terça-feira, julho 30, 2013

É isso que acontece

Nas férias, no meio da tarde, o menino chamou a atenção do tio e disse:

- Olha só, tio! É isso que acontece por ser uma criança feliz!

O tio ficou curioso. O que é que tinha acontecido? Ele havia ganho um presente, tirado uma nota boa na escola; tinha conseguido o jogo de videogame que tanto queria?

Não. Apontando para a face, disse que tinha caído e batido o rosto, perto do olho. Estava doendo e até sangrando um pouco. Mas a constatação dele foi que isto só tinha acontecido porque ele era uma criança saudável, que podia brincar e, por isso, feliz e abençoada por Deus.

Ainda conseguimos ver a vida como uma criança?...

Os machucados do coração doem, sem dúvida. Sangram nossa alma e abatem nosso corpo. Mas muitos deles não acontecem porque temos capacidade de escolha, de agir e, portanto, até de errar, cair, recomeçar e aprender? Sem dúvida também! Por sermos quem somos, podermos ser felizes até quando o olho está doendo ou a alma está sangrando. Desde que definamos felicidade não por uma circunstância passageira, mas por um viver que é constante.

E isto faz todo o sentido quando lembramos que Jesus Cristo traz as pessoas a si, pela fé, para que recebam perdão e vida nova. Quando nossa confiança esta depositada nesta que é a maior alegria do mundo,  não apenas temos momentos de euforia, de férias, de comemoração, mas somos felizes em qualquer um dos nossos dias. Até mesmo quando acontecem escolhas erradas e caras na parede. Não importa que batida que nosso olhar sofra, nossos olhos não desviam do caminho que permite ver a vida a partir de um outro lugar.

É isso que acontece quando, pela fé, somos pessoas felizes.



Pastor Lucas André Albrecht

Postar um comentário