Eixos

Fonte da imagem


O pai levava o filho para a escola e, ao lado do carro, seguia um caminhão. Observado o veículo, o menino ficou impressionado com o número de pneus. “Nossa, pai, olha quantas rodas tem esse caminhão! São dois eixos com quatro pneus cada!”
Depois de também olhar para o veiculo ao lado, o pai comentou: “Pois é, meu filho. É que caminhões normalmente carregam muita carga. E quanto mais peso vão levar, de mais suporte precisam pra poderem andar”.

A aplicação pra vida pode ser negativa. Vamos acumulando tanto peso nas costas que precisamos de cada vez mais eixos para seguir andando. Se não a coisa fica cada vez mais difícil.

Eu prefiro uma positiva. Ao longo da vida, Deus vai nos dando eixos, providenciando pneus, aumentando nossa capacidade de suporte. Podemos chamar de experiência, tarimba, “ficarmos calejados”. Mas tudo é fruto da fé, nos dado para melhor enfrentarmos o que vem vindo. E sempre há algo que vem, o mundo nos traz cargas que não é qualquer carreta de meia tonelada que agüenta. E Ele sabe que vem. E sabe do que vamos precisar.

Nem sempre vamos utilizar todos eles - os eixos, os pneus. Observe, alguns caminhões andam com alguns sem tocar o chão. Naquele momento não é preciso. Mas se precisar, estão ali. Até porque o eixo central de nossa vida, a própria fé em Jesus, nos garante sustentação para qualquer tipo de peso. Vida bem calibrada, tocando o chão na hora certa, e desenvolvendo velocidade com segurança e sustentação.

E vale enfatizar, sustentação para todo o tipo de peso mesmo. Deus prometeu jamais nos dar uma carga que não possamos carregar. O que quer dizer que, com Ele, eixos e pneus nunca vão nos faltar
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida