sexta-feira, maio 21, 2010

para hoje

O Toque de Vida de hoje começou ontem.
Colocamos a frase: “Seja sábio o suficiente para não ser imprudente. Mas seja bravo o suficiente para correr grandes riscos”. E os leitores foram convidados a participar, dando sua opinião/interpretação sobre ela.

Confira abaixo alguns depoimentos.


“Esta frase revela muito sobre um momento recente em minha vida.
Sou Contadora e resolvi deixar para trás a comodidade e a estabilidade de 8 anos em uma Multinacional, para assumir uma vaga de maior responsabilidade, porém, em uma empresa menor sem os mesmos benefícios da anterior. Minha busca era de conhecimento e experiência prática.
No decorrer dos 6 meses ali trabalhados, percebi que as práticas e condutas éticas adotadas não eram por mim tidas como corretas.
Aí vale o saber identificar o que é assumir grandes riscos e o de ser imprudente.
Assumi o risco de correr atrás de novas oportunidades, mas, não a de ser imprudente.
Mesmo com uma sensação de frustração, minha atitude foi a de recuar e recomeçar.
Meu recomeço foi em outra empresa e tenho hoje a certeza de ter feito a escolha certa!
Um abraço
Gabrielle”


“Penso que devemos ter discernimento o suficiente para saber o que é melhor para nós sem esquecer dos outros (porque os erros cometidos por nós, são erros que podem prejudicar à todos), porém devemos perseverar naquilo que desejamos, pois os obstáculos fazem parte do percurso e a adversidade é presumível.
Márcia Burghardt”

“Na vida temos que ter cautela mas quando corremos atrás de nossos sonhos, devemos correr riscos.
Isso faz lembrar-me de uma frase de Norman V. Peale: "O covarde nunca tenta, o fracassado nunca termina e o vencedor nunca desiste"
Sds, Celso“

“A frase reflete sobre o dualismo do ser, todos nós temos várias facetas. Dependendo do ambiente em que estamos inseridos agimos de determinada forma, mas é praticamente impossível agir das duas formas simultaneamente. Transferindo isso pra religião, todos sabemos da existência de Deus, e seus adoradores devem temê-lo e ter fé na sua Palavra. Ao mesmo tempo, sabemos que não podemos cometer pecados e mesmo assim os fazemos. A natureza humana não é capaz de compreender ainda os mistérios sobre o nosso comportamento, ter fé e ser pecador/ser bravo e imprudente todos nós somos, depende apenas da forma como somos instigados a isso, mas faltaria razão para explicar a inexistência destes dois valores de forma simultânea.
Obrigado Pastor Lucas, pelo espaço de poder interagir com o TdV através de nossas opiniões.
Fabrício Luís Becker“

“QUANTO A QUESTÃO PROPOSTA, VOU FAZER MINHA “INTERPRETAÇÃO” COM DOIS DITADOS;
1ª PARTE DA FRASE – “Cautela e caldo de galinha não fazem mal para ninguém”. (SABEDORIA)
2ª PARTE – “Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe”. (CORAGEM)
RESUMINDO:
TUDO, com equilíbrio.
SABEDORIA e CORAGEM, peça a Deus.
Abraços,
Vivianne Stahnke”


Para finalizar, duas palavras bíblicas:

“Eis que vos envio como ovelhas para o meio de lobos. Sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas” (Mateus 10.16)

“Portanto, prestem atenção em sua maneira de viver. Não vivam como o ignorantes, mas como o sábios, Os dias em que vivemos são maus; por isso, aproveitem bem todas as oportunidades que vocês têm. Não ajam como pessoas sem juízo, mas procurem entender o que o Senhor quer que vocês façam. Não se embriaguem, pois a bebida levará vocês à desgraça, mas encham-se do Espírito de Deus. Animem uns aos outros com salmos, hinos e canções espirituais. Cantem de todo o coração hinos e salmos a Deus. Em nome do nosso Senhor Jesus Cristo, agradeçam sempre todas as coisas a Deus, o Pai”
(Efésios 5.15-20)
Postar um comentário