Vivo Está!


O mundo transformou o Natal na maior festa cristã do ano, com comemorações em todo o mundo e altos investimentos em produções e espetáculos que recontam o nascimento de Jesus. Nessa perspectiva, pouco é dito da Páscoa - verdadeiramente a mais importante celebração cristã - além dos ovos e coelhos. Muitas vezes é esquecido o que Deus fez para a nossa salvação, enviando seu único Filho para morrer em nosso lugar e ressuscitar três dias depois, glorioso, "para que todo que nEle crer, não pereça, mas tenha a vida eterna" (Jo 3.16).

E é pensando nisso que o Coro Universitário da ULBRA apresenta a Cantata Vivo Está - Uma celebração ao Deus Vivo.

Escrita por Claire Cloninger e Gary Rhodes, arranjada por Gary Rhodes, orquestrada por Don Hart e Dave Williamson e traduzida para o português por Eduardo Andrade, esta cantata conta os diferente momentos da história da nossa salvação, desde a criação do mundo e a queda do homem em pecado até o envio de Cristo para morrer e ressuscitar.

Em aproximadamente uma hora de espetáculo, é aqui reproduzida pelo Coro Universitário da ULBRA, solistas e narradores, sob regência e direção musical do Maestro Paulinho Winterle.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça