Respeito

“João era um motorista de caminhão que ia duas vezes por semana ia da capital para o interior. Nestas viagens, normalmente parava na lanchonete do Paulo, daquelas convidativas à beira da estrada. Um dia João estacionou, entrou no estabelecimento, sentou-se num canto do balcão e pediu o almoço.

A uma certa distância começou então um forte zumbido que, à medida que se aproximava, revelou ser um grupo de 12 motociclistas. Estacionaram suas máqunas e entraram no local, chamando bastante atenção. Olharam para João, aproximaram-se e reseolveram começar a provocá-lo. O caminhoneiro fez de conta que não era com ele e continuou almoçando.

Então o lider pediu silêncio, fez um gesto para dois de sua gangue, que pegaram um copo de bebida e derramaram na cabeça de João. Outro pegou um pouco de sua porção de comida e jogou no rosto. Outros do grupo o empurraram e ele acabou caindo no chão,.
Durante tudo aquilo, João não disse uma só palavra. Levantou, arrumou-se, pagou e saiu.

O lider da gangue, cheio de razão, falou para Paulo, o dono do local.
- Aquele cara não é um grande homem! Nem ao menos tentou se defender!”
- Parece que não... - respondeu Paulo, olhando para fora da janela. - E pelo jeito também não é um grande motorista. Acabou de passar por cima de 12 motocicletas.”

A idéia não é estimular a vingança. A melhor vingança é o perdão.
Também não é afirmação de que precisamos aceitar tudo que nos fazem sem abrirmos a boca.

Mas a idéia principal é não deixarmos nosso orgulho e falta de respeito nos levarem a situações embaraçosas, desncessárias e até mesmo de risco. Nestas horas, quando achamos que estamos no controle da situação é que mais temos chance de estar a um passo de cair.

Respeito. Até Jesus Cristo exerceu. Prova de que não faz mal a ninguém, inclusive o respeito por si mesmo e os próprios limites. Ao contrário, promove ambientes com menos provocações e com mais promoções de amor fraterno e consideração.

Sem falar que em muitos casos conserva a vida, os bens e os dentes por mais tempo.


Fonte da ilustração
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração