quarta-feira, julho 27, 2016

Aflição



Mais uma de Ambrose Bierce, autor do século XIX, que escreveu o “Dicionário do diabo”, onde, de maneira irônica e sarcástica, traz verbetes e suas definições a partir de sua ótica peculiar.

No verbete Aflição, ele descreve: Doença adquirida pela exposição à prosperidade de um amigo.

E isso acontece mesmo. Algumas pessoas, frente ao crescimento e progresso honesto de amigos ou conhecidos, não conseguem sentir alegria genuína e torcer pelo melhor. Ao contrário, passam a sentir-se diminuídas, ou até mesmo invejosas. Em alguns casos, não apenas sentem isso, mas também entram em ação, procurando causar mas ao próximo, desejando que ele não avance, mas sim, desça até o nível onde o rancoroso se encontra.

às vezes, entre estas “algumas pessoas’, pode estar o nosso nome também...

Acontece. Mas não precisa ser assim. O perdão de Jesus Cristo é o alívio para nossa aflição e inveja, para nosso rancor e amargura. Ele nos dá outra perspectiva, pela qual podemos colocar a fé em prática, exercendo compreensão e auxilio. Podemos celebrar o progresso, nos alegrarmos com os que se alegram, dar suporte, incentivar aquilo que é feito com correção e com o coração.  Reflexo de uma vida cheia da alegria genuína que a fé Nele pode proporcionar.

Então, a aflição que vamos sentir será por mal podermos esperar a próxima oportunidade de celebrar.


 P. Lucas André Albrecht
Postar um comentário