E ponto.


Qual a criatura mais rara do planeta?

Talvez uma tartaruga, um pássaro, um inseto?...  Profissionais de diversas áreas trabalham todos os dias, em diversos lugares do planeta, para descobrir quais são as espécies que estão virando raridades para, a partir disso, trabalhar pela preservação das espécies que são consideradas sob o risco de serem descontinuadas.

Mas, na verdade, a criatura mais rara do planeta é uma que os biólogos dificilmente pesquisam. E também teriam dificuldade para achar. Trata-se de um ser humano que se arrepende de seu erro. Arrependimento de verdade, sem usar uma desculpa, explicação ou recorrer ao genérico “todo mundo erra”.

Dizer “eu me arrependo “, ou “Eu errei, perdão”. E ponto.

Para mudar isso, somente aquele que foi único no seu gênero – Jesus. Ele fez o que só ele poderia fazer. E o que Ele fez nos deu acesso, por meio de arrependimento e fé, ao perdão, para deixarmos de ser aquela criatura rara e desfrutarmos da preciosa graça e amor que Ele nos estende. Olhando por este prisma, afinal, não deveria ser tão difícil encontrar um cristão sem meras desculpas ou explicações. Pois já temos a garantia e certeza do perdão e o recomeço no coração.

Diante Dele, podemos ter certeza: “Eu te perdôo”. E ponto.


(inspirada em uma devoção e LHM)




Rev. Lucas André Albrecht
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração