Exagero

Ao contar adiante uma notícia, não é difícil aumentarmos um pouco. Ou até exagerarmos. Seja o terremoto na China, o ciclone em Mianmar ou o acidente na esquina. Se o carro deu duas voltas, acabam sendo três. Se um numero x de pessoas foi atingida, pode se tornar x + n. Se o acidente machucou um tanto, no final a pessoa já saiu toda quebrada. Dramatizar e acrescentar uns pontos parece valorizar em muito nosso conto.

Nas coisas ruins exageramos. Facil, fácil. Contar tragédia não vende só jornais. Aumenta também o nosso ibope com nosso circulo de relacionamentos. Se formos o primeiros a contar então.. dá quase para ver e tocar aquele friozinho na barriga ao ver os olhos arregalados dos ouvintes “é mesmo? Me conta!”. 10 vira 50. Mosquito vira elefante. Dente quebrado vira UTI.

Já que gostamos de exagerar, por que não fazer isso com as coisas boas? As ruins, já acontecem sozinhas, ninguém precisa adicionar. Mas e se resolvêssemos aumentar um pouco o que acontece de bom.
Faria mais mal ou mais bem?
“Adorei sua fala!”
“Mas teu cabelo está realmente maravilhoso!”
“Conhecer você foi realmente muito bom!”
“Deus foi absolutamente estupendo em minha vida esta semana!”

Este é o tipo de exagero que, se utilizado com sinceridade, pode aliviar os efeitos dos tornados e terremotos da vida de muitas pessoas. Aquela que há[ tempos não ouve um incentivo. Aquele que é motivado por uma palavra de gratidão. Quem nunca tinha sido elogiado em público. Quem guarda um exagerozinho amigo para sempre no coração.

Deus já deu o exemplo. E sincero. Seu amor ‘exagerado’ é capaz de amar o mundo inteiro, perdoar o mundo inteiro, dar novas chances e oportunidades a quem quiser e pedir. Em fé. Não é exagero dizer que Jesus Cristo mudou a história. Parou sua vida por nós. E continua a aumentar seu cuidado e carinho sobre nossa vida e viver.
Para aumentar fofocas e tragédias, já há até profissionais. Podemos gastar nossos aumentos com palavras que construam vida, alimentem almas, valorizem jeitos de ser.

De fato, este nosso Deus é mesmo espetacular.
Com exageros.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração