sexta-feira, novembro 04, 2016

Fidelidade

Quando querem provocar rivais, muitos torcedores de futebol utilizam uma pergunta direta: há quanto tempo seu time não ganha um titulo importante? Pois isto parece ser essencial para a vida de um clube e sua torcida. 
A resposta pode variar, de lugar para lugar e time para time. Mas a resposta a uma outra pergunta normalmente é a mesma, em qualquer lugar do pais e do mundo: quanto tempo seu time tem que ficar sem ganhar títulos para que você o abandone? Ou desista e troque por outro?

Os torcedores do Chicago Cubs, time de beisebol norte-americano, estavam há 108 anos sem ganhar a World Series, o campeonato nacional da modalidade. A ultima final disputada foi em 1945. E perderam. Há muitos que passaram a vida inteira sem ver um titulo conquistado. No dia 03 de novembro de 2016, venceram os Cleveland Indians, conquistando o troféu pela primeira vez em mais de um século.

Durante este tempo todo, quantos torcedores do Cubs abandonaram o time, ou trocaram por outro?

Acredito que sabemos a resposta. Em alguns contextos ela é tão obvia “Jamais abandonarei meu time”, que chega a assustar. Pois há tantas coisas mais importantes que são trocadas com facilidade – pessoas, lugares, objetos, fé, igreja, princípios, caráter... – que tal fidelidade a um time, a um esporte, parece ser o sentido da vida, ou quase uma religião.

Já quando os cristãos declaram fidelidade a Deus e confiança no que Jesus disse – de que irá voltar para o Dia Final -, não raramente soa como utopia e limitação de mentalidade. Significaria estar preso a algo tolo, que nunca cai acontecer. Representaria ser inocente e acreditar em qualquer coisa...  Pois, neste caso, passaram-se não 10, 108 ou 500 anos. Já são vinte e um séculos. E nada acontece. Só pode ser um ‘torcedor iludido’....

O autor bíblico Pedro, que já enfrentava estas zombarias, lembra: “Não é demora. É amor”. Deus não está atrasado, nem demorando, em cumprir sua promessa. Ele está demonstrando paciência. Amor. Cuidado pelo ser humano. O troféu não precisa ser conquistado – Jesus Cristo já jogou o jogo e já venceu a morte. Quem vive na fé neste titulo, nunca vai se decepcionar. Durante o tempo de sua vida, aquele que está firmado nesta fé sabe que não tem porque desistir. Pois sabe que uma grande comemoração o espera ali adiante. 

E ela não vai durar somente até a manhã seguinte.

Ela não acaba. Ela é eterna.




P. Lucas André Albrecht
Postar um comentário