Cara legal

Durante as férias, a Djenane e eu começamos a assistir à séria americana Dr. House. Um grupo de médicos especialistas enfrentando os mais difíceis diagnósticos. Dr. Gregory House é o chefe.

House é o oposto do que a maioria de nós espera de um médico. Ríspido, seco, direto. Não gosta de atender pessoas, foge de clinicar. Detesta ‘conversa amena’. Não é apenas sincero, chega a ser cruel. Uma de suas frases para justificar tal postura é: “Prefere que eu seja o cara legal que segura sua mão enquanto você morre ou o estúpido que salva sua vida”?

Acredito que todos nós preferiríamos mesmo é um cara legal e que salvasse nossa vida. Mas há situações em que não tem jeito. Precisamos agüentar pessoas estúpidas porque, naquele momento, são necessárias. Um médico, um funcionário público, um atendente, um motorista... encontramos tantos exemplos.

Às vezes, até mesmo no espelho.

Fé. Esta é a conexão com um Cara legal e que ainda salva nossa vida..O Filho de Deus. Neste caso, alguém que fez mais do que salvar esta nossa vida – nos deu uma nova. Sem fim. Jesus Cristo não é apenas um Vicodin para aliviar a dor da existência, nem medicação paliativa contra os males do mundo. É a própria cura para nosso mal maior, e o tratamento vitalício para os problemas que mais nos abatem. Sarcoma espiritual, esperançalgia, egoíte, síndrome de auto-enganação. Entre outros.

Um cara legal, que salva nossa vida.

E ainda segura nossa mão quando for a hora de partir.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida

Inveja e justiça