Afirmação


Estou conectado ao Facebook há 4 anos e, por isso, acompanhei o crescimento da rede no Brasil. De alguns milhares de seguidores na época, hoje já é nossa principal rede social, assim como em vários países do mundo.

Neste período, diversos fenômenos podem ser notados, desde o estabelecimento de redes de divulgação e contato às infinidades de banners e convites para aplicativos. Mas o comportamento surgido que mais me chama a atenção é a necessidade de auto-afirmação, de “gritar para o mundo quem eu sou”. Seja por meio de frases, mensagens, ou atualizações de status. Por exemplo:

“Campanha pela vida, cada um cuida da sua”
“Vai falar de mim, me chame. Sei coisas horríveis a meu respeito”
“Promoção do dia> pague minhas contas e resolva os meus problemas, e ganhe o direito de falar da minha vida”
“Quando eu estiver no chão, bate bastante. Mas quando eu levantar, corre. Corre bastante”
 “Você sabe meu nome, mas não a minha história”

Dentre dezenas de outras.
Muitas delas refletem verdades especificas para alguns momentos, especialmente em face da curiosidade alheia sobre o que não é devido. Por outro, lado, ficamos pensando qual a lógica de exigir privacidade de forma exagerada ao postar frases similares em redes sociais, onde exatamente estamos nos expondo ao mundo inteiro?

Fiquei pensando sobre o que está por trás desta proliferação, e se um dos motivos não seria a necessidade de afirmação de identidade, do valor intrínseco e pessoal, do gritar ao mundo “hei, eu sou alguém de valor, olhem para mim desta forma!”.  E, de fato, em alguns momentos este grito acontece em nossa vida.

Se olharmos para as paginas da Bíblia, no entanto, veremos que esta ansiedade pode se acalmar. Veremos que lá Deus já deixou recados claros a respeito de quem somos. Afirmativas que não deixam duvidas da identidade e do valor do nosso perfil. A principal delas, a de que valemos nada menos que a vida de seu próprio filho, Jesus Cristo, filho de Deus.

Desta forma, podemos olhar para nos mesmos com esta noção e certeza de valor e importância. E compartilhar o mesmo valor com as demais pessoas, pois todas são alvo deste amor. Compartilhar com nossa rede social, real ou virtual, a alegria e certeza de que nosso status é de valor único e permanente.

A maior e melhor afirmação que podemos ter.

E fazer.


Pastor Lucas André Albrecht


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida