Fé administrativa

Fé/Igreja e a Ciência da Administração. Combinam? Há quem pense que são duas linhas paralelas. Não teriam nada a ver.

Nada mais equivocado. Seria o mesmo que dizer que Administração se limita a empresas. Administrar está em cada aspecto da vida humana. No caso da fé, a vida cristã e da Igreja acontece basicamente sobre a idéia de gestão. Administrar aquilo que não é seu.. A única coisa que um cristão tem é fé. E com ela, perdão, paz, vida e todos os presentes espirituais que Deus nos dá. Tudo isso é absolutamente nosso e ninguém pode tirar.

Todo o resto, nada é nosso. Casa, terreno, carro, roupas, posses, relacionamentos... até a saúde. Nada disso é posse. Tudo é de Deus e ele nos dá de presente, por amor, para nossa administração com sabedoria e constância. Somos mordomos, no sentido clássico da palavra, alguém que é responsável por administrar com competência e honestidade aquilo que não é seu. Uma fé administrativa.

Na Igreja, a mesma coisa. Ela precisa administrar sabiamente diversos aspectos de sua vida terrena, pois ela nada tem; tudo gerencia. Precisa administrar com competência para dar suporte ao que é central em seu trabalho – comunicação do Evangelho de Jesus Cristo.

A partir do que temos – fé – podemos administrar todo o resto que não é nosso, é de Deus. No entanto Ele fez questão de colocar em nossas mãos, para sermos sábios gestores deste inúmeros presentes em nossa vida. Ou seja, na verdade, todo cristão é um administrador.

Mas que está ainda em sala de aula. Sempre aprendendo. Pois a formatura, o prêmio e a festa ainda estão por vir.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça