Continuar

Encontrar palavras para descrever
o que a boca precisa expressar,
é sempre tarefa que se mostra nada fácil
quando poucas palavras conseguem sobrar.
Ainda mais se, sabendo de nossa fraqueza
e de que nossas certezas costumam ter fim,
olhamos para dentro e constatamos o fato:
nosso ato é falho, nossa força é assim.

Mas isso não significa a perda de alegria
Ou que acabaram-se as chances, é o fim da ação.
Pode ser apenas o começo de um novo dia
de um novo momento, mensagem, condição.
Começa no escuro, um disparo na mente
Uma força que vem sem podermos explicar
E traz para a luz, para perto da Fonte
Para o ponto em que não se pensa em voltar
Porque a fé abre a porta mais perto, mais certa,
mais pontes que atravessam o mar de ilusões.
Não termina o medos, não se esvaem as dores
Mas mostra que todos têm hora para acabar.

Continuar sempre em frente
Conseguir sempre andar
Não se consegue sozinho,
Não se continua a caminhar
a não ser que em Deus encontremos a fonte
-Presença segura em todo lugar.
Em todas as horas,
em todas as fases,
em todas a luas que o céu for mostrar.
Porque o Sol é tão grande, intenso e seguro
que o calor desta fé jamais vai cessar.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida