'A esmo' - da Alemanha

Leitor brasileiro do Toque de Vida que mora na Alemanha comenta o texto de ontem, “A esmo”. O massacre de Winnenden desta quarta-feira, 11.03, aconteceu a 2,5 km de sua casa, e teve o desfecho junto ao supermercado que ele e a família mais freqüentam.

Bastante abalado com o fato (basta lembrar que algumas das pessoas mortas estavam simplesmente passando pela rua...), ele escreve seu comentário para o Toque de Vida e você confere abaixo, logo após o texto de hoje.


Boa tarde Rev Lucas,
Gostaria de informar que recebo sempre o “Toque de vida” e me agrada muito em ler pois sempre são textos reflexivos de ótimo conteúdo. Meus parabens, pois creio que não deve ser fácil a redação de mensagens com conteúdos inteligentes com essa freqüencia que seu trabalho exige.

Hoje realmente è um dia especial de muita dor e tristeza para qualquer pessoa do planeta que sonha em um mundo abençoado com paz e amor. Uma forma bestial de vida com 17 anos de idade assassinou varias pessoas e posteriormente suicidou-se depois de um confronto policial a exatamente 2,5 Km de minha casa.

Balanço final desta tragédia: 16 Mortos = 9 crianças (entre 14 e 16 anos), três professores, um passante que estava trabalhando em uma clinica que foi atingido apenas pelo fato de estar no caminho de fuga do assassino, 1 vendedor de carros e um cliente que estavam dentro de uma loja de carros durante a fuga e o próprio “ser” que suicidou-se depois de gritar…”…bem..por hoje è o suficiente (relato de testemunhas – sem confirmação)…e mais 9 alunos + 2 policias feridos com projeteis e uma nação inteira atordoada em busca de um “por que”???

Creio que devido a proximidade da finalização desta tragédia (o supermercado que mais freqüentamos) nos deixou todos bastante abalados e vejo noticiários do mundo inteiro focado para Alemanha.

Li, não sei onde quanto mais quando, o seguinte....quando temos uma pedrinha minúscula dentro do sapato, existe um mal estar gigante que somente se é dado conta da irritação provocada depois do problema ser eliminado...e vem o questionamento......por que não fiz isso antes (a eliminação de um corpo minúsculo provocando uma mau estar destas proporções)???
Pois bem. Moro na Alemanha há 18 anos e pra mim é um choque todas as vezes que chego ao Brasil e vejo a miséria e a falta de respeito com h, m, idosos e crianças...de um lado animais tendo sessões de SPA ...e de outro lado crianças brigando com cães na rua em disputa de restos de alimentos já em estado de decomposição...Assim sendo me veio a comparação com o texto. Como já vivi ai muitos anos, essa visão de barbarismos sociais (onde seres humanos vivem em desgraça total) vai tornando-se a pedrinha no sapato dos olhos e mentes do povo brasileiro que é a imagem a degradação do ser humano e essa imagem vai tornando-se uma cena “normal do dia-a-dia”.........mas não é....cada retorno meu para o Brasil tenho uma “nova ferida” em meus olhos ao ver essas cenas....mas infelizmente tornou-se um hábito das pessoas em anular sentimentos ao verem essa selvageria social...

Infelizmente aqui também ocorrem assaltos e crimes mas é de uma raridade tão grande que, quando ocorre algo, o pais inteiro se abala e soluções de melhorias são buscadas para jamais ocorrer um barbarismo como esse novamente.

Pois bem, li em seu texto « A Esmo » uma colocação que me deixou pensativo e aproveito essa possibilidade de um monólogo eletronico enviar meus comentários.

« A Esmo » …Shooting rampage...... Graças a Deus isso não acontece aqui, não?... Bem, não com armas. Mas shooting rampages em escritórios, salas de espera, salas e salões, e até a céu aberto, destes não escapamos. A arma? A língua....etc..................(aqui chamamos de mobbing...e estudos demonstram que as seqüelas são piores do que uma agressão física).
Me permita uma correção neste texto e meus comentários. Sim!! Com armas SIM!!!

Abaixo uma pequena estatística que mostra que algo deve ser realizado com urgência:
A cada 12 minutos, uma pessoa é assassinada no Brasil. Por ano, são registrados 45 mil homicídios no País. No entanto, a probabilidade de um assassino ser condenado e cumprir pena até o fim no Brasil é de apenas 1%.
O Brasil é, segundo a ONU, o país onde mais se mata com armas de fogo. Todos os anos são mortos 40 mil brasileiros;
O Brasil tem cerca de 3% da população mundial e registra 12% dos homicídios que acontecem no planeta. [Carlos Lopes, coordenador-residente da ONU no Brasil, dezembro de 2003]

Realmente, ontem aqui ocorreu uma tragédia inédita e, graças a Deus, esta havendo uma repercussão mundial e pode ter certeza que medidas serão tomadas. Mas no Brasil, se ouvimos o noticiário, são tantos crimes diários que esse barbarismo tornou-se apenas uma pedrinha irritando o dia-a-dia da população….

Me desculpe…queria apenas escrever sobre a presença de arsenais particulares no Brasil e acabei escrevendo um monte de outras coisas…

Um abraço,
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça