Alcançável

O contato pode ser feito através do celular, que está sempre perto da mão. Se não der certo, existe também a internet, com os emails e sites de relacionamentos. Pode ser ainda via MSN, que até offline recebe e entrega posteriormente as mensagens. E tantos outros meios de comunicação. São várias as maneiras que a modernidade oferece – e vai oferecer sempre mais - de sermos atingidos em seja–qual-for-o-lugar.

Somos todos muito alcançáveis.

É quase impossível não ser localizado, contatado, rastreado, lembrado, com tanta tecnologia em ação. O ser humano produz tantos jeitos de ficar conectado que a impressão que fica é de que ‘privacidade’ está no caminho de conceito em extinção.

Se acreditamos em tecnologias humanas, com a sua capacidade de localização, muitos motivos mais temos para não duvidar de que Deus nos alcança em qualquer lugar. Sim, existe aquela hora da angústia, da solidão, da tristeza ou frustração em que juramos estar fora da area de cobertura ou sem chance de estabelecer conexão. No entanto, permanecemos alcançáveis. Ele não cansa de nos alcançar com Sua ação wireless (sem fio), que permite estarmos, em qualquer lugar do mundo, ao alcance de Sua mão. Quando o receptor da fé em Jesus pernanece ativo, é certo que Ele vai nos encontrar.

E desta ‘perda de privacidade’, tenho certeza, ninguém de nós vai reclamar. Pois é Alguem que permanece conectado conosco para nos encher de alegria e confiança, para não nos deixar abater. Para nos levar a alcançar o que precisamos, e nos dar a força necessária nos momentos de decisão.

Presença preciosa e constante que vai muito além do que a razão pode alcançar.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Só os loucos sabem

Tempo de uma vida