quarta-feira, julho 22, 2015

SINAL


Na Idade Média, dizem alguns, vendiam-se pedaços da cruz de Cristo, pedras do túmulo, ou talvez gotas do seu sangue, e outras relíquias. Quando estádios famosos são demolidos, muitos tentam guardar pedaços como recordação.

Já alguns seres humanos modernos preferem ser mais bizarros.
 Há alguns anos, vi a notícia de que uma pessoa comprou um pedaço de sanduíche de ovo, supostamente descartado por Britney Spears.

O homem tem necessidade de ligar-se ao seu sagrado através de sinais. Seja sua família, seu ídolo, sua religião, seu deus. A fé, a religiosidade, de uma ou de outra forma, sempre se manifestam em nosso coração
 e vida.

Para os cristãos, nenhum sinal mais claro - e mais contraditório - do que a fé. Pois ao mesmo tempo que é uma certeza, ela se dirige a alguém que não se vê. Jesus Cristo, no entanto, se fez e se faz presente de uma forma única, suprindo nossa maior necessidade – perdão e vida -. Além disso, dá segurança e orientação para a vida e o coração.

Um sinal que é cego para os olhos, mas claro para o coração.


(P. Lucas André
Minuto Toque de Vida
Mix FM Poa)
 



Postar um comentário