Natureza

Algum dos prezados leitores duvida de que eu tenho mãe?

O fato de eu estar aqui escrevendo, de estar no mundo, dá a resposta. É certo de que há uma mãe por meio da qual eu nasci. E um pai também, claro. Olhando para mim, todo mundo sabe que esta mulher existe.

Mas...o que mais você sabe dela? Salvo alguns que me conheçam mais de perto, a maioria não poderá dizer nem seu nome. Quanto mais idade, onde mora, o que faz, no que se formou ou quais os seus sonhos. Minha existência é prova de que ela existe, mas sem ajudar a saber quem precisamente ela é. Poderia ser qualquer mulher na multidão com mais de 50 anos. Para conhecê-la de fato, seria preciso ‘ler o livro ‘ de sua vida.

A natureza, o cosmos, o ser humano, são indicativos de que existe uma inteligência, um criador, um Deus por trás de tudo o que eu vemos. Tudo bem, há quem descarte a idéia, mas tudo é uma questão de fé. O fato é que a probabilidade de que, para tudo ser como é exista alguém que criou e organizou é forte. Ou seja, de certa forma, com muitas vezes se ouve falar, a natureza e o universo demonstram que existe um Deus.

Sim, mas que Deus é esse?
A natureza sozinha não consegue mostrar. Pode ser qualquer um destes que, aos milhares, proliferam na humanidade. Somente olhando a natureza, não temos como saber seu nome, sua essência, seus atributos, muito menos de que Ele é capaz.

Para isso, é preciso ler o Seu livro. O Livro da Vida, com ‘V’, maiúsculo. É ali que encontramos quem é o Deus criador da natureza, do universo, do ser humano, que também nos trouxe à vida por meio de nossas mães, e que se revelou em Jesus Cristo. Para conhecer o Deus cristão, não basta olhar ao redor. É preciso olhar para dentro. Dentro das páginas da Bíblia Sagrada, dentro do coração, onde a fé é implantada. Dentro do seu amor, onde a Vida plena acontece.

E, então, também para natureza, o outdoor permanente da obra de Suas mãos.


(Mensagem a partir de uma idéia
do Pastor Luiz Alberto dos Santos,
Celsp, Canoas, RS)




Pastor Lucas André Albrecht
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração