quinta-feira, agosto 04, 2011

Pró-reitor de Extensão recebe medalha Mérito Farroupilha


O pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da ULBRA, Ricardo Willy Rieth, recebeu na tarde desta quarta-feira (08/03), a Medalha Mérito Farroupilha, em homenagem ao projeto de extensão Observatório da Violência e dos Direitos Humanos. A outorga desta medalha foi proposta pelo deputado estadual Marlon Santos. A solenidade foi realizada no Salão Júlio de Castilhos do Palácio Farroupilha na Assembleia Legislativa do Estado.

"Estou me sentindo muito honrado por receber esta medalha. Ela é o reconhecimento de uma trajetória como professor apoiando as pesquisas voltadas à comunidade e o trabalho social. Receber esta homenagem me fez realizar um balanço de todo o caminho para chegar até este dia. Recebo esta medalha como uma forma de reconhecimento do trabalho realizado por instituições de ensino confessionais e comunitárias, que há um século e meio desempenham um papel decisivo em nosso Estado. Pois as instituições confessionais e comunitárias, a exemplo da ULBRA, têm formado gerações de cidadãos que promovem a vida em cada rincão do RS", declarou Rieth.

Ricardo Rieth recebeu homenagem por projeto realizado
Foto: Gabriel de Mello
O pró-reitor fez questão de salientar que a homenagem é da Universidade. "Tenho a alegria de compartilhar com o reitor Marcos Ziemer, o vice-reitor Valter Kuchenbecker, e com meus colegas pró-reitores essa homenagem. Da mesma forma, com nossos diretores de unidades no estado, professores, estudantes e colaboradores que há quase 40 anos, através da ULBRA, têm servido à sociedade em seu conjunto. E, por extensão, a todas as pessoas envolvidas e engajadas nas instituições de ensino comunitárias e confessionais do Rio Grande do Sul", finalizou.

O que é o Observatório da Violência e dos Direitos Humanos?

Constitui-se em espaço de monitoramento da violência e da violação dos Direitos Humanos na região de Guaíba. Este Observatório vincula-se ao curso de Direito da Universidade no município, agrupando acadêmicos, professores e pesquisadores que tenham afinidade com a temática referente à questão da violência e dos direitos humanos. O Observatório tem como visão tornar-se referência regional no monitoramento da violência e do desrespeito aos direitos humanos e como missão o comprometimento com a prática destes direitos, no sentido de construir instrumentos práticos e teóricos que busquem a transformação social. O Observatório possibilita aos acadêmicos uma nova experiência sintonizada às linhas de pesquisa previstas no projeto pedagógico do curso de Direito, articulando Ensino, Pesquisa e Extensão.


Gabriel de Mello
Imprensa ACS
ULBRA Canoas
51 3477.9167
Postar um comentário