Porta de saída


A maioria das boates só tem uma porta por causa da comanda de consumo. Ou seja, pouco importa o perigo disto para a vida das pessoas, o que vale é o dinheiro delas. Esta obcessão por lucros está no coração de muitos donos de boate, donos de igreja, empresários, políticos, senhores de indústrias farmacêuticas, chefes de convênios de saúde etc. Dias atrás amigos meus quase perderam a filha por causa de uma apendicite, tudo porque o convênio médico pensou mais no lucro do que na vida da menina. Quantas tragédias acontecem silenciosamente todos os dias por culpa da maldita "comanda de consumo"? Urgentemente é preciso mais portas de saída nesta sociedade encurralada sob os efeitos mortais da fumaça que a cobiça exala sem compaixão.

Graciosamente a porta que se abre agora para os pais e familiares das vítimas da boate Kiss é aquele que disse: "Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; poderá entrar e sair e achará comida. O ladrão só vem para roubar, matar e destruir; mas eu vim para que as ovelhas tenham vida, a vida completa" (João 10.9,10). Para o Luis e a Gládis, pais do Leonardo Karsburg, esta porta de saída está bem iluminada. Amigos meus lá de Uruguaiana onde fui pastor, chorei com eles no telefone. É a única coisa que posso fazer, além de humildemente pedir a Deus misericórdia a todos nós, pais e filhos. E Ele tem profundo amor por todos. Deus não quer nosso dinheiro, favores, merecimento. Ele apenas quer nos levar até a porta de saída. Uma vontade tão grande para nos resgatar, tanto que entregou o seu único Filho, que mesmo sem pecado, inalou a fumaça e morreu. Mas ressuscitou, e prometeu: "Quem crê em mim, ainda que morra, viverá" (João 11.25). Disse isto depois de ter chorado com Marta e Maria pela morte do irmão delas. Hoje o Senhor Jesus chora com estes pais e irmãos enlutados. Mas ele não apenas chora. Ele convida: Venham comigo, eu sou a porta de saída.  


Rev. Marcos Schmidt
Comunidade Luterana Sâo Paulo
Novo Hamburgo, RS

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça