O Grande Projeto

Uma das afirmações do novo livro do físico inglês Stephen Hawking o colocou no topo dos Trending Topics(assuntos mais comentados) do Twitter de ontem para hoje. Em “The Grand Design” (O Grande Projeto), ele declara que Deus está descartado da origem do Universo. Segundo Hawking, a criação espontânea explica porque existe algo no lugar do nada. Por causa da lei da gravidade, o Universo cria a si mesmo do nada.


Para Hawking, em seu pensamento de hoje, não há um Criador.

É sempre bom lembrar: trata-se de uma hipótese não consubstanciada. É diferente do que dizer “a grama é verde” ou “as baleias são mamíferos”. De minha parte, mesmo não tendo um décimo do conhecimento deste cientista, me parece necessária uma boa dose de boa vontade para aceitar que a lei da gravidade explica a geração espontânea do nada para o tudo.

Mas isto é ciência. Pesquisa, explicação, mudança. Pesquisa de novo, explicação de novo. Mudança mais uma vez. O próprio Hawking é prova disso. Em 1988, já havia dito que, se pudéssemos encontrar uma teoria perfeita para o Universo, atingiríamos a mente de Deus. Para seu pensamento da época, Deus fazia parte dos planos. Hoje, 22 anos depois, está descartado.

Neste contexto, faz sentido. A nossa mente jamais conseguirá colocar Deus no cenário. Não temos nem alcance para isso. Tudo precisa passar pela fé, que um presente que nos permite ter certeza daquilo que não se vê, como diz a Bíblia. Quando passa pelo coração, Deus entre em cena como o Criador, renovador, mantenedor da lei da gravidade e de todas as outras mais que Ele estabeleceu. E também mudador delas, se assim Lhe aprouver. Como escreveu o colega capelão Elton Fischer: “Entendo que a questão de Hawking não é se Deus existe ou não, mas que importância Ele tem na sua vida. Enquanto Ele ficar restrito ao campo da razão e não tocar o seu coração, nada mudará. É nisso que cremos e é isso que vivemos.”

Para Hawking, em sua hipótese não consubstanciada de hoje, o Criador não faz parte do projeto.

Para o Criador, na sua obra de amor já consubstanciada, o Grande Projeto inclui todos. Hawking e cada um de nós.
4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração