MUITO OBRIGADO - Dia Internacional de Ação de Graças

Todos apreciamos muito a gratidão como virtude. E dois podem ser os motivos principais

1. Basta pensarmos na ausência dela.
-Você ajuda alguém e a pessoa nem se lembra de um “obrigado”.
-Pessoas que nunca dizem ‘obrigado’ por 99 coisas, e reclamam daquela uma errada ou não tão boa.
-Conheço a história de uma pessoa que, em muitos anos de casamento, quase nunca sentou-se à mesa e elogiou o almoço da esposa. No entanto, sempre que havia algo errado, não hesitava em reclamar.

2. Quando alguém diz ‘obrigado!’, está exercendo algo extremamente essencial para a saúde da alma: humildade. Agradecer é reconhecer-se dependente, interligado. É manifestar vínculo. É apreciar o que outro tem de habilidoso, agradável, talentoso. Agradecer é ir na direção do outro, Um bem que está ficando escasso em nossa sociedade dos fones de ouvido, celular e TV em cada quarto. Quando alguém agradece sinceramente está dizendo: “Hei, eu me importo com você”.

Deus que nos deu e dá tudo o que somos e temos poderia pedir muita coisa em troca. Mas quer apenas duas palavras: Muito obrigado. Não porque o ego Dele precisa, mas porque nosso eunecessita. Para que o orgulho e egoísmo não tomem conta do coração e a fé faça a gratidão agir como o óleo do motor da humildade, mantendo-o funcionando por muito tempo.

Duas palavras que não custam muito e fazem a vida andar bem diferente.
Ah, e muito obrigado por ler até o final.


(P. Lucas André Albrecht)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração