Queimando a imagem

Pastor da Universal queima duas imagens sacras cadastradas no Iphan

As imagens da história missioneira eram cadastradas no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Fábio Guimarães da Silva Pereira, pastor da Iurd em São Borja, RS, pediu os objetos à família que os tinha como guardiã em troca da promessa da cura de um câncer.
A doença não foi 'queimada'. Mas as estátuas, sim.

Ou seja, Pereira conseguiu queimar três imagens com uma incendiada só.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração