Consciência

Há uma noção quase que unânime entre nós de que devemos seguir nossa consciência. Cada um tem dentro de si este mecanismo que indica escolhas sensatas e equilibradas. Seguir a consciência, aparentemente, significa trilhar um caminho seguro.

No entanto, ele só será assim se também a consciência seguir alguém.

Sem orientação, fundamento e alimento seguro, a consciência torna-se frágil, não-confiável. Ou ainda, se for alimentada com o que não presta, jamais será segurança para escolhas e atitudes. A não ser que se queira tomar as atitudes erradas.

A consciência precisa de parâmetros corretos para se tornar confiável. Sozinha, segue rumo incerto. Nos levando junto com ela.

Consciência fundamentada em princípios é o que realmente nos dá segurança. Princípios nos dão noção de certo e errado, de bom e ruim. Daquilo que convém e o que precisa ser evitado.
E a consciência que segue a Jesus Cristo, fundamentada na fé, tem ainda mais - tem tudo. Pois não apenas percebe o que em termos humanos é adequado, como principalmente segue pelo Caminho da Vida. Uma consciência que é conduzida em fé será sempre uma segurança para escolhas e atitudes.

Então, ainda que não infalível, será segura de ser seguida.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração