Princípios

Um vídeo divulgado pela TV americana NBC News mostra o momento da colisão entre um helicóptero e um pequeno avião, semana passada. O acidente foi sobre o Rio Hudson, em NY City. Nove pessoas morreram.

Um dos dois estava na altura errada, é certo. Ou os dois. Pois não existem duas rotas iguais para duas aeronaves diferentes. Talvez a culpa seja dos controladores de vôo. Mas as autoridades de aviação locais dizem que não, que o fato de um deles estar falando com a namorada ao telefone no momento do acidente não tem relação com o desastre.

Enfim.

O certo é que voar na altura errada, isto é, quebrar um princípio claro de voo, traz suas conseqüências. Negativas. Neste caso, trágicas.

Quebrar princípios de vida, também. Voar da maneira errada, quando já sabemos que rota é a certa, não tem como nos dar certo. Pode não ser logo na decolagem, nem nas primeiras horas. Mas em algum momento o pior acontece.

Entretanto, ao contrário daqueles pilotos, que infelizmente não tiveram mais tempo, nós temos. Hoje, agora. Se por acaso saímos da altura certa, voltar para ela. Se saímos do Caminho, olharmos para Ele novamente. Se ainda pensamos em quebrar princípios, lembrar de que vamos é nos quebrar contra eles. Jesus Cristo nos dá oportunidade de refazer, de fazer de novo, de fazer o que for preciso para evitar pior. E para seguir melhor.

Ainda que pareça bom, ainda que possa ser secreto, ainda que venha a trazer recompensas imediatas... não vale a pena sair dos princípios. Não vale a pena arriscar-se desta forma. Há sempre o risco. Sempre tem uma consequência.

E ainda, como as imagens feitas por um turista italiano comprovam, há sempre alguém que vê.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida