de graça?

Acredito que todos estamos acostumados com promoções. No supermercado, na concessionária, na loja de roupas. Acredito também que já não é tanta novidade haver super-promoções. A oferta imperdível, a queima de estoque, o leve isto e pague aquilo.

Mas nunca vamos conseguir nos acostumar com algo...de graça, não é verdade? Ainda mais se for oferecido não para um ou outro felizardo, mas para todos. A desconfiança é imediata, seja sobre a qualidade do produto, sobre a disponibilidade ou sobre a própria promoção. Se não tem preço, provavelmente é furada.

Talvez seja por isso que a mensagem de Jesus Cristo, que tem seu ponto máximo na Semana Santa, nem sempre recebe crédito. Porque ela é de graça.

É a história do amor imerecido e incomensurável, do Filho de Deus que anda entre os homens para dar a salvação eterna a todos quantos crêem. È a promoção do “pague nenhum e leve tudo”. De graça. Talvez por isto, às vezes, seja vista com tanta desconfiança.

“Ah, pastor, mas não podemos esquecer que tem sim o preço a ser pago, isto é,  nosso comprometimento, nossa fidelidade e até uma certa dose de sacrifício”.

Claro..... que não! Não há, realmente, preço nenhum. Nada paga ou mantém a vida eterna que Jesus nos dá. É absolutamente gratuita, obra do seu amor. Nossa fidelidade, compromisso, sacrifício, já são frutos de uma vida onde este presente gratuito e eterno está ao alcance do coração, nunca do bolso.

De graça. È assim que Deus escolheu nos salvar, amar e acolher.

Por isso, se alguém colocar preço, desconfie. É promoção furada.




Pastor Lucas André Albrecht
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração