Vale a leitura

[Lifehacker] O que a cafeína realmente faz com o seu cérebro

"Apesar de tanta popularidade, a cafeína é uma substância muito pouco compreendida. Ela não é um simples estimulante, e funciona de modo diferente para cada pessoa – não funciona da mesma forma nem mesmo para a mesma pessoa, dependendo de circunstâncias como ciclo menstrual, por exemplo. Mas você pode fazer a cafeína funcionar melhor para você. Basta entender os seus efeitos um pouco melhor."

O texto completo, aqui.
(via Eduardo Basso Jr,no Facebook)

Alguns trechos
:

(...)

"A cafeína NÃO te deixa ligado

"...É uma metáfora adequada por deixar bem claro que a cafeína não pisa no acelerador do nosso cérebro, ela apenas desativa um “um dos principais” freios. Há outros compostos e receptores que têm um efeito nos seus níveis de energia – GABA, por exemplo -, mas a cafeína é uma maneira básica de impedir o seu cérebro de se auto-sabotar, de certo modo. Tanto é que Braun escreve: “Você só consegue ficar ‘ligado’ na medida natural do possível para os seus neurotransmissores de excitação”. Em outras palavras, você não pode usar a cafeína para apagar completamente uma semana inteira em que ficou estudando até muito tarde da noite, mas pode usá-la para sentir-se com menos sono pela manhã após uma noite curta."

(...)

Ela melhora a sua velocidade, mas não necessariamente a sua habilidade

O consenso geral nos estudos sobre cafeína mostra que ela pode melhorar a sua produtividade, mas principalmente em certos tipos de atividade. Para pessoas cansadas que estão realizando um trabalho relativamente direto, que não exige muito pensamento abstrato ou raciocínio, o café demonstrou aumentar a quantidade e a qualidade dos resultados. A cafeína também demonstrou ajudar na criação e retenção de “memória declarativa”, o tipo que é mais usado por estudantes para lembrar de listas ou decorar respostas de questões para provas..."
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração