Deus existe?

Algumas coisas existem, todos sabem. Mas, na verdade, ninguém consegue provar.

Esperança, por exemplo. Todos sabem que é algo presente na vida humana. No entanto, ninguém prova que ela existe. O mesmo acontece com garra. Quem duvida que um time, um grupo, uma pessoa, possa tê-la? No entanto, ninguém a coloca em coordenadas cartesianas.
Poderiam ser citadas ainda outras existências certas, mas não passiveis de prova: Tolerância. Capacidade. Ironia. Desprezo.

No entanto, se sabe que existem pelos sinais. Pelas evidências. A cara que mostra desprezo. O rosto que demonstra garra. O olhar que tem esperança. A atitude que deixa a capacidade se evidenciar.

A existência de Deus não se prova por métodos humanos, como não se prova nada do que foi dito acima. Apesar de que evidências de Sua existência existam, mesmo sem fé, até aos olhos mais céticos. Ainda assim, a opção humana não é dizer “Deus não existe”, pois não há como provar a afirmativa. A alternativa correta é: “Não acredito na existência de Deus”, o que é mais lógico e coerente. Pois, do ponto de vista humano, o que se pode dizer é que Sua existência ainda não foi provada.

Nesta perspectiva, soa bem inadequado e quase imaturo gastar dinheiro com uma campanha tentando provar que Deus não existe. É importante dizer que, se o objetivo é mostrar o direito e espaço de afirmar uma convicção, a concordância é imediata. O respeito existe, mesmo que alguém se negue a fazer uso. Se a tentativa, no entanto, é apresentar provas e argumentos sobre a tese, aí fica bem complicado. Utilizar desonestidade intelectual, desprezo e até preconceito não ajuda nesta tentativa, e ainda deixa de lado aquilo que se busca conquistar -  respeito e tolerância.

Algumas coisas existem, de fato. Mas não se provam. Quando Deus entra em cena, sempre a fé entra em jogo. É uma questão de crer ou não crer. Provar, ninguém consegue.

Nem deve. Não está na mente a resposta afirmativa à pergunta do título. Está no coração.





Pastor Lucas André Albrecht

4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração