Mais ou menos

Tenho o costume de cumprimentar as pessoas perguntando: "E aí, tudo mais ou menos?"

Em parte vem da idéia de que perguntar "e aí, tudo bem?' pode não ser uma boa, já que a pessoa pode dizer "não, não está, podes me ouvir?". Na maioria das vezes, não vou poder.

E em parte também porque, caso a pessoa não esteja bem, assim a gente não erra. E se tudo estiver ótimo, há crescimento - de "mais ou menos" pra "muito bom", e não o contrário.

Não dá pra estar sempre bem. Como também não dá pra só se lamentar. A vida é um constante mais ou menos, onde os erros bestas são sucedidos por vitórias espetaculares.

O legal é saber que no menos Ele está bem perto, para nos ajudar a crescer, e no mais, ainda mais, para não ficarmos iludidos ou arrogantes, mas sim seguirmos cada vez mais o Caminho da fé, que conduz ao lugar certo. Este, não é mais ou menos. É sempre tudo de bom.
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração