quarta-feira, abril 29, 2009


Uma de nossas maiores desgraças é que os lábios não conseguem ser limite para a língua humana.
Postar um comentário