Ligação


No convívio com as pessoas, estabelecemos não apenas relações, mas também construímos ligações. Quando o nível de relacionamento se aprofunda, nos ligamos ao outro de forma constante e duradoura. E isto é algo que sempre nos faz bem, não é verdade?
Bem, nem sempre.

Algumas ligações podem nos complicar. É o que acontece no momento no centro do país, e também em muitos arredores. Conexões estão sendo feitas à pessoa de Carlinhos Cachoeira e, por conseqüência, a atos ilícitos de corrupção. Além disso, pode haver muita gente nervosa sobre outras que possam surgir. Isto porque levam não apenas a uma pessoa, mas a um conjunto de valores e atitudes reprováveis, seja para a vida pública ou privada.

No entanto, não apenas nas “cachoeiras” esta o risco. Também nas águas sujas ou nos pequenos reservatórios de águas paradas bem perto de nós. Ali estão tentações similares de estabelecermos ligações que, aparentemente são boas, mas que trazem contaminação para dentro de nossas vidas e dos nossos corações.

No Evangelho de João, capitulo 15, Jesus diz que ele é a Videira e nós, os ramos. Quem está ligado a Ele, dá muito fruto. Aí está uma ligação que sempre faz bem e traz somente boas conseqüências para a vida. Conectados ao Mestre temos a fonte de alimentação e sustentação que não só nos dá sentido e orientação, como também nos leva a produzir muitos e bons frutos.

Esta ligação, que pode ser divulgada aos quatro ventos, às vezes, por medo ou vergonha, fica escondida. Já o tipo de ligação ‘cachoeira’ normalmente se tem medo da divulgação, mas se lida com tranquilidade se estiver escondida. Claro, pois mexem com anseios e interesses que movem o ser humano. Dinheiro, poder, influência, desejos carnais...  No entanto, mesmo que os frutos das ligação com a Videira não pareçam os melhores do ponto de vista humano, já que os frutos das ligações com ‘cachoeiras’ parecem mais vistosos, são permanentes. E conduzem à vida eterna.

E mais, são de natureza e princípios totalmente opostos dos da “cachoeira”. Tanto que, digitando no Google “videira perto de cachoeira’, a resposta é “nenhum resultado encontrado” * Uma brincadeira para ilustrar que os princípios da videira são diferentes, permanentes e conduzem à vida, gerando a melhor e mais duradoura ligação.

Esta, sim, seria bom se toda imprensa pudesse noticiar.



*depois da publicação desta mensagem no blog, já haverá uma referência...




Pastor Lucas André Albrecht
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça