sexta-feira, março 22, 2013

Insistentes


-Não seja insistente, moleque!
-Não adianta insistir que só piora.
-Mas como é insistente! Que coisa chata!

Algumas destas frases - ou as três - tenho certeza de que você já ouviu. E normalmente com sentido negativo. Em muitos contextos e situações, insistir não é bem visto, sendo sinônimo de incômodo. Às vezes esta idéia é utilizada até para o ambiente da fé.

Mas a verdade é que Deus gosta de pessoas insistentes. Jesus mesmo mostrou, no Evangelho de Lucas1, que isto é um dos componentes da vida do cristão. Bater na porta, pedir, pedir de novo e insistir no pedido são ingredientes que constantemente permeiam a oração daqueles que querem falar com o Pai. E Ele gosta disso.

Por isso, orar é também uma questão de insistência. Não precisamos desistir no primeiro dia ou na primeira semana. Não precisamos ter medo de nos tornar chatos, nem ter receio de ouvir uma repreensão. Na verdade, Deus até quer que oremos sem cessar, que não cansemos de pedir, provando nossa persistência e perseverança, antes de responder à nossa oração dentro de Sua vontade.

As frases, portanto, podem ser diferentes, ao menos no que diz respeito à vida cristã:
_Seja insistente, menino!
_Continue a insistir que melhora!
_Como é insistente! Que coisa boa!

Pois o Pai insiste que seus filhos sejam insistentes em confiar, orar e perseverar.

1 Lucas 9.18-25





Rev. Lucas André Albrecht
Postar um comentário