segunda-feira, abril 18, 2011

Nota oficial da Ulbra

Nota Oficial da ULBRA

publicado em:15/04/2011 20:45:26

A Reitoria da ULBRA informa que foi surpreendida com a decisão exarada pelo Excelentíssimo Juiz Daniel Luersen, na qual prolatou fortes afirmações de que a Instituição não vem cumprindo acordos. A Reitoria, embora respeitando o entendimento apresentado pelo Poder Judiciário da Comarca de Canoas, vem manifestar-se sobre o assunto.

A Reitoria, valendo-se do Princípio Constitucional do contraditório e da ampla defesa (artigo 5º, inciso LV da CF), acredita que não pode manter-se inerte sem levar a questão à segunda instância, mediante procedimento judicial aplicado ao caso. Os gestores da Universidade estão convictos de que atenderam a todas as ordens expedidas pelo Juízo do feito, não só cumprindo o acordo firmado em 27 de abril de 2009, como, inclusive, depositando valor pecuniário à maior do acordado naquela oportunidade.

A ULBRA também informa e relembra que apresentou, em 2010, à União e à Justiça Federal, o Plano de Reestruturação fiscal e financeira, cuja resposta até o presente momento está pendente. O Plano apresenta a nova forma societária da Instituição, visando equacionar e equilibrar a dívida herdada da antiga gestão Ruben Becker, tanto com os entes públicos (União, Estado e Municípios), como as instituições financeiras e fornecedores. Essa proposta não interfere na atividade fim da Universidade e na vida acadêmica em geral. Busca não apenas resolver em definitivo um problema de quase duas décadas, como também age com absoluta transparência e legalidade para preservar os milhares de postos de trabalho dos professores e colaboradores.

Vale lembrar que, com relação à dívida bilionária esposada na mídia, a ULBRA está aferindo judicialmente os motivos que a originaram, bem como buscando a efetiva responsabilidade daqueles que participaram para a geração destes passivos. Além disso, a Instituição está contestando valores que entende desconformes frente ao efetivamente devido. E todo esse trabalho, frisa-se, vem ocorrendo não em um, mas em diversos processos judiciais, dos quais nenhum, ainda, teve decisão definitiva.

A Reitoria da ULBRA está concentrando intensos esforços com diligência, seriedade, profissionalismo, transparência e legalidade. Em apenas dois anos - completados nesse domingo, 17 de abril -, zerou o déficit de caixa que era, em 2009, de 15 milhões de reais por mês. Além de zerar essa terrível equação, está há quase um ano pagando os tributos rigorosamente em dia. Nesse mesmo período, a Reitoria está cumprindo todas as exigências e pendências legais junto ao MEC. Como resultado do trabalho da Instituição na área do ensino, a ULBRA conquistou a posição de sexta melhor universidade privada do Brasil, junto ao MEC, em reconhecimento à excelência e qualidade de ensino ministrados.

Finalizando, a Reitoria da ULBRA afirma que extrair da crise em que se encontrava uma Instituição desse porte e colocá-la entre as seis melhores do país não é fruto do acaso, mas do trabalho sério de uma grande equipe de colaboradores formada por professores, colaboradores e administradores. A Reitoria agradece, em especial, aos alunos que acreditam nesse projeto de ensino. O esforço da Universidade está concentrado na formação qualitativa desses futuros profissionais para que ocupem um lugar de destaque na sociedade e ajudem a melhorá-la ainda mais, com seu talento e profissionalismo.

Fonte
Postar um comentário