feriado

Amanhã, feriado da proclamação da República, espero que seja um dia de descanso pra você, ou ao menos, de uma parada na rotina. Faz bem.
E se Deus faz feriado? Ou se, por hipótese, Ele nem mesmo existisse? O que aconteceria?
Vamos ver nossas chances.

Passamos a depender, por exemplo, de governantes. Torcer para que não iniciem guerras, que sejam justos, que tomem decisões favoráveis ao ser humano.
Hum... mau começo.

Talvez pudéssemos depender do humor dos chefes. Para manter o emprego, para ter um aumento, ou um bom ambiente... Puxa, continua não muito bom. Humor já não é algo estável, e se a lenda estiver certa, humor de chefe, então... complicou.

E dependendo do salário? Hum, a maioria viveria somente uns 10 a 15 dias por mês.

Que tal dependermos dos elogios dos outros para saber se temos valor? Até dá pra sobreviver enquanto eles vierem. Mas, e quando se acabarem?

Dependermos, então, somente do sistema de saúde, dos médicos, e dos medicamentos para estarmos saudáveis.
É, está difícil...

Dependermos somente de nós mesmos para alcançar o que precisamos? Aí, no dia em que não estivemos com vontade de sair da cama, quando não estivermos motivados, quando a depressão bater à porta ou quando a desesperança tornar o mundo cinza, será o começo do nosso fim.
Piorou de vez

Não bastasse nenhuma das alternativas acima serem suficientes, ficamos na dependência de nenhuma delas fazer feriado ou tirar férias. Especialmente quando mais precisarmos...

Hum.. não creio que seja muito alentador pensar assim. Em todos estes casos, dependemos de seres humanos: imprevisíveis, voláteis, falíveis - inclusive nós mesmos. Ou seja, estaríamos jogados ao... hum... Deus-dará!...
Exato, na verdade, é isso mesmo. Quando estamos ligados a Ele em fé, estamos mesmo ao Deus dará. Não só sentido aleatório, mas bem preciso. E não num sentido mágico, mas no jeito prático de ver as coisas, e honesto para conosco e com os outros: Se Deus fizer feriado, todo o mundo pára.
Mas Ele ‘não dorme nem cochila’, como diz o Salmo bíblico 121. Trabalha para que você descanse Nele. Não descansa para que você tenha forças para o trabalho, para o dia, para a vida.

Mas lembre-se. Ele não faz feriado, mas não vá pensar que você é Deus. Pare periodicamente, descanse. Recupere as energias. Não precisa e não adianta correr desesperadamente atrás do dia de amanhã. Deixe o futuro nas mãos de Quem está trabalhando para isso o tempo todo. Deus não faz feriado para que você possa fazer.
Porque a vida não paga horas extras. Ela cobra.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida