terça-feira, novembro 30, 2010

Espera

Quando você menos espera, está com o rosto que outros não esperavam ver. Demonstra na face o que está do lado de dentro, mas que talvez não pudesse vir pra fora. No entanto, você é humano. É ser. É sentimento.


Quando você menos espera, não consegue se considerar capaz. Não enxerga um pouco adiante, se perde um pouco no que ficou para trás. Pensa sobre o que parece que não consegue ser, quando gostaria muito de tentar ir além.

Quando você menos espera, se pega em sentimentos que não gostara de alimentar. No entanto, você é humano. Abastece a fogueira que normalmente tenta apagar. Se abate, se esconde. Desanima. Confessa não conseguir falar.

Então, quando você menos espera, quem menos você espera aparece com a palavra que você já estava a esperar. Talvez até sem saber, mas que o seu coração muito queria escutar.

Quando você menos espera, a espera acaba, a palavra chega, o desânimo evanesce. A solidão não consegue mais ficar. Parece que sua face ganha novo contorno, parece que o seu rosto volta a brilhar. Talvez não no mesmo instante, mas não distante de começar a mudar. Pensar no que está ao alcance, no que está adiante, no que nunca vai mudar.

Pode ser um amigo, um colega, um conhecido. Quando menos se espera, esta palavra terapêutica pode chegar.

Deus envia pessoas, envia amigos, envia palavras de um presente bom. Podemos esperar sempre, sem nenhuma surpresa, sem resistência nem defesa, que Ele sempre vai encontrar o jeito de agir. Ele fala ao coração o que necessita e até o que nem sabia que iria precisar. Pela fé ele age a Seu tempo, fazendo sua Palavra terapêutica atuar.

Quando menos se espera. E quando mais queremos ver chegar.

Concerto de Advento

Arte, música e a celebração do período natalino. Neste domingo, 05.12, as Comunidades Luteranas São Paulo, de Canoas (Celsp) e Concórdia, de Porto Alegre, trazem novamente esta oportunidade com o Concerto de Advento na capital gaúcha. O evento será na sede da Comunidade Concórdia, na Rua Lucas de Oliveira, 894, Montserrat. O repertório apresenta desde Handel e Vivaldi até as canções natalinas tradicionais. Participação do Coro Sacro da Ulbra, Coro da CELSP e Coro da Comunidade Concórdia. Os solistas convidados são Suelen Scholl Matter(soprano) e Jean Regina(tenor). A apresentação inicia às 20h.



Comunidade Concórdia recebeu o Concerto de Advento em 2009

No domingo 12.12, a segunda oportunidade de conferir a apresentação é na CELSP(Comunidade Evangélica Luterana São Paulo), mantenedora da Ulbra, no centro de Canoas (Fioravante Milanez, 206). O Concerto, que também inicia às 20h, traz a alegria das canções e do período natalino à Comunidade canoense.





CONCERTOS DE ADVENTO 2010
Regência Geral: Maestro Rev. Paulo Brum
Coral da CELSP: Maestros Ângelo Elicker e Vaneska Ratund
Coral Concórdia: Maestro Paulinho Winterle
Orquestra Sacra e Coro Sacro da Ulbra: Rev. Paulo Brum
Solistas: Suelen Scholl Matter (soprano), Jean Regina (tenor)
Narração: Rebeca Kunzendorff e Samuel Bierhals
Direção Artística: Paulinho Winterle
Roteiro: Paulinho Winterle, baseado na “Pequena Antologia do Natal”, de Leo Krey

You tube - Mentiras

“Mentiras”, mensagem do Rev. André Muller.



Assista agora, no canal da pastoral

sexta-feira, novembro 26, 2010

Concertos nas Comunidades - temporada 2010

É neste sábado, 27.11, a próxima oportunidade de conferir a Orquestra Sacra da Ulbra na série “Concertos nas Comunidades”.

Comunidade Concórdia sediou um dos Concertos de Advento em 2009.

O concerto desta vez será na Comunidade Luterana Concórdia de Porto Alegre, a partir das 20h. No repertorio, obras de Handel, Porcel, Mozart, Bach, entre outros. Participação de solistas convidados e do Coro Sacro da Ulbra.

Neste sábado, 27.11, à 20h, na Comunidade Concórdia (Lucas de Oliveira, 694, Montserrat).
A entrada é franca. Se você estiver por perto, não deixe de conferir!

com quem

A certa altura, as crianças aprendem a andar. Lá por perto dos 10 meses, um ano de vida. Talvez um pouco antes, um pouco depois. O fato é que engatinham, depois tentam se firmar, caminham com auxilio... até que já podem sustentar-se em suas próprias pernas.


Ou seja, em menos de 2 anos, um ser humano consegue aprender a andar.

Já aprender para onde andar, pode levar uma vida toda.

É possível passar 10, 20, 50 anos sabendo andar, mas sem certeza, sem convicção, ou até sem noção nenhuma de para onde seguir. Desorientação profissional, sentimental, relacional. E a pior de todas, existencial. A insegurança natural de cada um pode levar a pensar com freqüência se estamos indo para o lugar certo. Ou mesmo se existe um lugar para ir.

Aprender a andar é uma coisa. Aprender para onde andar, é outra.

Por isso, é fundamental saber com quem andar.

Aquele que nos ensina a andar, nos sustentarmos em nossas próprias pernas da fé, caminhando com segurança, no ensina também para onde ir. Ele é o caminho. Seguindo por Ele e com Ele, sabemos que estamos indo na direção certa. Seguimos pela vereda de princípios e convicções, amor. Salvação, paciência, cuidado. Arrependimento, perdão, vida nova. Principalmente: de sentido para a caminhada. Por isso Ele, Jesus Cristo, é o melhor ‘com quem’ que vamos encontrar, seja o tempo que pela vida ainda vamos andar.

Aprender a andar é uma coisa. Aprender para onde andar, é outra.

Saber com Quem andar une os dois com perfeição.

quinta-feira, novembro 25, 2010

Agradecer

Você pode agradecer sua família, pelo suporte, carinho, amor, cuidado. Até pelas crises, que ajudam a crescer. Seria muito importante.

Mas estaria incompleto.

Você pode agradecer seu patrão, chefe ou colegas de trabalho, pelas oportunidades de aprender, crescer, contribuir. Ou de simplesmente poder trabalhar. Seria importante.
Mas estaria incompleto.

Voce pode agradecer aos amigos pelos dias de alegria, as noites de companhia, as horas de compreensão, coração receptivo. Seria um gesto emocionante.
Mas estaria incompleto.

Você pode agradecer pela natureza, pelo sol, ar, agua, vegetação, vida. Seria uma lembrança importante.
Mas estaria incompleta.

Voce pode agradecer aos professores e colegas pelas horas insubstituiveis de aprendizado, convivência e troca de experiências. Seria uma atitude e tanto.
Mas ainda estaria incompleta.

Você pode, então, agradecer a Deus pela sua família, por ter lhe dado amigos, por ter proporcionado trabalho; por ter criado a natureza, mostrado toda a beleza da vida, ter dado de presente a fé. Pode reconhecer que de Suas mãos tudo nasce, tudo provem. Ele sustenta toda a forma de vida, ama a cada ser humano como coroa de sua criação. Você pode agradecer por muito, por tanto, por tudo. Principalmente, por Ele fazer você ser quem você é.

Um gesto vibrante, verdadeiro, de uma vida que responde ao amor com gratidão. Este sim, um gesto completo.

Porque é um gesto de fé.

Concertos - Orquestra e Coro Sacro da Ulbra


Sábado, 27.11, acontece mais um concerto da Orquestra Sacra da Ulbra na série “Concertos nas Comunidades”.

Desta vez, quem recebe o evento é a Comunidade Luterana Concórdia de Porto Alegre, a partir das 20h. No repertorio, obras de Handel, Porcel, Mozart, Bach, entre outros. Participação de solistas convidados e do Coro Sacro da Ulbra.

Sábado, 27.11, à 20h, na Comunidade Concórdia - Rua Lucas de Oliveira, 694, Bairro Montserrat.
A entrada é franca. Se você estiver por perto, vale a pena conferir!

terça-feira, novembro 23, 2010

“Planos não passam de boas intenções, a menos que imediatamente se transformem em trabalho duro.”





(Peter Drucker)

segunda-feira, novembro 22, 2010

Concertos nas Comunidades - Orquestra e Coro Sacro da Ulbra

Sábado, 27.11, acontece mais um concerto da Orquestra Sacra da Ulbra na série “Concertos nas Comunidades”.

Desta vez, quem recebe o evento é a Comunidade Luterana Concórdia de Porto Alegre, a partir das 20h. No repertorio, obras de Handel, Porcel, Mozart, Bach, entre outros. Participação de solistas convidados e do Coro Sacro da Ulbra.

Sábado, 27.11, à 20h, na Comunidade Concórdia - Rua Lucas de Oliveira, 694, Bairro Montserrat.
A entrada é franca. Se você estiver por perto, vale a pena conferir!

Lutar

“Quando eu era criança, eu sofria bullying de um rapaz mais velho na escola. Ele me obrigava a lhe dar meus 5 reais que tinha para o lanche. Um dia, decidi que não iria mais aceitar, iria lutar contra aquele abuso. Falei com um amigo que lutava caratê e pedi algumas aulas. Só que o professor de caratê disse que eu teria que começar a pagá-lo 5 reais por lição. Então, parei com as aulas e simplesmente continuei a dar o dinheiro para o cara do bullying.”

Algumas pessoas acham mais fácil simplesmente se acomodar ao que incomoda do que aprender como lutar contra, vencer. Pode parecer estranho, mas às vezes somos tentados, como alternativa menos pior, a aguentar o incômodo do que reunir forças e motivação para lutar.

Lutar contra nós mesmos é, talvez, a batalha mais difícil que existe. Ir contra o desânimo, egoísmo, indiferença, desmotivação, exige muito. Frequentemente vencemos muitas guerras ‘lá fora’ e perdemos a batalha mais importante ‘aqui dentro’.

Por isso, precisamos Daquele que deu sua própria vida para vencer o que, por nós mesmos, seria derrota sempre. Com isso, nos deu as forças para levantar, aprender, lutar. Jesus Cristo estende a mão ao nosso coração gratuitamente, nos ensinando o que precisamos para seguir em frente com vontade de vencer. E por isto não precisamos pagar. A aula é grátis, todos os dias.

Viver esta fé, para muitos, pode parecer estranho. Mas antes diferente e não acomodado do que acomodadamente “normal”.


Fonte da ilustração

sábado, novembro 20, 2010

Santificação - mensagem

Mensagem dirigida à comunidade da Celsp capela da Ulbra, Canoas, RS.
Pastores Marco Antônio Jacobsen e Paulo Brum.



Parte 1




Parte 2



Parte 3



Jovens luteranos realizam programação especial

Escreve Josias Cavalcante, presidente do Distrito de Jovens Luteranos do Vale do Gravataí (Digra), com um recado para os leitores do Toque de Vida:

“Pastor Lucas:

No dia 20/11 (próximo sábado), teremos um evento especial dentro do Congresso de Jovens do Vale do Gravataí. Vamos distribuir bíblias, saindo da Ulbra até uma praça do bairro parque universitário. Serão 300 exemplares distribuídos gratuitamente aos moradores. Na praça, haverá atendimento para a população: exames, atendimento odontológico, distribuição de ramos de árvores. Também teremos “SOS pela vida”, projeto missionário da Celsp que oferece gratuitamente livros de conteúdo cristão.

O evento faz parte do congresso distrital de jovens, mas estamos chamando participação de todos para este ato especial - uma forma bacana de levar a mensagem do amor de Deus até as pessoas.
Pode nos ajudar a divulgar?

Sábado, 20.11, às 16h, começa a passeata a partir da Ulbra.
Mais detalhes:
Pres. Josias – josias_live@hotmail.com  
Conselheiro, P. André Muller – pymade@gmail.com

sexta-feira, novembro 19, 2010

Fantasia

Uma festa a fantasia pode trazer muitos motivos de diversão. E ao menos um motivo de reflexão.


Em ocasiões como estas, há a oportunidade de se divertir por algumas horas sendo algo que não se é. Mostrando algo que não é seu. Deixar acontecer da porta pra dentro o que talvez não seria feito da porta pra fora. E, desde que realmente fique lá dentro, e desde que brincadeiras com limites, nada errado em si. Ruim mesmo é quando as máscaras são vestidas por mais do que duas horas de música e diversão. Quando o que se vê de alguém não é o que realmente a pessoa é.

A web é um exemplo. Virou o cenário virtual de grandes festas a fantasia. É possível escrever o que se quer sem a preocupação de ser quem se é. Ambientes de trabalho, familiares, relacionais, não raramente também são bailes de máscaras, onde o que acontece mesmo está longe dos olhos, causando frieza, indiferença, dor. Até mesmo comunidades religiosas, por vezes, podem abrigar encontros de aparências, fazendo com que a essência seja deslembrada, ignorada, não convidada para ficar.

Quando Jesus Cristo assumiu a forma humana, não vestiu uma máscara. Assumiu uma condição. Ele se tornou homem para trazer aos homens, e mulheres, e todos, a oportunidades de viver a essência, sem precisar se esconder. Pela fé, todos são filhos, salvos, amados. Seguros. E próximos, companheiros, irmãos. Todos festejando sem máscara, sem medo, com alegria, a vida vivida com o rosto na rua, o riso na face, o coração transparente. E até mesmo a cara a tapa, se por acaso necessário for.

Um jeito de viver que não é mera fantasia. É o esforço por ser o que realmente se é.

Cuando toda va bien

La iglesia, la vida en fe, la Palabra de Dios, muchas veces se compara a un sanatorio. En los momentos difíciles, de enfermedad del alma, allá se encuentra un pronto atendimiento de emergencia a donde se llama para pedir al médico más grande que cure, alivie, sane, liberte.

En las horas difíciles, al natural buscamos a Dios. En las horas buenas, también es hora de al natural buscar Su presencia. Vivir la alegría, todo saliendo bien, acertando en las decisiones. Andar con alegría en los días buenos en la presencia de Aquel que no tan sólo es el médico de emergencia, pero también el doctor de prevención, cuidado, del buen pronóstico.

Si así no fuera, tendríamos que aceptar la posible critica de que Dios, religión e Iglesia solamente serian necesario en países con dificultad. Pues en aquellos donde hay más desarrollo e igualdad social, la vida es mas tranquila, y la tendencia de que la fe de apoco se deje a según plan. Los cristianos podrían ser acusados de promotores de la miseria y dificultad, pues solamente así tendrían oportunidad para divulgar el numero del sanatorio.

La tendencia seria pensar: “cuando todo está bien, ¿para que Dios?

Sabemos la respuesta. Porque el ser humano continua necesitando del Salvador Jesús. Vivir la gratitud y alegría de esta con Él. Cuando todo está bien, con todo en plomo, organizado, la felicidad a millón, permanecemos dependientes de la gracia, amor y cuidado. Siempre, todos los días, estar con Dios es necesario y vale la pena.

En las horas malas, en las horas buenas. Y en las horas muy buenas.



Traducción:
Rev. André Luiz Müller
Pastor en la Congregación Luterana ‘San Pablo’ ,
Canoas, RS, Brasil

Concertos nas Comunidades 2010

Sábado, 27.11, acontece mais um concerto da Orquestra Sacra da Ulbra na série “Concertos nas Comunidades”.

Comunidade Concórdia sediou um dos Concertos de Advento em 2009.

Desta vez, quem recebe o evento é a Comunidade Luterana Concórdia de Porto Alegre, a partir das 20h. No repertorio, obras de Handel, Porcel, Mozart, Bach, entre outros. Participação de solistas convidados e do Coro Sacro da Ulbra.

Sábado, 27.11, à 20h, na Comunidade Concórdia - Rua Lucas de Oliveira, 694, Bairro Montserrat.
A entrada é franca. Se você estiver por perto, vale a pena conferir!


Sobre a série de Concertos

O encontro de 3 amigas: Arte, Cultura e Reflexão. "Pode haver espaço mais adequado para reunir estas três do que o ambiente da Igreja?", pergunta o Maestro e Pastor, Rev. Paulo Brum. Ele já sabe a resposta. Por isso, criou e lidera com a Pastoral de Música da Ulbra o projeto “Concertos nas Congregações”. Sob sua regência, a Orquestra Sacra da Ulbra faz apresentações didáticas em congregações da grande Porto Alegre. São concertos para familiarizar as pessoas, aproximá-las com os diversos discursos musicais, suas linguagens e sonoridades. Outro objetivo é dar uma noção da importância e benefícios desse tipo de música em termos teológicos, musicais, terapêuticos, emocionais, históricos, sociais, culturais e artísticos. “É uma forma de estimular a música sacra erudita nas congregações, de uma forma didática e com repertório bem diversificado”, relata o Rev. Brum.


A Orquestra Sacra da Ulbra surgiu há 2 anos, reunindo músicos luteranos da grande Porto Alegre na capela da Ulbra. Todos são voluntários e tocam pelo prazer da arte e pelo objetivo da Missão. Nesta série de concertos, o grupo proporciona aos ouvintes ouvirem composições sacras barrocas e clássicas, aprenderem mais a respeito de cada composição e apreciarem mais plenamente cada obra. Conduzindo os instrumentistas, o Pastor Paulo Brum testemunha a grande interação que acontece com o público presente aos eventos e as diversas reações positivas ao final do espetáculo.


Manifestações que dão a certeza: vale a pena estar presente para ver e apreciar estas três amigas se encontrarem.


quinta-feira, novembro 18, 2010

O futuro

Assim fica fácil.

Para prever que um casamento poderá acabar em divórcio – no caso, do príncipe da Inglaterra - , não precisa ser entendido em muita coisa, nem receber qualquer tipo de revelação. Basta ter olhos e saber ver a realidade.

As estatísticas, por exemplo, do número de divórcios. Ou do número de casamentos – quanto mais casais, mais chances de separações. Ainda, por conhecermos as dificuldades de todo relacionamento; por sabermos como é o ser humano. Ou simplesmente pelo fato de que prever que algo poderá dar errado é uma ciência quase exata.
Assim fica fácil.

Mais fácil ainda é prever o futuro com a Palavra de Deus nas mãos. Aí, não tem erro mesmo. “Ele não permitirá que os teus pés vacilem”, diz o Salmo 121. “O meu futuro está em tuas mãos, tu diriges a minha vida”, diz o Salmo 16. “Bem aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus”, Jesus Cristo, em Mateus 5. “Estarei convosco todos dias”, Jesus em Mateus novamente, 28. “Sê fiel até a morte e te darei a coroa da vida”, Apocalipse 2. Muito fácil. Porque são promessas de Deus. Sempre vão acontecer.

Fundamentados nisto é que podemos prever o futuro do jeito mais difícil – mas certo: fazendo com que ele aconteça. Lutar pelo casamento. Valorizar a família. Não ceder ao mais fácil, - que muitas vezes é o mais perigoso -, Fidelidade. Respeito. Carinho. Falar coisas boas. Crer. Amar. Sem esquecer de que tudo está nas mãos Dele. Isto é olhar para a frente tendo uma noção muito precisa do que vai acontecer.

Assim não é fácil, sabemos. Mas é seguro.
É adentrar o futuro sem medo de se perder.

sexta-feira, novembro 12, 2010

Lugares escondidos

“Um amigo, por causa do trabalho, fazia muitas viagens ao Japão. Apesar de saber da honestidade dos funcionários do hotel em que costumava se hospedar, por precaução ele sempre escondia sua câmera digital. Pensava, “é melhor não facilitar”.

Um dia, saiu com muita pressa e a esqueceu em cima do bidê. Ao voltar, viu que ela não estava mais no mesmo lugar. Ficou triste, pois parecia que tinha sido levada. No entanto, logo depois, descobriu que a camareira a tinha colocado no lugar que ele costumava escondê-la...”

Assim somos nós, muitas vezes, com nossos pecados e faltas. Pelo fato de encontramos lugares escondidos onde achamos que os deixamos longe da vista das pessoas, julgamos que estamos vivendo uma vida certinha, onde ninguém pode apontar nada.

Engano. Deus conhece todos estes lugares. Sabe de tudo que tentamos fazer para dissimular. Vê nossa culpa. Mas, muito mais do que isso, Ele nos diz que não precisamos esconder nada. Em Cristo, pelo arrependimento e fé, temos perdão. Podemos jogar fora o que está errado e procurar fazer o que é certo.

Assim, seguimos seguros de que não precisamos esconder nada. Não porque Ele vai achar e cobrar. Mas porque Ele quer perdoar e nos levar a viver em paz, procurando o que é certo, andando em Sua vontade.

Com toda honestidade.


Fonte da ilustração

quinta-feira, novembro 11, 2010

quarta-feira, novembro 10, 2010

com luz

Óculos são importantes instrumentos para quem tem alguma deficiência visual. Auxiliam a enxergar melhor, dando mais clareza e precisão à visão de quem deles precisa.


Mas, e se a pessoa estiver em um quarto escuro? Faz alguma diferença colocar ou não os óculos? Não, nenhuma, pois continuará a não enxergar direito em um ambiente sem luz.


Se vivemos num ambiente sem luz, não há óculos que possa resolver nosso problema. Se andamos com as companhias das trevas, fazemos nossos planos ‘de noite’, exercemos nossas funções em ambientes escuros de podridão, não podemos esperar nenhuma ajuda para enxergar melhor. Nenhuma lente de aumento poderá resolver o problema maior: falta de luminosidade.


“A luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas”, diz o Evangelista João*. Ela veio para clarear não só a mente, mas o coração e a vida. E, infelizmente a escuridão ainda permanece forte, isto é, o que é errado continua a acontecer. Mas isto não quer dizer que ela vai parar de iluminar. Jesus Cristo conquistou para o ser humano um amplo ambiente de luz e paz em sua companhia. Pela fé, nos tira das trevas para que, na Sua presença e direção, tenhamos os óculos certos para enxergar mais. Com Ele, com luz, vemos mais claramente, mais precisamente. E mais longe.

Seja num quarto escuro ou num claro dia de sol.



*Evangelho de João 3.19
“Todo mundo tem o direito de, às vezes, ser estúpido, mas alguns abusam do privilégio.”

terça-feira, novembro 09, 2010

“A única vez em que as pessoas não gostam de fofoca é quando elas são o assunto da conversa.”



(Will Rogers)

segunda-feira, novembro 08, 2010

Do lado certo

Conta uma história que, durante a guerra Civil americana, o presidente Abraham Lincoln encontrou-se com um grupo de ministros religiosos para um café da manhã e momento de oração. Lincoln era um homem de uma fé profunda e, às vezes, também não tão ortodoxa.

A certa altura, um dos ministros disse: “Senhor Presidente, vamos orar para que Deus esteja do nosso lado!”.

Com grande lucidez, Lincoln respondeu: “Não, cavalheiros. Oremos para que nós estejamos do lado de Deus”.

É mais fácil querermos determinar a Deus qual é o lado certo e de que lado Ele deve estar.

Mas é quando estamos em fé incondicional no Filho que encontramos a verdade: do lado Dele está o nosso melhor Lugar.




Fonte da ilustração

Me prende a ter querer

Canção da Banda da capela da Ulbra

domingo, novembro 07, 2010

mensagem: Santificação

Mensagem dirigida à comunidade da Celsp capela da Ulbra, Canoas, RS.
Pastores Marco Antônio Jacobsen e Paulo Brum.



Parte 1




Parte 2



Parte 3

sábado, novembro 06, 2010

Aelca 42 anos

Segue até domingo o 3° Aelca em ação, evento que comemora os 42 da AELCA (Associação Evangélica Luterana de Caridade). Veja o convite em vídeo e aproveite para conhecer um pouco sobre a Instituição.

sexta-feira, novembro 05, 2010

Quando tudo está bem

A Igreja, a vida fé, a Palavra de Deus, muitas vezes é vista como um hospital. Na hora da dificuldade, da doença da alma, está lá o pronto-socorro para onde ligar e pedir ao Médico maior que cure, alivie, sare, liberte.


Não há dúvida de que a Igreja cristã está aí pra isso, também. Mas é muito mais. Ela é a embaixada de Cristo na terra para todos os momentos. Para os ruins, sim. E especialmente bons.

Nas horas difíceis, ao natural buscamos a Deus. Nas horas boas, também é a hora de sermos naturais em buscarmos sua presença. Vivermos a alegria, o tudo dando certo, o acertar em cheio. Andar com alegria nos dias bons na presença daquele que é o médico de emergência, mas também o doutor da prevenção, cuidado, do bom prognóstico

De outra forma, teríamos que aceitar a possível crítica de que Deus, religião e Igreja só fariam sentido em países com dificuldade. Pois naqueles onde há mais desenvolvimento e igualdade social, vida mais tranqüila digamos assim, há uma tendência de a fé ir ficando em segundo plano. E os cristãos poderiam ser acusados de promotores da miséria e dificuldade, pois só assim teriam campo para divulgar o número do seu hospital.

A tendência seria pensar: “Quando tudo está bem, para quê Deus?

Sabemos a resposta. Porque o ser humano continua precisando do Salvador Jesus. Viver a gratidão e alegria de estar com Ele. Quando tudo está bem, com tudo encaixado, organizado, felicidade a mil, permanecemos dependentes da graça, amor e cuidado. Sempre, todos os dias, estar com Deus é preciso e vale a pena. Nas horas ruins, nas horas boas.

E também nas horas ótimas.
 

Day one

When thinking about your life would you like to have a "Day One?" I mean, to have a chance to start over again. Re-do what was done badly or to begin what you never began?


What would you begin with?

…Family...restore what was lost in a relationship? Take back words that were harsh? Speak those words that were left unspoken?
…Work...avoid judging quickly? Stop the rough words? Take back laziness? Eliminate lack of compromise? Give voice to compliments?
...Friendship...make that call not dialed or texted? Listen for comprehension? Take back missed opportunities and give those hugs?
...Career...work on those so-called non-essentials? Make improvements?
…The loved one...give that kiss not given? Forgive without being asked? Offer encouragement? The gesture of acceptance?

I don’t know the size of your list, I don’t know how much you’d like to start over or re-do. But one thing I can assure you: this ‘Day one’ it’s not utopia, it’s not a faraway dream or something out of the reach of our hands. It exists. It may be Today, right now. If you want to make today the day things are gonna change, then probably things are going to change!

I know, this doesn’t happen by magic. It doesn’t mean that if you begin today then tomorrow everything will be completely changed, the answer will arrive, people will start seeing all things differently..But, no doubt that tomorrow, Day Two, little things will be different. Then comes Day 03 and Day 04...soon you'll have the strength to not let it stop.
Jesus Christ changed our life. By faith, assurance allows for all things to be 'made new,' 'to begin again.' When we stand on what never changes - His love, salvation, faith, His care - then we have the strength to make it...Day 01 is more than a wish or a dream - it's our reality.

When you fail, are weak, fall behind where you want to be - ask Him to help. Trust Him Who IS One, The One. His infinite Love and Grace sees you through. Through Him we have the blessing for everything to be different. Continuously.

One day after another.

Aniversário da Aelca

A AELCA (Associação Evangélica Luterana de Caridade) celebra seus 42 anos de atividades com o 3° Aelca em ação. O evento acontece de 04 a 07 de novembro, na sede da entidade. Veja o convite em vídeo e aproveite para conhecer um pouco sobre a Instituição.

quinta-feira, novembro 04, 2010

Porquê

Foram 5 anos e 4 meses. E semana passada, finalmente, retirei por completo o aparelho ortodôntico.


Quem está usando sabe; quem já usou, ainda mais, o que este tratamento representa em termos de incômodo, desconforto ou dor. Mas ele também trouxe uma ilustração interessante.

Quando estamos em tratamento, podemos focar apenas no desconforto, incômodo e problemas que usar um aparelho na boca podem causar, sem enxergar um propósito. Aí, não teria porque nos sujeitarmos a isso por tanto tempo.
Ou então podemos ver que todo o sofrimento e dor têm um propósito, lá na frente: ter a boca arrumada, dentes alinhados, sorriso perfeito. Afinal, é para isso que começamos o tratamento.

Mesmo que haja dor, dificuldade e vontade até de desistir, queremos chegar naquele ponto lá adiante. Dure o tempo que durar.

Dor, incômodo e sofrimento fazem parte da vida. O problema é se não vemos na vida em si nenhum propósito. Se estamos aqui só por estar, sem um porquê e sem um futuro, de fato, não faz sentido. É melhor desistir ou procurar apenas o que, certo ou errado, dá prazer e boas sensações. Mas quando vemos que, em Jesus Cristo, Deus construiu um propósito de vida para o ser humano, e promete uma nova vida, eterna, então tudo muda. Mesmo que haja o que nos desconforta, sabemos que, vivendo nesta fé, estamos nas mãos de Quem nos conforta e nos aponta o caminho em frente. Rumo as seus braços e à alegria que não tem fim.

Pode a dor ou desconforto durar 4 meses, 5 anos, o tempo que for. O amor de Deus dura muito mais. Dura para sempre.

Mantendo isto em mente – e no coração -, sempre teremos o porquê.
 

quarta-feira, novembro 03, 2010

Convite AELCA

A AELCA (Associação Evangélica Luterana de Caridade) celebra seus 42 anos de atividades com o 3° Aelca em ação. O evento acontece de 04 a 07 de novembro, na sede da entidade. Veja o convite em vídeo e aproveite para conhecer um pouco sobre a Instituição.

terça-feira, novembro 02, 2010

“Quando o seu trabalho estiver falando por você, não interrompa.”



Henry Kaiser

segunda-feira, novembro 01, 2010

Voto

Mais de 55 milhões de brasileiros votaram em Dilma Roussef para a presidência do Brasil. O domingo, 31.10.2010, encerrou a campanha eleitoral que elegeu a primeira presidente da Nação.

Outros tantos milhões não votaram nela, escolheram José Serra. Exerceram o direito democrático de escolher outro nome.

No entanto, a partir de agora acredito que todos vão votar em Dilma. Uma vez que ela está eleita presidente do Brasil, a partir de agora, creio que o voto dos brasileiros vai para ela.

O voto de que ela realmente cumpra aquilo que se propôs a fazer. Voto de que lute contra a corrupção endêmica. Erradique a miséria, sua grande meta. Governe para todos, como afirmou que fará, trabalhando pelo Brasil e pelos brasileiros. Preserve as liberdades, especialmente a liberdade de culto e fé – até porque a religiosidade aparentemente foi valorizada pelos candidatos - Voto de que seja contrária a qualquer lei que tire o direito de manifestação de opinião. Enfim, o voto de que ela não governe não só para as minorias, mas sim para a maioria.

Voto de que ela faça um bom governo.

No entanto, se pensamos na vida como um todo, o voto maior precisa continuar não sendo dela. Nem de José Serra. Nem de nenhuma criatura. Precisa ser do Criador. Ele é quem realmente conhece o presente certo e o futuro melhor. Ele, que nos elegeu, escolheu, chamou pela fé em Jesus Cristo, não muda sua promessa: nada pode nos separar do Seu amor. Podemos bater na sua porta insistentemente, em confiança, para recebermos Dele sempre o que mais precisamos para viver. Homens. Mulheres. Minorias. A maioria. Todos.

Este voto, pena, muitos brasileiros preferem não exercer. Tudo bem, é um direito.

Mas para quem vive na fé, não há dúvida:

O voto sempre será Dele.

A porta

Mensgaem do Pastor Marco Antonio Jacobsen na capela da Ulbra.