Escolher - e repetir

É assim quando vamos comprar um carro. A dica é não se afobar, pensar bem, comparar, "bater perna" até achar uma proposta interessante. Precipitação pode ser sinônimo de mau negócio. Avaliar bem para poder decidir nos faz rodar mais tranqüilos.
O mesmo na compra de uma casa.
Um móvel caro.
Aplicar em um investimento.

Se é importante escolher bem a ação a tomar na compra do veículo, muito mais no relacionamento com os ocupantes dele. Vale a pena, ao avaliar uma casa, refletir sobre como vamos escolher construir o lar. Faz bem lembrar que objetos caros estão sempre em função de guardar as belas lembranças que se constrói ao redor deles.
Escolher ter tempo para quem importa é sempre uma poupança imbatível.

Sim, estou repetindo a idéia, "pessoas são mais importantes que coisas".
"Tá, e por que de novo isso?"

Bem, as concessionárias anunciam carros todos as semanas. Os bancos reforçam diariamente o lucro que podemos ter com seus investimentos. As lojas falam da importância dos seus produtos quase a cada hora.. Porque não, a cada dia, sermos lembrados das escolhas que, quando bem pensadas, geram os resultados que realmente duram?
É quando investimos diariamente e a longo prazo nas pessoas que usam as coisas que escolhemos adquirir que podemos mantê-las próximas. E recebemos retorno acima do esperado.Todos os dias Deus quer nos lembrar de escolhermos cuidar o que é definitivo, para que o transitório sempre esteja a serviço. Repetir tudo o que vale a pena, e mudar tudo o que é necessário.


Avalie bem, invista no mais importante. E repita.
Todos os dias.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida