Mas também engano. Quando você vai falar com um amigo e ele diz ”pode falar que eu te ouço”, taí, um conselho. Quando você ouve “é você quem deve decidir”, opa, outro conselho. Quando absorve o relato de vida de alguém que passou pelo que você está passando, torna-se um conselho para a sua.

E você não reclama. Nem eu. Claro, nós adoramos conselhos. Auxílio. Uma luz, uma indicativa. A experiência de quem pode nos transmitir algo de bom. Relatos que podem nos ajudar. Não os do tipo “eu, se fosse você, ...”, porque ninguém nunca vai ser. Mas os recados e apoio de pessoas que querem nosso bem, gente que pode mesmo nos ajudar, estes não rejeitamos. Abraçamos com todo o nosso ser.

Por isso que a Bíblia também os tem. “Entregue seu caminho ao Senhor, confie nele, e o mais Ele fará”. Jesus aconselhou: ” Venha a mim, vocês que estão cansados de carregar suas pesadas cargas. Eu lhes darei descanso”. Conselho é bom e tem que dê de graça, sim.

Quer um? Aproveite. Se conselho não fosse bom, perderia a clientela. E os melhores são os sem preço. Os que não vendemos de jeito nenhum.

segunda-feira, dezembro 04, 2006

sem preço

"Amigo não se compra", diz o chavão, "se conquista". Mas alguns estão querendo colocá-lo à prova. Amigos estão sendo vendidos para quem quer aumentar sua popularidade em sites de relacionamento pessoal.

Houve uma época encontrar um amigo era ter um tesouro. Para os idealizadores do fakeyourspace, é só o equivalente a R$ 4,3 mensais.

E pensar que muitos não preferem - de graça - a companhia de um Amigo que não tem preço...

No entanto, ele está sempre por perto. Oferecendo a amizade que não se compra nem se conquista. É presente.

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Animais

Assista a este vídeo. Não deixe de olhar.

Achei-o espetacularmente bem bolado.




Se precisar, leia nos comentários a tradução da frase final.

edição de notícias

Hoje foi o dia em que o Papa orou voltado para Meca. Ele já havia dito que o Deus dos cristãos e dos muçulmanos é o mesmo.
Hoje faz um ano que a Dje e eu entramos em nossa casa. Dentro das necessidades básicas do ser humano uma delas tentar ter um teto sem aluguel sobre sua cabeça.
Esta sexta-feira foi o dia mundial do combate à Aids.
Dia de se preparar para o vestibular da Ulbra, amanhã, em todo o pais.
Época de se dar conta que "dezembro já está aí'. Levante a mão quem ainda não pensou ou disse o chavão, "já fim do ano de novo?", ou uma de suas variáveis.

Não sei que 'hoje foi dia de que' aconteceu em sua vida. Incomodação no trabalho, telefone que não parou de tocar. Gente incomando você ouvocê incomodando gente. O gerente do outro lado da linha, imbecis do outro lado da rua. Ansiedade atrapalhando o pensamento. Não sei.

Mas olha, não precisa estar na primeira página para ser importante. Não precisa viar 'viral' pra ser legal. Não precisa ganhar prêmio pra ter valido a pena. Basta que você se dê conta que cada notícia do seu dia compõe o jornal da sua existência. Que cada imagem captada ilustra o quanto é bom estar vivo. Cada opinião emitida pode tranformar, se não o mundo, o mundo de alguém. E cada comentário ouvido pode ajudar a refazer muito do que estava dando errado.

É a sua vida. É o presente de Deus para hoje. Para sempre. Para você não se importar tanto com o número de leitores, apenas continuar cativando pelo menos os que lhe são fiéis. Esses, eu garanto, se interessam por cada manchete. Lêem cada notícia. Não trocam você por nada.

E já estão esperando a edição de amanhã.

Voltado para quem?

Fonte da imagem: Terra.

As notícias de hoje mostram que o Papa Bento XVI rezou voltado para Meca. Ela já havia afirmado que o Deus dos cristãos e dos muçulmanos é o mesmo.

Hum..

Respeito e tolerância está correto. Mas abrir mão da própria confessionalidade em prol de outra...é medo?

E um muçulmano, teria um gesto semelhante?

A fé cristã tem pontos cardinais, fundamentais. Tão importante quanto respeitar é ter consciência da linha divisória. Antes que, sem distinguir para que lado reza, o papa ainda acabe perdendo os pontos cardeais.