Águas

Um artigo do “the Wall Street Journal", de algumas semanas atrás, alerta os moradores de Nova Iorque para um perigo. Se acontecer uma elevação no nível do oceano, áreas mais baixas da cidade poderão ser afetadas. O texto diz que muitas partes podem ficar debaixo d’água se o mar ficar mais alto ou se a cidade for atingida por um furacão. Este ímpeto das águas seria muito perigoso, fazendo com que os moradores perdessem tudo.

Por isso, engenheiros civis estão trabalhando em soluções. Uma opção sendo estudada é uma barreira de contenção de tempestades junto à Ponte Verrazano, que é também a “entrada” de água em NYC. Se este local for protegido, então as áreas mais baixas da cidade também serão.

De que precisamos para proteger nossos corações do perigoso aumento de problemas que as ondas do erro trazem; dos furacões que ameaçam a alma? Tentamos lutar com as próprias forças? Achamos que podemos enfrentar esta poderosa “onda de destruição” que nos afasta de Deus? Tentamos criar sozinhos uma barreira de contenção de tempestades?

Se assim for, estamos cometendo um erro de engenharia.

O que realmente precisamos é a ponte que nos conecta a Deus – Jesus Cristo. A engenharia que ele fez durante sua vida é que constroi o único meio eficaz para solucionar este problema. Ele providenciou uma barreira contra tempestade que nos mantém seguros e protegidos. É por isso que o salmista diz (salmo 124): “Se o Senhor não estivesse ao nosso lado.... as águas no teriam levado para bem longe e a enchente nos teria coberto”.

Aí nos damos conta de que, neste caso, combatemos água... com água. Para lutar contra esta elevação perigosa que ameaça nos afogar, precisamos ser preenchidos. E isto é feito pela Água da Vida que Ele dá ao coração, pela ponte da fé. Ela preenche todas as áreas do nosso ser, para jamais seremos arrastados pela correnteza.

Uma barreira que nada nem ninguém pode superar. E não deixa que a alma seja arrastada em seu anagrama - lama.


(De uma idéia da leitora Dorcas Kimball

Nova Iorque, NY)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida