Recomeço

Conta-se que Ernest Hemingway seria o autor da seguinte história.

“Um pai e seu filho viviam com constantes problemas de relacionamento. O desentendimento foi tanto que, finalmente, certo dia, o filho acabou fugindo de casa.

O pai, contudo, começou uma jornada em busca de seu filho rebelde. Esteve em muitos lugares, procurou em muitas cidades. Por fim, em Madri, num último e desesperado esforço de encontrá-lo, colocou um anúncio no jornal. O texto dizia: ‘Querido Paco, encontre-me em frente ao escritório do jornal ao meio dia. Tudo está perdoado. Eu te amo. Seu pai.’

No dia seguinte, 800 Pacos apareceram no local.”

Por mais que o ser humano possa insistir em auto-suficiência e fuga da culpa, na verdade no fundo todos sabemos que precisamos do Pai. Precisamos de seu amor e perdão. E ele nos ama muito. Em Jesus Cristo, nos abraça e nos chama para si. Mesmo sendo nós rebeldes, Seu amor é incondicional. Transforma nosso coração e nos abraça como ninguém mais. Tudo está perdoado. Tudo pode ser novo.

Tudo porque temos um Pai.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Com consideração