se algum dia


Se algum dia eu não mais quiser Teu abraço
Se por algum motivo desviar o meu passo
Se de Ti eu me desprender.
Se eu quiser encontrar outro rumo
Se disser que os erros não assumo.
Saiba que estou perdido, Senhor

Se eu quiser dirigir sozinho
Se eu disser que conheço o caminho,
Se eu achar que posso tudo encontrar.
Pensando que entendo toda a história
Achando que é minha toda glória
Eu estou perdido, Senhor.

Quando achar que conheço as respostas
Quando minha mão não quiser abrir portas
Indiferente, insensivel agir.
Embalando meus sonhos às pressas
Confiando em outras promessas
Eu estou perdido, Senhor

Perdido por estar iludido,
Confiando, coitado, que lido
Como se tudo pudesse dominar.
Imaginando que está ao meu alcance
A partida, a jogada, o lance...
Mas estarei perdido, Senhor.

Vem, estende Tua mão com bondade.
Vem, me busca, me tira a vaidade
Faze o meu orgulho entender
que em tuas mãos é que tenho conforto,
que em teus braços seguro é o porto
onde posso minha vida estender.

Faze a fé ser precisa na mente;
Coração, na razão coerente
Só assim, eu já sei, posso ter:
Todo dia, caminhando contigo
Todo dia com o melhor Amigo
Neste dia, dizer, como digo,
que estou protegido, Senhor.


E, se algum dia pode ter maior brilho,
Só aquele que não mais vai ter fim.
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida