Zeitgeist

Uma espécie de novo ‘Código da vinci’, que começa a virar febre. Mais um grupo de pessoas que, sob o título de ‘documentário’, tenta provar que a religião cristã é sinônimo de conspiração, enganação, farsa. Vai desde o deus egípcio Horus até o 11 de setembro, defendendo que a verdade plena quem domina é o homem, e não o Filho do Homem.

Algumas rápidas considerações, tendo olhado ainda somente uma parte do vídeo:
_Religiões, de fato, podem errar. E erram. São seres humanos que estão dentro delas. Quem não erra é Deus.
_Toda grande ‘ultima sensação do momento ‘ e ‘coisa que vai mexer com sua fé’, costuma ir para a mesma já extensa lista de todos os que os antecederam nos últimos séculos.
_Às vezes, diante de filmes assim, ouve-se o alerta: “Não assista se você não quiser balançar/desistir de sua fé”. É uma tentativa de ‘cantar vitória’ antes do tempo ou de intimidação que não precisa ser temida. Se alguém estiver a fim (são duas horas e pouco),
o link é este aqui.
Não é tão fácil obras humanas conseguirem derrubar o que o próprio Deus constrói no coração daquele que crê.

Por último, graças a Deus vivemos sob a liberdade de expressão. É bem importante que todos tenham o direito de expressar livremente aquilo em que acreditam.

Pois tudo, da Bíblia a documentários como este, é uma questão de ser ter fé.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração