Gesto

O mundo ficou escuro mesmo? Você não vê nem tem mais ninguém?
Ou são suas mãos que estão encobrindo o rosto?

Deixe eu explicar.
Brincando com minha afilhada, Anabel, ela fez um gesto recorrente – todo mundo que lida com crianças já viu. Ela tapa o rosto com as duas mãos e crê que está escondida. Então a gente tira as mãos do rosto dela e diz: “te achei” E ela sorri, maravilhada.
Acontece comigo também. Quando coloco as mãos na frente do rosto e digo “não me vê-ê”, ela vem, tira as mãos e diz: “te achei”. Com o mesmo sorriso.
As mãos nada mais fazem do que encobrir os olhos. Mas ela crê que está escondida de todo mundo.

Por isso, a pergunta: se parece que Deus deixou de nos ver, ou não conseguimos mais vê-lo, qual é a verdade: Ele de fato nos esqueceu? Ou em nossa tristeza, angústia, desespero e dor, são as nossas próprias mãos que nos impedem de ver? Colocamos as mãos na frente do rosto, impedindo nosso olhar de enxergar mais, escondendo o sorriso e o brilho no olhar... Se é assim, fica difícil ver alternativa.

Entretanto, quando as mãos se juntam em oração, e quando entram, juntas, em ação, outra realidade pode acontecer. Renovamos a certeza de que não há como nos escondermos de Deus, ele nos acha sempre. Pega com as suas mãos as nossas, olha nos nossos olhos e nos chama a continuarmos em frente. Fortalece nossa fé. Pois quanto mais escuro e difícil o caminho, mais Ele quer fazer sentir a força de Sua Mão. Com um grande e generoso sorriso.

Pois são estes Seus gestos que podem fazer nossos olhos voltarem a brilhar.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida