Ouro

“Conta uma história que três homens, na época da corrida do ouro no oeste americano, encontraram uma grande mina.. Ficaram muito contentes, mas também preocupados. Porque a descoberta só seria boa para os três se a cidade não ficasse sabendo.. Então fizeram um pacto de guardarem segredo..

Voltaram para a cidade para registrar o terreno e comprar equipamento. Feito isto, começando a caminhada de volta para o local, estranharam quando um bom grupo de pessoas começou a segui-los. Um dos três perguntou:
-Onde vocês estão indo?
-Estamos indo com vocês até à mina de ouro que acharam.
-Mas... como é que vocês sabem? Nós não contamos para ninguém!
-De fato, vocês não falaram nada– disse então um deles. Mas a expressão do rosto de vocês contou tudo.”


(Fonte da ilustração)

Qual é a expressão de nossa vida à medida em que seguimos nossa estrada? As pessoas conseguem perceber, mesmo sem palavras, o imenso valor daquilo que Jesus Cristo colocou em nosso caminho? Familia, trabalho, pessoas, alimento, bens, oportunidades... Fé.

Quando nossa é um reflexo da felicidade que temos por vivermos com Ele, as pessoas não vão apenas perceber. Vão querer também seguir.

Pois, neste caso, nossa vida não é uma corrida pelo ouro, mas uma corrida com o ouro: todos os bens mais preciosos que Ele nos deu
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida