Pastoral relembra a Reforma Protestante

Coro masculino e grupo de metais participaram

A comunidade luterana se reuniu nesta semana para comemorar os 495 anos da Reforma Protestante, marco histórico em que Martinho Luterno apregoou suas teses de reforma aos preceitos defendidos pela Igreja Católica,  fixando suas 95 Teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg na Alemanha. A ULBRA Canoas não ficou de fora, e realizou um momento devocional com seus funcionários, para lembrar a marca histórica. “A reforma trouxe Deus de volta para nossa vida”, ressaltou o capelão universitário Lucas Albrecht, em sua fala.

O momento contou com a participação do coro masculino e o grupo de metais da pastoral conduzindo o louvor. A música, inclusive, foi uma das ferramentas da reforma. “Antes, apenas os religiosos podiam cantar nas missas. A reforma instituiu que todos os participantes também poderiam cantar”, ressaltou o capelão da música, Paulo Brum. “A música também é um veículo da fé”, concluiu. 

Fonte: ACS ULBRA



Trecho do hino 'Castelo Forte"'(1.ª e 4ª estrofes), entoado por coro de colaboradores, acompanhado por um grupo de metais, sob a regência do Maestro Rev. Paulo Brum. Ao final, todos os demais presentes entoam em conjunto a 4ª estrofe do Hino de Martinho Lutero.
Colaboradores reuniram-se para celebrar os 495 anos da Reforma no saguão do Prédio 10 do campus em Canoas. A ULBRA é a maior universidade Luterana do mundo.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida