Super

Em alguns momentos, desejamos ser super-homens, ou supermulheres.

Fazemos nossa agenda já sabendo tudo o que deve acontecer. Visualizamos nosso futuro com a convicção de quais passos serão dados e quais os resultados que deverão gerar. Analisamos o presente com a certeza de quem sabe ler plenamente a realidade. Olhamos para o passado achando que poderemos mudar algo pelo simplesmente determinar que assim deve ser.

Queremos ser super-homens. Quando, na verdade, somos super...humanos.

E, quando nos damos conta disso, nossas palavras não ficam longe do que diz a Bíblia “Escuta meu grito, ó Senhor! Ouve o meu pedido de socorro!”

E ele escuta. Tanto que Deus mesmo se tornou humano, de verdade. Ele sim, Jesus Cristo, foi super, isto é, acima. Acima da razão, da força e da vontade humana para fazer aquilo que não poderíamos e conquistar aquilo que jamais atingiríamos. Ele nos chama a desistirmos de querermos ser super e permanecermos conscientes de nossa humanidade. Para então, recebermos perdão, nova vida e podermos alçar voo, guiados pelo seu amor. Para colocarmos nossa esperança Nele, pois Seu amor é fiel.

Isto não quer dizer que vamos ser superiores a alguém, mas sim que podemos superar o que cada dia nos traz, com força, fé e coragem.

A coragem de sermos super-humanos, amados por um super Pai.


(P. Lucas André Albrecht)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração