quarta-feira, junho 30, 2010

Dar valor

Carros. Não costumamos nos dar conta de tudo que envolve estarem prontos para utilização.

Mas quantas áreas estão envolvidas em sua construção? Desde a engenharia, o design, a mecânica. A preocupação com segurança, estética, conforto. Depois de pronto, vem ainda a parte institucional, administrativa, mercadológica... E devo ter esquecido várias outras. No entanto, o que fazemos? Giramos a chave, dirigimos até onde precisamos e pronto. Dificilmente pensamos em tudo isso. Confiamos que tudo foi feito para dar certo.

Quantas coisas estão envolvidas na sustentação de nossa vida e nem sempre nos damos conta? Nossa parte “mecânica”, estética, funcional, psicológica, intelectual. A natureza, as pessoas, nossos dons, capacidades. Trabalho, aprendizados, conquistas... Geralmente, o que fazemos é acordar de manhã, ‘girar a chave” e rodar mais um dia inteiro até nos recolhermos à noite, aguardando o amanhã.

Não nos darmos conta, até é normal. Mas o pior é se não soubermos dar valor. Pois tudo isso é presente de Deus, o Criador e Doador de todas as coisas. Acredito que Ele até nem espera que nos preocupemos tanto com tudo isso o tempo todo. Não daria certo. E também ninguém de nós pode nem mesmo “acrescentar um centímetro ao curso da vida”, disse Jesus Cristo. Por ser quem é, Ele nos dá o que precisamos para sermos um todo.

O que podemos, sim, é ser gratos por tudo o que vem destas Mãos. E, impulsionados por Ele, vivermos confiando que sempre temos direção. Quando pensarmos sobre a vida, então, pela ótica da fé, podemos até nem saber dar nome e função para tudo o que Ele faz. Mas sempre saberemos dar valor.

Pois sabemos que tudo foi feito para dar certo.
Postar um comentário