Correr o risco

Ouça a mensagem de hoje


Mentir sabendo que consequências ruins podem nos esperar na próxima esquina é um grande risco. Ainda que impensado.

Acreditar quando nos prometem aquilo que sonhamos ou de que precisamos é um risco. Um risco que se escolhe correr.

Viver perigosamente, desafiando leis que deveriam ser respeitadas, passando por cima de sentimentos que deveriam ser considerados e ignorando alertas que precisariam ser observados é um risco. Um grande e perigoso risco.

Andar de carro, de avião, apostar em um namoro, provocar, não se preparar, ser inconsequente... Quantos riscos valem a pena dos que nos alcançam ou que escolhemos seguir?
E quantos deles corremos por querer e sem pensar?...

Exercer fé em Deus, no fato de que Ele existe, ama, tem consideração, deu sua vida pela nossa e está ao nosso lado; que existe um mundo que será melhor e que viver a fé traz benefícios não só amanhã ou depois, mas também hoje, agora... isto também de certa forma é algo arriscado - ao menos para a razão.

Fé é sempre uma questão de risco..

Mas e quantos riscos corremos em vão? Por nada ou muito pouco? Por orgulho, vaidade, teimosia... quantos deles nos deixam prostrados de frustração?...

Fé é risco, pode ser. Mas, de tantos que existem, este ao menos sempre vale a pena correr.
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração